Presidente do Paraná fala pela primeira vez sobre a demissão de Rodrigo Pastana

Na última terça-feira (18), o presidente do Paraná Clube, Leonardo Oliveira, falou sobre a demissão de Rodrigo Pastana, responsável por montar o das duas últimas temporadas (2017-2018). Leonardo elogiou o profissional, mas disse que clima era insustentável e precisava tomar uma atitude.

“A mudança se tornou inevitável. Ficou uma situação que não tínhamos mais como conviver. Sabíamos das dificuldades que teríamos este ano. Tínhamos grandes limitações em relação aos nossos concorrentes, mas reconhecemos que a campanha precisava ser melhor. O Pastana contribuiu muito para o clube, trouxe uma evolução para o nosso departamento de futebol. A profissionalização foi muito benéfica e nos trouxe grandes resultados. No passado era um dos grandes anseios da torcida a permanência”, disse o presidente.

O Paraná segue sua preparação para o clássico contra o Atlético, no domingo (23), às 16h00, na Arena da Baixada. Sem poder contar com os laterais Junior e Igor, que estão lesionados, o técnico Claudinei Oliveira deve apostar em Mansur e no meia Wesley Dias, que jogará improvisado. Outra novidade fica por conta da volta de Silvinho e Cleber Reis, que estão recuperados de lesão e devem começar o jogo entre os titulares.

Siga em:
El Paranaense vence
Jogos Abertos do Par

Jornalista em formação. Repórter do Redação em Campo.

Classifique este artigo