Operário vence Tupi fora de casa e assume liderança provisória na Série C

O Operário Ferroviário precisou de bastante paciência para conquistar sua segunda vitória na Série C do Campeonato Brasileiro. Mesmo jogando fora de casa, o Fantasma não se acovardou e controlou boa parte do confronto contra o Tupi. Depois de duas bolas na trave e um gol anulado, Robinho fez um bonito gol para dar a vitória por 1 a 0 para o Alvinegro de Vila Oficinas.

Com o resultado, o Operário assume a liderança provisória do grupo B da Série C, com 6 pontos em três jogos. Outros dois jogos complementam a rodada na tarde deste domingo (29). Na próxima rodada, o Fantasma volta ao Estádio Germano Krüger para o confronto contra o Joinville (SC). O jogo está previsto para o próximo domingo (6), às 15h30.

Operário melhor em campo, mas empate sem gols persiste

O Operário Ferroviário começou a partida apostando na manutenção da posse de bola e nas jogadas aéreas. Após cruzamentos sem endereço definido, o Fantasma chegou bem aos 10 minutos. Cleyton recebeu pela esquerda e acertou lançamento certeiro para Schumacher. O centroavante completou de cabeça, mas se antecipou demais e a bola passou ao lado do gol de Vilar.

Outro lance de perigo do Operário aconteceu aos 17 minutos. Após bola rebatida na área, Jean Carlo conseguiu o cruzamento rasteiro para Schumacher, mas o atacante não alcançou a bola e perdeu grande chance. O Tupi respondeu cinco minutos mais tarde. Em cobrança de falta, Diego Luís e Sidimar simularam a batida e deixaram para Udson, que chutou forte e obrigou grande intervenção de Simão.

A melhor chance do primeiro tempo aconteceu aos 35 minutos. Cleyton encontrou espaço e arriscou chute preciso. A bola tocou o travessão antes de sair pela linha de fundo. Na sequência, Schumacher trombou com o goleiro Vilar e a bola sobrou para Peixoto, que completou para a rede. Porém, o árbitro marcou falta e invalidou o gol. O Fantasma pressionou até o intervalo, mas não chegou ao gol.

Tupi equilibra, mas Operário responde e sai vitorioso

O Operário estava com sede de gol na volta do intervalo, mantendo o controle da partida nos primeiros minutos da segunda etapa. Aos 7 minutos, Schumacher recebeu bom cruzamento e cabeceou consciente no contrapé de Vilar, mas a bola explodiu na trave. O Tupi respondeu no contra-ataque seguinte ao lance, quando João Willian escapou com velocidade e chutou, também acertando a trave.

Na metade do segundo tempo, o Tupi passou a equilibrar as ações. A melhor chance do time da casa foi aos 33 minutos. Léo Salino arrematou de longe, Simão deu rebote e Tiaguinho mandou uma bomba. O goleiro do Fantasma se recuperou e operou um milagre para manter o resultado. O Operário não recuou e atacou dois minutos mais tarde. Robinho puxou lance individual e bateu, mas Vilar fez defesa com os pés e mandou para escanteio.

O que o goleiro do Tupi não esperava era que o lance seguinte ia culminar no tento dos visitantes. Jean Carlo cobrou escanteio, a zaga afastou parcialmente e o mesmo Robinho mandou um balaço de longe e contou com desvio na área para colocar o Fantasma na frente.

O Tupi partiu para o tudo ou nada no fim da partida. Aos 44 minutos, os donos da casa chegaram ao gol com Vitinho, mas o árbitro marcou falta em cima do zagueiro Sosa e o gol foi invalidado. O Operário aproveitou o desespero do adversário e acertou bom contra-ataque aos 47 minutos. Jean Carlo partiu com a bola dominada na esquerda, cortou para o meio e chutou, mas Vilar evitou o segundo gol.

FICHA TÉCNICA
TUPI 0 X 1 OPERÁRIO

Tupi: Vilar; Léo Costa, Sidimar, Wellington e Udson; Marcel, Léo Salino (Rodrigo Dantas) e Diego Luís (Tiaguinho); Vitinho, Daniel Morais (João Willian) e Reis.
Técnico:
Ricardo Leão.

Operário: Simão; Léo (Erick), Sosa, Alisson e Peixoto; Chicão, Índio, Jean Carlo e Cleyton; Quirino (Robinho) e Schumacher (Vinícius).
Técnico: Gerson Gusmão.

Local: Estádio Municipal Radialista Mario Helênio, em Juiz de Fora (MG)
Data/Horário: 28/04/2018, às 16h.
Árbitro: José Woshington da Silva (PE).
Assistentes: Marcelino Castro de Nazaré (PE) e Ricardo Bezerra Chianca (PE).

Público/Renda: 454 pagantes | 881 total | R$8.100,00.
Cartões Amarelos:
Marcel e Sidimar (Tupi). Quirino, Chicão, Léo e Peixoto (Operário). 
Gols:
Robinho, aos 35′ do 2º tempo para o Operário.

Foto: Marina Proton/Tupi Oficial

Siga em:
Fora de casa, Pruden
Em sua estreia em ca

Estudante de Engenharia, fanático por futebol. Encontro nos textos uma forma de desenvolver novas aptidões e acompanhar de perto os bastidores do futebol.

Classifique este artigo