24 de May de 2017 2:35:09

Primeira Liga deve ser mais curta e ter sede única em 2018

Primeira Liga

A partir de 2018 a Primeira Liga deve passar por grandes mudanças, principalmente no formato. A informação foi dada pelo presidente do Cruzeiro, Gilvan Tavares, presidente da Liga e do Cruzeiro, após reunião na sede da CBF ocorrida na segunda-feira (20). A ideia é que a PL siga os moldes da Florida Cup, competição de pré-temporada que acontece sempre no começo de cada ano e que vem se firmando. Diante disso, o objetivo é deixa a competição com menor duração e que ela seja realizada em apenas um estado. Além disso, outros clubes podem passar a fazer parte da Liga.

“No ano que vem já temos um modelo diferente, competição mais curta, possivelmente com outros grandes clubes, tipo esse torneio que fazem nos Estados Unidos, em Orlando, um torneio de verão. Com poucos jogos e mais rentável, trazendo até mais interesse para emissoras de televisão. Uma parte de janeiro, porque os clubes têm que fazer pré-temporada, mas também têm que fazer jogos para avaliarem seus elencos. E a Primeira Liga é muito boa para isso. Quem sabe mudando formato, ou fazendo tudo num estado, o que é mais palatável e rápido”, declarou Tavares ao globoesporte.com.

De acordo com o presidente do Cruzeiro, a imagem das duas primeiras edições da Primeira Liga é positiva a ponto de fazer dirigentes de alguns clubes pensarem em deixar os campeonatos estaduais em segundo plano para priorizar o plano, principalmente por conta da maior rentabilidade da PL.

“A (cota paga aos clubes) da Primeira Liga é, proporcionalmente, maior que outras competições. Que o Estadual não tem dúvida, só não paga mais que o Paulista porque não tem como. Em compensação, com os poucos jogos que jogam na Liga, os clubes como Cruzeiro, Atlético-MG, Fluminense, somando o que ganham na Primeira Liga, Grêmio e Inter também, ficam com as cotas igual a de São Paulo, que é um campeonato longo. E outra coisa, estão jogando uma competição que não paga nada para eles, a logística é péssima e dá prejuízo. Já ouvi de presidente que ano que vem não vai jogar o campeonato do estado e vai priorizar a liga. A Liga paga despesa de translado, hospedagem, mais uma cota de TV e premiação por etapa”, concluiu o presidente.

.

Siga em:
CBF confirma partida
Jogador está próxi

O Redação em Campo é um portal de notícias voltado aos assuntos do futebol paranaense. É produzido por jornalistas, estudantes e profissionais da área de comunicação. Porque o Futebol Paranaense é a nossa paixão!

Classifique este artigo