Operário fica no empate com Tombense-MG no Germano Krüger

O Operário recebeu a Tombense-MG na tarde deste domingo (13) em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. Com jogo bem movimentado, as equipes ficaram no empate em 1 a 1. O gol do Fantasma foi anotado por Robinho aos 33 do 1º tempo enquanto Caio César deixou tudo igual aos 26 do 2º tempo.

Com o resultado, o Fantasma vai a 10 pontos, mesma pontuação do Bragantino e Cuiabá-MT dividindo a primeira colocação do Grupo B. A Tombense vai a sete pontos, fica, provisoriamente, na quinta colocação da chave até o fechamento da rodada nesta segunda-feira (14).

No próximo giro, o Operário enfrenta o Cuiabá-MT na Arena Pantanal no sábado (19), às 17h. A Tombense joga novamente fora de casa, enfrentando o Ypiranga-RS no Estádio Colosso da Lagoa em Erechim no domingo (20), às 15h30.

Marcação e gol do Operário

A bola rolou no Estádio Germano Krüger e nos instantes iniciais o Operário foi ao ataque. Aos 4 minutos, boa oportunidade na área, Quirino recebeu de Robinho e tocou para Chicão, mas na finalização, o goleiro Darley estava atento para a defesa. O Fantasma seguia tentando o ataque, mas a equipe mineira se mostrava bem postada, buscando o contra-ataque.

Mesmo com muita marcação de ambas as equipes, o jogo seguia aberto. Aos 10 minutos, a Tombense ia chegando com perigo, mas Índio conseguiu afastar. Aos 20 minutos, o Fantasma voltou a incomodar. Jogada com Robinho e Cleyton fez o cruzamento, mas mais uma vez o arqueiro da Tombense saiu bem na defesa. Cinco minutos depois, foi a vez do goleiro Simão aparecer. A tentativa foi de Cássio Ortega e o arqueiro do Fantasma fez grande defesa evitando o que seria o primeiro gol.

Aos 33 minutos, cobrança de lateral de Danilo Baia, Schumacher cabeceou para tocou de cabeça, a bola chegou limpa para Robinho que mandou para o fundo das redes sem chances para o goleiro Darley. 1 a 0 Operário.

Atrás no marcador, o técnico Ramon Menezes optou por sacar o meia Éverton Galdino para a entrada do atacante Polaco, deixando assim, a Tombense mais ofensiva.

Aos 43 minutos, bola cruzada na área, Daniel Amorim mandou para as redes, mas a arbitragem anulou o gol sinalizando impedimento na jogada.

Jogo bem equilibrado terminado empatado

A segunda etapa começou movimentada. Logo aos 2 minutos, mais uma boa chegada da Tombense-MG e novo impedimento marcado. O jogo seguia disputado e aos 8 minutos o Operário voltou a aparecer em jogada de contra-ataque com Cleyton tentando para Robinho, mas a jogada foi parada com falta. Na sequência, a equipe mineira respondeu com Anderson Rosa tentando para Daniel Amorim e mais uma vez o goleiro Simão teve boa presença na defesa. O jogo seguia lá e cá e Quirino e Robinho quase ampliaram o placar no Germano Krüger aos 10 minutos.

Aos 20 minutos, tabela entra Robinho e Índio tocando para Chicão que não conseguiu prosseguir com a jogada. Aos 24 minutos, Everton Sena arriscou chute cruzado e quase fez o gol da Tombense que vinha forte ao ataque e muito perto do empate. E aos 26 minutos, Caio César invadiu a área sozinho e mandou para o fundo do gol. Tudo igual, 1 a 1. E com o gol, a equipe mineira veio ainda mais para cima do Operário e aos 29 minutos chegou mais uma vez a área em novo impedimento.

Aos 35 minutos, o Fantasma já não conseguia mais tanta movimentação para o ataque, já que os visitantes continuavam bem postados. Porém, aos 43 minutos, Xuxa bateu firme e acabou mandando a bola na trave. Houve tempo ainda para Robinho tentar mais uma vez, mas mais um impedimento marcado.

Com jogo bem movimentado, o resultado ficou mesmo no 1 a 1 nesta tarde no Germano Krüger.

FICHA TÉCNICA
OPERÁRIO 1 X 1 TOMBENSE-MG

Operário: Simão; Danilo Baia, Sosa, Alisson e Peixoto; Chicão, Índio, Robinho e Cleyton (Dione); Quirino (Xuxa) e Schumacher (Vinícius).
Técnico: Gerson Gusmão.

Tombense: Darley; David, Matheus Lopes, Anderson e Bruninho; PH (Everton Sena), Caio César, Cássio Ortega e Éverton Galdino (Polaco); Anderson Rosa e Daniel Amorim (Rubens).
Técnico: Ramon Menezes.

Local: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR)
Data/Horário: 13/05/2018, às 16h30
Árbitro: Zandick Gondim Alves Junior (RN)
Assistentes: Flavio Gomes Barroca (RN) e Francisco Jailson Fernandes da Silva (RN)

Público/Renda: 3.382 pagantes/3.845 total/ R$ 48.750,00
Cartão Amarelo: Alisson, Danilo Baia, Schumacher, Índio, Chicão (Operário). Bruninho (Tombense-MG).
Gols: Robinho aos 33 do 1º tempo para o Operário. Caio César aos 26′ do 2º tempo para a Tombense-MG.

 Foto: José Tramontin/ Operário FEC Oficial

Siga em:
Maringá FC joga mel
Para embalar na Sér

CEO & Founder do Redação em Campo. Jornalista pela Universidade Tuiuti do Paraná (UTP), especialista em Marketing pela PUC-PR e Internet Journalism (London School of Journalism). Mestranda em Comunicação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Atualmente, professora nos cursos de Comunicação da Universidade Tuiuti do Paraná. Curitibana, rock n' roll, viciada em futebol de segunda divisão, fã de tecnologia e do Millonarios FC.

Classifique este artigo