Operário vence o Maringá em casa e tenta a classificação na última rodada contra o Foz

Neste domingo (24) às 16h no Estádio Germano Krüger, o Operário enfrentou o Maringá pela quarta rodada da Taça Dirceu Krüger, o segundo turno do Campeonato Paranaense. No primeiro tempo o jogo começou com muita posse de bola do Fantasma e o Maringá apostando no contra-ataque, pressão total do time da casa, aos 33’ minutos Eduardo marca para o Operário, fim de 1° tempo OFEC 1 x 0 MFC. No segundo tempo o Maringá saiu mais para o jogo, com bola na trave, mas quem marcou foi o Operário no finzinho da partida aos 48’ minutos, Jean Carlo fez um lindo gol e deu números finais a partida, Operário 2 a 0 Maringá.

Na última rodada todos os jogos acontecem no domingo (31) às 16h, o Operário vai até Foz do Iguaçu enfrentar o time da cidade no Estádio do ABC e o Maringá, na luta para não cair, enfrenta no Willie Davids o Toledo.

1° tempo de muita marcação

Operário dominou o começo de jogo, não deixando o Maringá com a bola, mas não conseguiu chutar com precisão para o gol, nenhum dos times arriscavam jogadas ousadas, aos 11’ minutos de jogo os times ainda se estudavam, O Fantasma criou bastante pelos lados enquanto o Maringá tentava os contra-ataques, em um deles o time estava com quatro jogadores contra três do Operário e o meia campista Geovane erra o passe e perde uma grande chance do Maringá. 26’ minutos de jogo Operário estava valorizando a posse de bola, mas não conseguia furar a zaga do Maringá, até que aos 33’ minutos gol de Eduardo, bola lançada do meio de campo para Cleyton na lateral que cruzou a bola na área e Eduardo se antecipou para marcar para o Fantasma.

Tudo ou nada

Os dois times saíram mais para o jogo, mas o time da casa continuou com a posse de bola e buscando o segundo gol, logo aos 5’ minutos, Bruno Batata recebeu na esquerda toca para Cleyton que rola para Chicão, o capitão deu uma chapada na bola para fora. Seis minutos depois o Maringá, em uma grande oportunidade, a falta é cobrada direta para o gol e o goleiro Simão fica com ela facilmente. A resposta do Operário foi quase imediata com a cobrança de falta de Jean Carlo aos 16′ minutos, um belo chute que o goleiro do Maringá mandou para escanteio, essa tinha endereço certo.

Na metade do segundo tempo Maringá no ataque, Paraguá ganhou de Pedrinho bateu de pé direito e Simão faz uma boa defesa. O time visitante precisava da vitória e coloca seu time no ataque, aos 24’ minutos bola na trave do goleiro Simão, Romeu cruzou e Neilson cabeceou a bola que belisca a trave, quase o empate em Ponta Grossa (PR). Final de jogo Maringá criou boas chances, mas tomou um banho de água fria aos 48’ minutos, Jean Carlo faz um golaço, um belo chute de perna esquerda, fim de partida no Germano Krüger 2 x 0 para o Operário que ainda briga por uma vaga na semifinal.

FICHA TÉCNICA
OPERÁRIO 2 X 0 MARINGÁ

Operário: Simão; Pedrinho (Danilo Baiá), Alisson, Sosa, Chicão e Peixoto; Eduardo (Dione), Índio, Jean Carlo, Cleyton (Robinho) e Bruno Batata.
Técnico: Gerson Gusmão

Maringá: Victor Golas; Everton, Alex Fraga, Marcelo Xavier e Prego; Willian Machado, Romeu (Orobó), Jean Neves e Geovane (Dandan); Welton Paraguá e Bravo (Neílson).
Técnico: Sandro Forner

Local: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR)
Data/ Horário: 24/03/2019 às 16h
Árbitro: Ricardo de Lima Legnani
Assistentes: Bruno Boschilia e Marco Antonio dos Santos Pepe

Público/Renda: 3.694 pagantes/ R$ 77.910,00
Cartões Amarelos: Jean Neves, Prego, (Maringá) Peixoto, Robinho (Operário).
Gols:  Eduardo 33′ 1° tempo e Jean Carlo 48’ 2° tempo para o Operário,

 

Foto: José Tramontin/OFEC

Siga em:
Em jogos de expulsõ
Paraná goleia Casca

Estudante de jornalismo, cascavelense, apaixonado por fotografia. O futebol sempre fez parte da minha vida, e o jornalismo esportivo está ganhando espaço, Corintiano de Coração.

Classifique este artigo