18 de October de 2017 10:11:37

Paranavaí comemora neste ano uma década da conquista do título paranaense

O Atlético Clube Paranavaí, tradicional clube do interior do Paraná, também conhecido como ACP, foi fundado em 14 de março de 1946, e viveu a sua maior glória na década passada, quando em 2003 foi vice-campeão paranaense, e quatro anos mais tarde levantaria a taça do Estadual com uma campanha impecável.

Comandando pelo até então técnico Amauri Knevitz, o Vermelhinho conquistou o seu único título paranaense da Primeira Divisão em 2007, após vencer na decisão o Paraná Clube. No primeiro jogo em Paranavaí, vitória pelo placar mínimo, e no segundo jogo em Curitiba, empate sem gols no Estádio da Vila Capanema, resultado que fez o ACP campeão do Estadual daquele ano.

E mais, o Paranavaí desbancou os times do “trio-de-ferro” de Curitiba, composto por Atlético-PR, Coritiba e Paraná, e ainda não perdeu nenhum jogo sequer para os clubes da capital. Foram 25 jogos disputados durante o Paranaense de 2007, tendo conquistado 10 vitórias, 11 empates e sofreu apenas 4 derrotas.

Na primeira partida da final contra o Paraná Clube, o Estádio Waldomiro Wagner ficou pequeno. Aproximadamente 20 mil torcedores ajudaram o ACP a vencer o Tricolor por 1 a 0, e vibraram muito com o gol marcado por Teles, aos 23 minutos do segundo tempo, que deu a vantagem a equipe do interior no jogo da volta, em Curitiba.

O duelo decisivo foi na Vila Capanema, em Curitiba, lotada por torcedores paranistas. A torcida do Vermelhinho também esteve presente e tomou o setor dos visitantes no estádio. De lá viram o time do ACP segurar o Paraná, com grande destaque ao goleiro Vanderlei, que não deixou passar nada fazendo grandes defesas.

Foi só o árbitro Evandro Rogério Roman apitar o fim do jogo para a festa começar ainda no gramado da Vila Capanema. Na chegada a Paranavaí, a festa continuou junto com os torcedores do Vermelhinho, que aguardaram a chegada dos jogadores e a carreta tomou as ruas da cidade.

Depois da conquista, o Paranavaí não mostrou o mesmo desempenho com campanhas modestas. Em 2013, o time do noroeste do Estado foi rebaixado para a Divisão de Acesso e não conseguiu retornar a Primeira Divisão do Campeonato Paranaense.

Mas a campanha de 2007 ficará na memória dos torcedores do Vermelhinho, não só pelo título, mas pelos jogadores que depois viriam a se destacar nos gramados Brasil afora. Um deles é o goleiro Vanderlei, que depois da conquista do Estadual se transferiu para o Coritiba, onde se tornou ídolo jogando por sete anos no time alviverde. Em 2015, o arqueiro assumiu a camisa 1 do Santos, onde é titular até hoje.

Siga em:
Coritiba está em Fo
Foz Cataratas firma

Jornalista formado pela na Universidade Tuiuti do Paraná. Começou como estagiário em 2005 no jornal Folha de Guaratuba, onde atuou até 2007. Desde 2012 no Redação em Campo. Em 2013 passou a cobrir o Paraná Clube. Além de ser apaixonado por futebol, também acompanha vôlei, basquete, tênis e automobilismo. Voluntário da FIFA na Copa 2014.

Classifique este artigo