Operário vence Volta Redonda e segue colado na liderança da Série C

Neste sábado (16), o Operário Ferroviário conquistou três pontos importantes na Série C do Campeonato Brasileiro. Mesmo sem apresentar um bom futebol, o Fantasma conseguiu segurar a pressão do Volta Redonda (RJ) quando foi preciso e garantiu a vitória por 1 a 0 em cobrança de pênalti. O resultado mantém o Fantasma na vice-liderança do seu grupo, com 20 pontos, a um ponto do líder, o Botafogo (SP).

Na próxima rodada, o Operário volta ao Estádio Germano Krüger para enfrentar o Ypiranga (RS). A partida será no próximo domingo (24), às 18h.

Operário segura pressão na etapa inicial

A proposta de jogo do Operário ficou clara desde os minutos iniciais. O Fantasma tentava tocar a bola na defesa, com paciência, até encontrar espaços para avançar. Faltou combinar com o Volta Redonda. O time da casa não se intimidou e pressionou a saída de bola do Alvinegro durante toda a primeira etapa.

No começo do confronto, o Operário errou muitos passes. Com mais posse de bola, o Voltaço partiu para o ataque. Logo aos 4 minutos, Bruno Barra arriscou de fora da área e obrigou a primeira participação de Simão na partida. O trunfo do Tricolor de Aço eram as descidas rápidas de Dija Baiano pela esquerda. Aos 11, o atacante conseguiu finalizar após driblar Léo, mas mandou por cima.

No lance seguinte, o Voltaço voltou a levar perigo. Diego Maia encaixou um bom apoio e encontrou Dija Baiano com liberdade no meio. O atacante chutou firme, mas mandou à esquerda da meta defendida por Simão. Os mandantes seguiram arriscando de longe. Aos 23 minutos, Romarinho apareceu pelo meio e bateu mascado, mas Simão conseguiu encaixar.

O Operário só conseguiu atacar aos 33 minutos. Peixoto chegou como elemento surpresa após bom lançamento de Robinho e obrigou um corte providencial de Ángel Martinez. O Volta Redonda voltou a tomar a iniciativa no final do primeiro tempo. O Fantasma passou a segurar a bola quando possível, evitando as investidas adversárias. A marcação do Alvinegro deu certo, e ninguém conseguiu balançar as redes nos 45 minutos iniciais.

Operário anima começo do segundo tempo e sai vitorioso

A conversa no intervalo foi boa para o Fantasma. Os comandados de Gerson Gusmão se mostraram mais solícitos durante as jogadas de ataque. E a primeira investida correta já resultou em gol. Aos 4 minutos, Quirino recebeu na área e foi derrubado por João Cleriston. O árbitro assinalou pênalti para o Fantasma. Robinho, responsável pela cobrança, bateu no canto, Douglas defendeu mas deu rebote, e o mesmo Robinho empurrou para o gol vazio.

O Fantasma seguiu buscando o jogo. Aos 16 minutos, Lucas Batatinha perdeu chance incrível. Ele recebeu com liberdade, driblou Douglas, mas perdeu um pouco do ângulo e finalizou para fora. Na sequência, o Alvinegro passou a segurar a posse de bola, e o Volta Redonda não encontrava oportunidades para atacar.

O jogo continuou brigado no meio, e as chances demoraram a aparecer. O Fantasma só voltou a levar perigo aos 30 minutos. Lucas Batatinha escapou com velocidade pela esquerda, e, mesmo com a passagem de Quirino, foi para o lance individual. Bruno Costa conseguiu evitar a finalização sem dificuldades. Aos 40 minutos, Xuxa teve oportunidade parecida, mas o chute parou na intervenção de Douglas.

Os minutos finais foram de total pressão do Volta Redonda. O Operário até teve duas chances em contra-ataques, mas os jogadores preferiram prender a bola e segurar o resultado.

FICHA TÉCNICA
VOLTA REDONDA 0 X 1 OPERÁRIO

Volta Redonda: Douglas; Ángel Martinez, Bruno Costa, Daniel e Diego Maia; Bruno Barra, João Cleriston, Dija Baiano (Anselmo) e Rodrigo Andrade; Romarinho (Rafael Granja) e Jhullian (Núbio).
Técnico:
Moacir Júnior.

Operário: Simão; Léo, Sosa, Alisson e Peixoto; Chicão (Serginho Paulista), Índio, Robinho e Xuxa; Lucas Batatinha (Erick) e Schumacher (Quirino).
Técnico: Gerson Gusmão.

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data/Horário: 16/06/2018, às 18h.
Árbitro: Jonathan Antero Silva (RO).
Assistentes: Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO) e Valdebranio da Silva (RO).

Público/Renda: 173 pagantes | 459 total | R$ 1.730,00.
Cartões Amarelos:
Sosa, Simão e Erick (Operário). 
Gols:
Robinho, aos 4′ do 2º tempo para o Operário.

Foto: Pedro Borges/Volta Redonda Oficial

Siga em:
De olho na lideranç
Terceirona contará

Estudante de Engenharia, fanático por futebol. Encontro nos textos uma forma de desenvolver novas aptidões e acompanhar de perto os bastidores do futebol.

Classifique este artigo