24 de February de 2018 3:30:20

Pressionado, Londrina fica no empate com o Cianorte

Em tarde ensolarada, o Londrina recebeu o Cianorte no Estádio do Café e empatou por 1 a 1, pela quarta rodada da Taça Dionísio Filho, do Campeonato Paranaense 2018. Os gols saíram nos dois tempos de Keirrison para o Londrina e Robert para o Cianorte.

Com o resultado, o Londrina vai a seis pontos e ocupa segunda posição do Grupo B. Volta a campo no próximo sábado (10) contra o Coritiba, às 17h no Estádio do Café. Já o Cianorte desce para a terceira posição do Grupo A com seis pontos. No mesmo dia e horário, enfrenta o Toledo às 16h30 no Albino Turbay.

Sem ataques, Londrina sofre o primeiro gol

Em um tempo inicial dominado pelo Cianorte onde abriu o placar, o Londrina alcançou várias vezes o campo ofensivo, mas as finalizações foram cruciais para que não houvesse o empate. Aos 6 minutos, o Cianorte iniciou o primeiro ataque onde Maikinho furou a defesa e desceu pelo lado direito, ele saiu de frente com o goleiro César que soltou um chute a queima roupa, com precisão o goleiro defendeu o jogou para fora. Em um novo ataque, aos 8, André Luis recebeu pelo lado direito para linha de fundo e tocou para Robert atrás da defesa, que sozinho chutou no canto esquerdo, sem chances para César. Na marca de 18 minutos, André Luís invadiu a área e cruzou, mas Robert chegou atrasado e a bola passou por todo mundo.

O Londrina voltou no campo ofensivo aos 25, Germano arriscou de perna esquerda uma bomba de fora da área a bola passou por cima do gol. Aos 27, Rafael Xavier recebeu na grande área e saiu cara a cara com César, na oportunidade ele o fuzilou, preparado César evitou o segundo gol. Com muita dificuldade, o Londrina chegou na área ofensiva, mas não conseguiu uma boa finalização. Aos 44, Felipe ganhou uma falta que bateu calibrado, mas preparado Silvio deu um tapa na bola e jogou para fora.

Após domínio dos visitantes, Londrina equilibra e consegue o empate

O tempo complementar iniciou equilibrado para os dois lados com muitas criações. Aos 2 minutos, Rafael Xavier entrou dentro da grande área e passou por dois defensores alviceleste, passou o César, sem goleiro ele chutou, mas Rômulo tira na linha. Aos 6, Miullen invadiu a área bateu forte a bola explodiu na zaga e no rebote ele mandou de novo e foi para fora. Aos 12 minutos, Richarlyson pela lateral cruzou na área e Robert produziu uma meia bicicleta, no lance César salvou. Aos 19, Wesley chutou na área a bola bateu no Feliphe Gabriel, os jogadores pediram pênalti, mas o árbitro nada marcou.

Aos 21, após cruzamento de Wesley, o zagueiro furou e sobrou para Keirrison que chutou no canto direito do goleiro Silvio que ficou parado vendo a bola entrar. Aos 23, depois do cruzamento de Wesley, Silvio espalmou que sobrou nos pés de Miullen que mandou para fora. Após ganhar falta, Mateuzinho chutou forte a bola passou por cima do gol. Aos 41, após cobrança de escanteio Feliphe Gabriel subiu sozinho e cabeceou, mas César se esticou e salvou o Londrina. Aos 44, Matheuzinho ganhou dentro da área e bateu cruzado, Silvio evitou a derrota.

FICHA TÉCNICA
LONDRINA 1 X 1 CIANORTE

Londrina: César; Matheuzinho, Dirceu, Luizão e Felipe; Rômulo, Germano, Thiago Primão (Miullen) e Rodrigo Figueiredo; Gustavo Tocantins (Wesley) e Keirrisson (Ítalo).
Técnico: Ricardinho.

Cianorte: Silvio; Gerônimo, Montoya (Feliphe Gabriel), Marcão e Filipe Ramon; Carrilho, Sidnei e  Rafael Xavier; Maikinho (Richarlyson), André Luis e Robert.
Técnico: Marcelo Caranhato.

Local: Estádio do Café, em Londrina.
Data/Horário: 04/02/2018 às 17h
Árbitro: Elvio Kertelt Legnani
Assistentes: Diego Grubba Schitkovski e Paulo Gustavo Rivelini.

Público/Renda: 1.702 pagantes/1.955 total/R$ 36.246,00
Cartões Amarelos: Dirceu, Rodrigo Figueiredo, Rômulo para Londrina. Rafael Xavier para Cianorte.
Gols: Keirrison, aos 21 do 2° tempo para o Londrina. Robert, aos 8 do 1° tempo para o Cianorte.

Foto: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube Oficial

Siga em:
Rio Branco pressiona
Ederson volta a marc

O garoto que narrava os jogos de vídeo game está prestes a se tornar jornalista. Brincalhão, quer fazer do esporte sua profissão.

Classifique este artigo