26 de September de 2017 9:32:46

Operário não encontra dificuldades e vence Trieste em jogo-treino

Em virtude da paralisação do grupo A da Segundona Paranaense, o Operário Ferroviário precisou mudar a rotina para manter o ritmo de jogo de seus atletas. Neste sábado (29), o Fantasma recebeu o Trieste, equipe amadora de Curitiba. Apesar de desperdiçar várias chances, o Operário foi melhor e saiu vitorioso por 3 a 0. Os gols foram marcados por Washington, Lucas Batatinha e Vandinho.

A data da próxima partida do Operário pela Segundona é incerta. Na última quinta-feira (27), o TJD-PR votou a favor da medida cautelar proposta pelo Grêmio Maringá para a paralisação do campeonato. O tribunal argumentou que enquanto não houver uma decisão final sobre o “caso Lusa”, as partidas do grupo A não devem ser homologadas.

Gol de falta garante placar mínimo

Mostrando bastante entrosamento, o Fantasma não demorou a tomar a iniciativa da partida. Logo aos 8 minutos do primeiro tempo, Washington cobrou falta da entrada da área com perfeição e abriu o placar para o Alvinegro. Dois minutos depois, Jean Carlo quase ampliou. O atacante recebeu lançamento na área e chutou. A bola tocou no goleiro Josiel e, na sequência, na trave, antes de sair pela linha de fundo.

A partir da metade da primeira etapa, o Operário recuou. O Trieste se aproveitou disso e tentava criar em cruzamentos pela esquerda, com Marabá, mas não teve êxito. Aos 42, a equipe de Curitiba chegou bem. Em lançamento para a área, Cambalhota recebeu e chutou, mas mandou para fora. Sem muitas chances na metade final dos primeiros 45 minutos, o Fantasma saiu vitorioso pelo placar mínimo.

Várias chances perdidas, dois gols

O Operário voltou do intervalo mais ligado, e logo no primeiro minuto do segundo tempo perdeu chance incrível. Lucas Batatinha recebeu quase na pequena área, de cara para o gol, mas tirou demais do goleiro e mandou para fora. Aos 9, Batatinha novamente perdeu excelente chance. Recebeu de Washington na esquerda, dentro da área, e chutou, mas novamente a bola foi fora.

Aos 15 minutos, a insistência de Lucas Batatinha finalmente deu resultado. Vandinho fez grande jogada pelo meio e encontrou o companheiro livre pela esquerda. Batatinha adiantou, dividiu com o goleiro Ravel, levou a melhor e apenas completou para o gol vazio.

Com 28 minutos, outra chance inacreditável perdida pelo Operário. Daisson recebeu lançamento na cara do gol, mas, sozinho na área, chutou por cima. As principais jogadas passavam pelos pés de Athos, que conseguiu organizar o time e deixar vários companheiros na cara do gol. Mesmo assim, o Fantasma demorou a achar outro gol. Apenas aos 46, em cobrança de pênalti, Vandinho foi para as redes e decretou o placar final de 3 a 0.

Foto: Bianca Machado/Operário Ferroviário Oficial

Siga em:
Tricolor treina fort
Em Campo Largo, ACP

Estudante de Engenharia, fanático por futebol. Encontro nos textos uma forma de desenvolver novas aptidões e acompanhar de perto os bastidores do futebol.

Classifique este artigo