Paraná Clube tem Paranaense para esquecer

O Campeonato Paranaense do Paraná Clube foi para esquecer. O Time não conseguiu se classifica para a semi final em nenhuma das duas taças, e em um momento chegou a ser ameaçado pelo rebaixamento, além de ter enfrentado um julgamento no TJD-PR – que venceu e os três pontos do jogo contra o FC Cascavel foram somados.

Além do estadual ruim, o Paraná também foi eliminado na segunda fase da Copa do Brasil, para o Londrina.

No Estadual foram cinco vitória, quatro empates e quatro derrotas nos 13 jogos. O time marcou 20 gols e sofreu 12. O artilheiro foi o atacante Jenison, que foi às redes cinco vezes.

A não classificação para a semi final da Taça Dirceu Krüger significa um mês de apenas treinamentos, já que a estreia no Campeonato Brasileiro da Série B será no dia 26 ou 27 de abril, fora de casa.

Troca de técnico

Na terça-feira (2), foi anunciado que o técnico Dado Cavalcanti estava deixando o comando do Tricolor. O aproveitamento do treinador foi de 22 jogos, seis vitórias, sete empates e nove derrotas.

Já na quarta-feira (3), o Paraná anunciou o retorno de Matheus Costa, o técnico que estava no comando no acesso à Série A de 2017.

Foto: Geraldo Bubniak / Paraná Clube

Siga em:
Com vantagem e em se
Em jogo de seis gols

Estudante de jornalismo. No Redação em Campo desde 2014. Apaixonada por futebol feminino e cultura italiana.

Classifique este artigo