Alegando salários atrasados, jogadores do Rio Branco ameaçam W.O na última rodada

A vitória do Rio Branco diante do Prudentópolis deu uma sobrevida ao time do litoral na luta contra o rebaixamento. Porém, mesmo respirando na classificação, o alvirrubro continua convivendo com diversos problemas extracampo. Um deles pode definir o futuro clube nas próximas temporadas. Nesta terça-feira (20), os jogadores do Leão da Estradinha se recusaram a viajar para Londrina, cidade da última partida da equipe no Campeonato Paranaense. Segundo os atletas, os salários não são pagos há dois meses.

Caso o Rio Branco não entre em campo, o Londrina será automaticamente declarado vencedor do confronto desta quarta-feira. Para piorar, a derrota pode determinar o rebaixamento do clube parnanguara no estadual. Se o W.O for concretizado, um simples empate do CE União diante do Prudentópolis decreta o descenso do Leão. Vale lembrar que o alvirrubro não disputa uma Segundona Paranaense desde 1995.

De acordo com o elenco, o acerto dos salários atrasados estava marcado para a tarde de ontem (19), mas a diretoria não teria cumprido com a palavra. Após isso, os jogadores sentenciaram que não irão mais negociar os valores. Desta forma, os atletas só entram em campo caso todo o montante seja pago. Enquanto isso não acontece, o time segue em concentração no Camboa Hotel.

Críticas à diretoria

A administração do Rio Branco tem sido bastante turbulenta durante o campeonato. As críticas começaram com as más atuações do time nas rodadas iniciais, mas a classificação para a final da Taça Dionísio Filho deixou a situação mais tranquila. Contudo, as desavenças entre a torcida e a diretoria foram novamente estimuladas pela notícia falsa da demissão do técnico Maurílio, veiculada pela própria assessoria do clube.

Outro episódio que degradou a relação entre os torcedores e os dirigentes aconteceu na partida entre Rio Branco e Toledo. Na ocasião, a diretoria colocou uma faixa na Estradinha com a frase “Contra tudo e contra todos”. A principal torcida organizada do Leão da Estradinha argumentou que o próprio clube recusa as adesões ao sócio-torcedor, censurando as principais reivindicações dos torcedores.

Foto: Rio Branco Oficial

Siga em:
Vieira marca duas ve
Por classificação,

Estudante de Engenharia, fanático por futebol. Encontro nos textos uma forma de desenvolver novas aptidões e acompanhar de perto os bastidores do futebol.

Classifique este artigo