Operário vence Ypiranga-RS e abre vantagem no G4

O Operário recebeu o Ypiranga-RS neste domingo (24) em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. O jogo no Estádio Germano Krüger foi bastante pegado, com forte marcação da equipe gaúcha. Porém, a vitória ficou com o Operário que venceu por 2 a 1 com gols de Lucas Batatinha e Índio. Hélio Paraíba marcou para o Canarinho.

Com o resultado, o Operário vai a 23 pontos seguindo na segunda colocação, abrindo uma vantagem no G4 de nove pontos em relação ao 5º colocado, Tupi-MG. Já o Ypiranga segue na oitava colocação com 13 pontos.

Na próxima rodada, no domingo (1º), o Fantasma joga novamente em casa, recebendo o Tupi, às 15h30. Já o Ypiranga recebe o Volta Redonda-RJ, no Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim-RS no mesmo dia e horário.

Jogo pegado

A bola rolou no Estádio Germano Krüger e nas primeiras movimentações, o Operário chegou aos 3 minutos numa tentativa de Robinho para Bruno Batata. A resposta dos visitantes veio logo em seguida num cruzamento perigoso e tentativa de Cleuton de cabeça, mas a bola acabou indo em linha de fundo. Aos 9 minutos, mais uma vez chegada da equipe gaúcha, Rafinha saiu no contra-ataque, tentou o drible, mas acabou perdendo a bola.

O Operário encarava um adversário muito bem postado em sua marcação e ainda perigoso em jogadas de contra-ataque. A partir dos 15 minutos, o Fantasma teve algumas boas oportunidades de abrir o marcador. Aos 18′, jogada em contra-ataque pela direita, Robinho tentou para Cleyton, ele chutou para o gol, mas o goleiro Rodrigo defendeu.

Aos 24 minutos, Cleyton foi derrubado na entrada da área. Muita reclamação por parte dos jogadores do Fantasma pedindo pênalti. Na cobrança da falta, Cleyton chutou forte de pé direito, e a bola parou no travessão.

O jogo seguia pegado no meio de campo. Aos 32 minutos, Bruno Batata tentou o chute de longe, mas mais uma vez, o goleiro Rodrigo, bem postado, defendeu. Aos 38 minutos, foi a vez do Ypiranga. Maicon teve boa chance na área, mas no cruzamento, Índio cortou a jogada. Aos 44′, mais uma chegada do Canarinho. Dudu tenta e o goleiro Simão faz a defesa.

Mesmo sob forte marcação, Operário leva os três pontos

Na segunda etapa, o Operário surpreendeu o adversário e logo aos 3 minutos, Cleyton tocou para Lucas Batatinha que completou para as redes, sem chances para o goleiro Rodrigo. 1 a 0 para o Fantasma. Mas a comemoração da torcida alvinegra durou pouco, aos 7 minutos, cruzamento para área, não deu para a defesa do goleiro Simão que viu Hélio Paraíba deixar tudo igual.

O resultado mostrava como o jogo seguia pegado e bem disputado. O Ypiranga seguia na forte marcação dificultando as opções para o Operário. Aos 11′ Cleyton recebeu e tentou para Léo que não conseguiu o arremate. Aos 18 minutos, mais uma chegada do Canarinho. Claudinho tentou cabecear, mas a arbitragem sinalizou impedimento no lance.

O Fantasma voltou a assustar aos 23 minutos. Cruzamento de Léo, Lucas Batatinha pega mal no arremate, mas a bola vai para a defesa do goleiro Rodrigo, tranquilo na jogada. Apesar da marcação, o Operário tentava e quando não tinha mais opção com os meias, Índio apareceu em jogada individual, invadiu a área e tocou para o gol, colocando o OFEC novamente na frente aos 34 minutos. 2 a 1.

O Ypiranga ainda teve mais uma oportunidade, já aos 42 minutos, mas o ataque foi mal na conclusão. Houve tempo ainda para expulsão de Saimon que levou o segundo amarelo nos acréscimos.

FICHA TÉCNICA
OPERÁRIO 2 X 1 YPIRANGA-RS

Operário: Simão; Léo, Sosa, Alisson e Peixoto; Chicão, Índio, Robinho (Quirino) e Cleyton (Gil Paraíba); Lucas Batatinha (Anderson Paraíba) e Bruno Batata.
Técnico: Gerson Gusmão.

Ypiranga: Rodrigo; Maicon (Jean), Saimon, Claudinho e Rennan; Faísca, Fidélis, Jean Silva e Dudu; Rafinha e Hélio Paraíba.
Técnico: Márcio Nunes.

Local: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR)
Data/Horário: 24/06/2018, às 15h30
Árbitro: Ricarle Gustavo Gonçalves Batista (BA).
Assistentes: Jucimar dos Santos Dias (BA) e Marcos Welb Rocha de Amorim (BA).

Público/Renda:  3.143 pagantes/R$ 43.620,00
Cartão Amarelo: Alisson (Operário). Hélio Paraíba, Saimon, Rafinha (Ypiranga-RS).
Cartão Vermelho: Saimon (Ypiranga-RS).
Gols: Lucas Batatinha aos 3′ do 2º tempo, Índio aos 34 do 2º tempo para o Operário. Hélio Paraíba aos 7′ do 2º tempo para o Ypiranga-RS.

Foto: Ypiranga Oficial

Siga em:
Operário recebe Ypi
Estratégico, Londri

O Redação em Campo é um portal de notícias voltado aos assuntos do futebol paranaense. É produzido por jornalistas, estudantes e profissionais da área de comunicação. Porque o Futebol Paranaense é a nossa paixão!

Classifique este artigo