Toledo sai na frente, mas empata com Atlético-PR

Buscando classificação para a semifinal, o Toledo enfrentou o já classificado Atlético-PR no Estádio 14 de Dezembro, em partida válida pela quinta rodada da fase de grupos da Taça Caio Júnior e empatou pelo placar de 1 a 1.

O Porco ficou com a terceira posição do Grupo B, com o mesmo número de pontos do Londrina, segundo colocado, porém perdendo no saldo de gols e assim, se despede da competição. O Furacão, que passou na primeira posição, enfrenta o Maringá, segundo colocado do Grupo A, na semifinal.

Com marcação forte, primeiro tempo termina sem gols

O Atlético começou em cima, com mais posse de bola e a defesa do Toledo trabalhava bem. Aos 19’ o Porco teve falta, Jesse desviou a cobrança e o goleiro Caio caiu bem para defender. O Furacão quase fez o gol aos 22’, com Demethryus que recebeu de Yago, tirou do goleiro Diego mas tocou para fora.

A marcação do Toledo seguia forte enquanto o Atlético ficava no meio de campo. Aos 30’, Yago carregou a bola pela direita, cortou para o meio e bateu para cima do gol de Diego. Num cabeceio no susto, Jhonathan, após cruzamento, perdeu uma boa oportunidade para o Porco. O panorama do jogo não mudou e o placar foi fechado para o intervalo.

Toledo sai na frente, Atlético empata e Porco encerra participação no Paranaense

Logo no início do segundo tempo, em cruzamento, Marcio Telê, que havia entrado no intervalo, desviou no alto, a bola passou por cima do goleiro Caio, que ainda chegou a defender, e sobrou para Rael, que estava livre e mandou para o fundo das redes, aos três minutos. Um minuto depois Alex Sandro quase empatou, mas parou em Diego.

O Toledo estava jogando melhor, marcando bem. O goleiro Diego foi bem em mais uma jogada, aos 27’, quando Yago aproveitou a falha da zaga e chutou. Aos 33’, foi marcado um pênalti para o Atlético após Ederson ser derrubado, ele mesmo foi cobrar e empatou. Protestando contra a marcação da penalidade, o goleiro Diego e o lateral Filipe levaram cartão amarelo, Marcio Tele, que foi substituído por lesão, levou cartão vermelho.

O porco iniciou pressão e aos 41’ Ferreira parou no goleiro Caio. No lance seguinte, Wallan mandou um chute de fora da área, a bola explodiu na trave, Jessé cabeceou, balançou as redes, mas o árbitro anulou por impedimento.

FICHA TÉCNICA
TOLEDO 1×1 ATLÉTICO-PR

Toledo: Diego; Filipi, João Neto, Renan e Adriano; Jessé, Jhonathan (Marcio Telê) (Wallan), Júlio César e João Felipe; Rael e Ferreira
Técnico: Paulo Baier.

Atlético-PR: Caio; Cascardo, Daniel, Emerson e Nicolas; Pierre e Guilherme Rend; Yago, Giovany (Marcinho), Demethryus (João Pedro) e Alex Sandro (Éderson).
Técnico: Tiago Nunes.

Local: Estádio Municipal 14 de Dezembro, em Toledo
Data/horário: 21/03/2018 às 21h45
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior
Assistente: Ivan Carlos Bohn e Jefferson Cleiton Piva da Silva

Público/Renda: 1812 pagantes / 1957 total / R$ 38.425,00
Cartões amarelos: Renan, Eduardo, Filipe, Diego, Ferreira (Toledo); Daniel, Cascardo (Atlético)
Cartão vermelho: Marcio Telê – banco (Toledo)
Gols: Rael aos 3’ do 2º tempo, para o Toledo. Éderson aos 36’ do 2º tempo, para o Atlético.

Foto: Miguel Locatelli/Atlético-PR Oficial

Siga em:
FC Cascavel vence o
Cianorte perde para

Estudante de jornalismo. Apaixonada por futebol feminino e cultura italiana.

Classifique este artigo