Operário fica no empate com Tombense-MG no Germano Krüger

O Operário recebeu a Tombense-MG na tarde deste domingo (13) em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. Com jogo bem movimentado, as equipes ficaram no empate em 1 a 1. O gol do Fantasma foi anotado por Robinho aos 33 do 1º tempo enquanto Caio César deixou tudo igual aos 26 do 2º tempo.

Com o resultado, o Fantasma vai a 10 pontos, mesma pontuação do Bragantino e Cuiabá-MT dividindo a primeira colocação do Grupo B. A Tombense vai a sete pontos, fica, provisoriamente, na quinta colocação da chave até o fechamento da rodada nesta segunda-feira (14).

No próximo giro, o Operário enfrenta o Cuiabá-MT na Arena Pantanal no sábado (19), às 17h. A Tombense joga novamente fora de casa, enfrentando o Ypiranga-RS no Estádio Colosso da Lagoa em Erechim no domingo (20), às 15h30.

Marcação e gol do Operário

A bola rolou no Estádio Germano Krüger e nos instantes iniciais o Operário foi ao ataque. Aos 4 minutos, boa oportunidade na área, Quirino recebeu de Robinho e tocou para Chicão, mas na finalização, o goleiro Darley estava atento para a defesa. O Fantasma seguia tentando o ataque, mas a equipe mineira se mostrava bem postada, buscando o contra-ataque.

Mesmo com muita marcação de ambas as equipes, o jogo seguia aberto. Aos 10 minutos, a Tombense ia chegando com perigo, mas Índio conseguiu afastar. Aos 20 minutos, o Fantasma voltou a incomodar. Jogada com Robinho e Cleyton fez o cruzamento, mas mais uma vez o arqueiro da Tombense saiu bem na defesa. Cinco minutos depois, foi a vez do goleiro Simão aparecer. A tentativa foi de Cássio Ortega e o arqueiro do Fantasma fez grande defesa evitando o que seria o primeiro gol.

Aos 33 minutos, cobrança de lateral de Danilo Baia, Schumacher cabeceou para tocou de cabeça, a bola chegou limpa para Robinho que mandou para o fundo das redes sem chances para o goleiro Darley. 1 a 0 Operário.

Atrás no marcador, o técnico Ramon Menezes optou por sacar o meia Éverton Galdino para a entrada do atacante Polaco, deixando assim, a Tombense mais ofensiva.

Aos 43 minutos, bola cruzada na área, Daniel Amorim mandou para as redes, mas a arbitragem anulou o gol sinalizando impedimento na jogada.

Jogo bem equilibrado terminado empatado

A segunda etapa começou movimentada. Logo aos 2 minutos, mais uma boa chegada da Tombense-MG e novo impedimento marcado. O jogo seguia disputado e aos 8 minutos o Operário voltou a aparecer em jogada de contra-ataque com Cleyton tentando para Robinho, mas a jogada foi parada com falta. Na sequência, a equipe mineira respondeu com Anderson Rosa tentando para Daniel Amorim e mais uma vez o goleiro Simão teve boa presença na defesa. O jogo seguia lá e cá e Quirino e Robinho quase ampliaram o placar no Germano Krüger aos 10 minutos.

Aos 20 minutos, tabela entra Robinho e Índio tocando para Chicão que não conseguiu prosseguir com a jogada. Aos 24 minutos, Everton Sena arriscou chute cruzado e quase fez o gol da Tombense que vinha forte ao ataque e muito perto do empate. E aos 26 minutos, Caio César invadiu a área sozinho e mandou para o fundo do gol. Tudo igual, 1 a 1. E com o gol, a equipe mineira veio ainda mais para cima do Operário e aos 29 minutos chegou mais uma vez a área em novo impedimento.

Aos 35 minutos, o Fantasma já não conseguia mais tanta movimentação para o ataque, já que os visitantes continuavam bem postados. Porém, aos 43 minutos, Xuxa bateu firme e acabou mandando a bola na trave. Houve tempo ainda para Robinho tentar mais uma vez, mas mais um impedimento marcado.

Com jogo bem movimentado, o resultado ficou mesmo no 1 a 1 nesta tarde no Germano Krüger.

FICHA TÉCNICA
OPERÁRIO 1 X 1 TOMBENSE-MG

Operário: Simão; Danilo Baia, Sosa, Alisson e Peixoto; Chicão, Índio, Robinho e Cleyton (Dione); Quirino (Xuxa) e Schumacher (Vinícius).
Técnico: Gerson Gusmão.

Tombense: Darley; David, Matheus Lopes, Anderson e Bruninho; PH (Everton Sena), Caio César, Cássio Ortega e Éverton Galdino (Polaco); Anderson Rosa e Daniel Amorim (Rubens).
Técnico: Ramon Menezes.

Local: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR)
Data/Horário: 13/05/2018, às 16h30
Árbitro: Zandick Gondim Alves Junior (RN)
Assistentes: Flavio Gomes Barroca (RN) e Francisco Jailson Fernandes da Silva (RN)

Público/Renda: 3.382 pagantes/3.845 total/ R$ 48.750,00
Cartão Amarelo: Alisson, Danilo Baia, Schumacher, Índio, Chicão (Operário). Bruninho (Tombense-MG).
Gols: Robinho aos 33 do 1º tempo para o Operário. Caio César aos 26′ do 2º tempo para a Tombense-MG.

 Foto: José Tramontin/ Operário FEC Oficial

Siga em:
Maringá FC joga mel
Para embalar na Sér

CEO & Founder do Redação em Campo. Jornalista pela Universidade Tuiuti do Paraná (UTP), especialista em Marketing e Jornalismo de Internet. Mestranda em Comunicação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Curitibana, rock n' roll, viciada em futebol de segunda divisão, fã de tecnologia e do Millonarios FC.

Classifique este artigo