Schwenck e mais seis, CE União apresenta pacote para Taça Caio Júnior

Apenas na penúltima posição geral no Paranaense, o CE União precisa melhorar sua campanha na Taça Caio Júnior para se manter na elite do futebol estadual. Com a saída recente de Marquinhos Cambalhota, o Azulão foi atrás de reforços. A equipe de Francisco Beltrão apresentou sete atletas. O mais conhecido é o atacante Schwenck, que já foi vice artilheiro do Brasileirão quando atuou pelo Figueirense em 2006. Precisando de resultados o clube beltronesente se reforçou nos três setores, defesa, meio e ataque.

Um goleiro e dois zagueiros

Para o setor defensivo o Azulão apresentou o goleiro João Paulo, o último clube do arqueiro foi o Tigres do Rio de Janeiro. Para a zaga, Jonathan ex Delta FC de São Paulo e Henrique que atuava pelo Friburguense. Com oito gols sofridos, o CE União tem a segunda pior defesa da competição.

A criatividade de Victor Feijão

No setor de meia cancha, foi apresentado o volante Julio Pacato do Londrina. O atleta já atuou nas derrotas para o FC Cascavel, Foz e Maringá. Outro atleta que ficará disponível para Ivair Cenci será o meia de criação Victor Feijão, com boas passagens pelo futebol paulista, vem do São José do Rio Grande do Sul.

A experiência de Schwenck

Com a saída de Marquinho Cambalhota, autor do primeiro gol da equipe no estadual, o Azulão foi atrás de reforços. Chegaram Wellisson e Schwenck. Contando com experiência, Schwenck rodou pelo futebol nacional e internacional. Em 2006 foi vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro série A, quando atuou pelo Figueirense.

A saga do CE União neste estadual se reinicia no próximo sábado. A equipe vai a Curitiba para enfrentar o Atlético-PR na Arena, pela primeira rodada do segundo turno, a Taça Caio Júnior.

Foto: Assessoria Clube Esportivo União

Siga em:
Londrina anuncia Dud
Em casa, Paranavaí

Formado em jornalismo pela Uninter em 2014, com especialização em assessoria e gestão da Comunicação pela Positivo em 2016, repórter do Redação em Campo desde 2017, setorista do Atlético-PR e C.E União.

Classifique este artigo