22 de July de 2017 8:46:20

Pela Libertadores, Furacão derrota San Lorenzo na Argentina

Atlético x San Lorenzo

Após o empate na primeira rodada da fase de grupos, o Atlético-PR foi à Argentina para enfrentar o San Lorenzo pela CONMEBOL Libertadores Bridigestone 2017. Depois de sair em vantagem com gol de Lucho González, logo aos três da etapa inicial, o Furacão viu os argentinos errarem uma cobrança de pênalti e ainda segurou a pressão dos donos da casa.

Com a vitória, o Rubro-negro paranaense assume, mementaneamente, a liderança do Grupo 4 com quatro pontos. A próxima partida o Furacão enfrentará o Flamengo no Rio de Janeiro, dia 12 de Abril, às 21h45, ainda sem local definido.

Argentino Lucho González põe o Furacão em vantagem

O time atleticano fez um bom primeiro tempo na Argentina, deu campo para a equipe do San Lorenzo jogar e conseguiu anular as jogadas do time da casa. Com a proposta de jogar no contra ataque o Atlético-PR abriu o placar logo as três minutos de jogo.

O zagueiro Paulo André, fez um belo lançamento para a ponta esquerda, Sidcley ganhou na disputa aérea e cruzou na cabeça de Lucho González que de cabeça empurrou para a rede do goleiro Torrico. O gol do meia rubro-negro foi o terceiro na competição.

Setor defensivo e sorte garantem vitória

O segundo tempo começou com a equipe argentina buscando o gol de empate, com investidas pelo lado direito do campo, jogando em cima do lateral Sidcley, o time do técnico Aguirre cruzava para área, mas Thiago Heleno e Paulo André fizeram excelente partida cortando as bolas alçadas.

Em uma dessas jogadas o San Lorenzo conseguiu um pênalti, no mínimo duvidoso, porém a sorte vestiu vermelho e preto, Blandi buscou o lado direito mas bateu para fora. Os quinze minutos finais do jogo foi total pressão do time argentino, mas o goleiro Weverton realizou defesas importantes, salvando o time atleticano.

FICHA TÉCNICA
SAN LORENZO (ARG) 0 X 1 ATLÉTICO-PR

San Lorenzo (ARG): Torrico; Corujo (Botta), Angeleri, Caruzzo e Paulo Díaz; Mussis, Belluschi, Nestor Ortigoza (Bergessio) e Cerutti; Merlini (Ávila) e Blandi.
Técnico: Diego Aguirre.

Atlético-PR: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Matheus Rossetto (Wanderson) e Lucho González; Felipe Gedoz (Grafite), Nikão (Douglas Coutinho) e Pablo.
Técnico: Paulo Autuori

Local: Estádio Nuevo Gasómetro, em Bueno Aires (Argentina)
Data/Horário: 15/03/2017, às 19h30
Árbitro: Roddy Zambrano Olmedo (EQU)
Assistentes: Christian Lescano (EQU) e Ricardo Baren (EQU)

Público|Renda: Não informado.
Cartões Amarelos: Mussis (San Lorenzo); Felipe Gedoz, Pablo e Thiago Heleno (Atlético-PR)
Gols: Lucho González aos 3 do 1º tempo para o Atlético-PR

Siga em:
Operário finaliza p
Homens armados invad

Jornalista, aficionado por esportes, encontrei na profissão um meio de estar mais próximo deste universo.

Classifique este artigo