23 de February de 2018 9:38:36

Resultado contra o Paraná estava dentro do planejado pelo Londrina

Como comentou o técnico Ricardinho após o empate contra o Paraná Clube, em Curitiba, no último domingo (28), pela 3ª rodada da Taça Dionísio Filho do Campeonato Paranaense, sempre o objetivo das equipes são buscar as vitórias, mas o empate esteve dentro do planejado no Londrina, pois o clube poupou alguns atletas, fora aqueles que já estavam fora da partida.

O técnico Ricardinho tirou desta partida o zagueiro Luizão e o volante Germano, além do lateral-esquerdo Felipe e o volante Anderson Leite, que já estavam fora desta partida. O Tubarão teve a improvisação de Sílvio na lateral-esquerda, as entradas de Del’Amore na defesa e Moisés no meio-campo. “O pensamento é sempre ter os melhores jogadores para cada jogo, a questão do Germano era clínica e física, já o Luizão com um desgaste físico com risco de se lesionar, não posso correr esse risco no início da temporada, já tínhamos o Felipe com problema de caxumba que estava fora do jogo, então tínhamos que ter os jogadores com melhores condições e foi isso que planejamos e pensamos”, afirmou o treinador Alviceleste.

No intervalo, Ricardinho colocou o meio-campo Rodrigo Figueiredo e o atacante Wesley na partida, o time melhorou e fez o gol de empate. Sobre uma possível entrada dos dois na equipe titular, Ricardinho acredita que possam ter garantido suas vagas para o jogo da Copa do Brasil. “Sem dúvida a participação deles foi importante na segunda etapa, o Wesley com mais velocidade pelo lado, ele é veloz, dando opção pelo lado, para ter um jogador mais perto do Carlos Henrique e o Rodrigo um jogador mais criativo, habilidoso no trato com a bola, que se apresenta na construção das jogadas e foram dois jogadores que nos ajudaram na mudança de postura do time no segundo tempo em relação a produtividade, passa também por eles, passam também pelo nosso posicionamento, nós mudamos um pouquinho o posicionamento para justamente liberar os lados para a gente criar e acabou acontecendo”, finalizou o treinador.

Podendo ser titular no próximo jogo, o autor da assistência para o gol, o meio-campo Rodrigo Figueiredo falou sobre a mudança na equipe após a sua entrada em campo. “Nós que estamos no banco, temos que ter essa mentalidade [de mudar a partida], de entrar e fazer alguma coisa diferente, de tentar mudar o jogo, o Ricardinho pediu para nós termos mais criatividade, ser mais incisivos ali na frente, acho que não só eu, mas todo o time entrou no segundo tempo com outro espírito e deu resultado”, comentou o jogador.

Na próxima quarta-feira (31), o Londrina terá uma longa viagem até Ariquemes (RO), quase 2.600 km do cidade do norte paranaense, onde o Tubarão estreia na Copa do Brasil, diante do Real Ariquemes, às 22h, no Estádio Gentil Valério.

Foto: Gustavo Oliveira/ Londrina EC Oficial.

Siga em:
Goleiro menos vazado
“Resultado ótimo

Jornalista, formado na Unopar em 2015. Nasci e moro em Londrina. Apaixonado por esportes. Gosto de praticar aquele futebolzinho de final de semana. Futebol não é apenas um esporte, mas sim uma forma de viver.

Classifique este artigo