Operário vira no final e vence Luverdense

O Operário recebeu o Luverdense na tarde desse domingo (10), no Estádio Germano Krüger, em partida válida pela 9ª rodada do Brasileiro Série C, e venceu pelo placar de 3 a 2. Com o resultado, o Fantasma vai a 17 pontos, na segunda posição do Grupo B.

Na próxima rodada o Operário joga contra o Volta Redonda-RJ, no sábado (16), às 18h, no Estádio Raulino de Oliveira.

Sosa marca, mas Operário vai para o intervalo atrás no placar

Logo no início, aos quatro minutos, o Luverdense fez uma boa jogada de troca de passes no ataque, que acabou nos pés de Tiarinha, que mandou para o fundo das redes, abrindo o placar para o time visitante. O Operário estava lento, saindo errado e dando a bola para o adversário.

O Operário chegou pela primeira vez no ataque aos 11′ e, em cobrança de escanteio de Cleyton, o zagueiro Sosa subiu mais alto que todo mundo e cabeceou para empatar a partida para o Fantasma. Aos 13′, quase que vem a virada, Vinicius, também de cabeça, mandou para fora.

Depois do gol de empate, o Operário passou a cometer várias faltas, levando três cartões amarelos. Aos 30′, Simão fez uma bela defesa num contra ataque do Luverdense em chute de Itaqui. Aos 33′, Robinho chegou a marcar o gol de virada, porém estava impedido. Aos 43′, após rebote da defesa de Simão, Paulo Renê empurrou para o fundo das redes e colocou o Luverdense novamente na frente.

Luverdense tem um expulso e Operário vira

Aos três minutos, Paulo Renê quase ampliou para o Luverdense, o atacante tentou tirar do goleiro Simão e também tirou da meta, mandando para fora. Aos sete, o goleiro Diogo salvou o time visitante num chute a queima roupa de Quirino. Aos 12′, Tiarinha perdeu um gol sozinho, o que poderia ser o terceiro do Luverdense.

O Fantasma estava na pressão, buscando o gol de empate. Aos 19′, Tiarinha agrediu Chicão e recebeu o cartão vermelho direto, deixando o Luverdense com um a menos. Numa boa triangulação aos 29′, Xuxa completou a jogada mandando a bola para o fundo das redes, empatando para o Operário.

Aos 34′, Diogo Silva defendeu bem o chute de Quirino que seria o gol da virada. O Operário encontrava um Luverdense recuado e segurando o placar de empate. Aos 49′, Erick aproveitou o cruzamento de Xuxa e balançou as redes, virando o placar para o Fantasma.

FICHA TÉCNICA
OPERÁRIO 3×2 LUVERDENSE

Operário: Simão; Léo (Erick), Sosa, Alisson (Xuxa) e Peixoto; Chicão, Índio, Robinho; Cleyton, Lucas Batatinha e Vinícius (Quirino).
Técnico: Gerson Gusmão.

Luverdense: Diogo Silva; Itaqui, Hélder, Kaique e Paulinho; Lorran, Moisés, Rubinho (André Ribeiro) e Lucas Braga (Ariel); Tiarinha e Paulo Renê (Rafael Silva).
Técnico: Luizinho Vieira.

Local: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR)
Data/Horário: 10/06/2018, às 15h30
Árbitro: José Ricardo Vasconcellos Laranjeira (AL)
Assistentes: Rondinelle dos Santos Tavares (AL) e Lennon Mccartney Farias (AL)

Público/Renda: 3128 pagantes / 3523 total / R$44.710,00
Cartões amarelos: Léo, Cleyton, Lucas Batatinha, ìndio (Operário); Hélder, Rubinho, Lorran, Moisés (Luverdense)
Cartão vermelho: Tiarinha (Luverdense)
Gols: Sosa aos 11′ do 1º tempo e Xuxa aos 29′  e Erick aos 49′ do 2º tempo, para o Operário. Tiarinha aos 4′ e Paulo Renê aos 43′ do 1º tempo, para o Luverdense.

Foto: José Tramontin / OFEC oficial arquivo

Siga em:
No encerramento do p
Maringá FC erra no

Estudante de jornalismo. Apaixonada por futebol feminino e cultura italiana.

Classifique este artigo