Operário empata com Coritiba e ambos avançam à semifinal

Tanto o Operário Ferroviário quanto o Coritiba têm motivos para comemorar. Neste domingo (10), os dois times fizeram uma apresentação bem disputado, empataram em 2 a 2 e avançaram à semifinal da Taça Barcímio Sicupira. Os gols do Fantasma foram marcados por Chicão e Schumacher, enquanto o Coxa anotou com Rodrigão e Sabino.

O adversário do Alvinegro no mata-mata será o Toledo. O Coritiba, por sua vez, enfrenta o FC Cascavel. Os jogos acontecerão no Estádio 14 de Dezembro e no Estádio Olímpico Regional, respectivamente.

Coritiba começa na frente, mas Fantasma busca virada no último lance

O Operário apostou em uma formação nova para a partida. Antes acostumado a jogar com Jean Carlo e Lucas Batatinha, o técnico Gerson Gusmão optou por promover as entradas de Pedrinho e Rafinha. Em um primeiro momento, a formação dava sinais de que cometeria os mesmos erros ofensivos dos esquemas anteriores, mas não foi isso que aconteceu.

O Coritiba começou melhor e ditou o ritmo de jogo nos primeiros minutos. Não por acaso, o primeiro gol foi do Alviverde. Aos 9 minutos, Iago Dias aproveitou cobrança rápida de lateral e ganhou de Danilo Baia na corrida. Já dentro da área, o atacante efetuou o cruzamento, a bola desviou e sobrou limpa para Rodrigão abrir o placar.

O Operário recuou após o gol, mas a parada técnica para hidratação dos atletas deu tempo para Gusmão conversar com seus comandados. Deu certo: o time se acertou em campo e passou a oferecer bastante perigo para o adversário.

O retrato do fim do primeiro tempo foi realmente de um Fantasma dominante. A reação começou aos 35 minutos. Allan Vieira fez grande jogada pela esquerda e, sozinho na área, rolou para Chicão bater colocado e deixar o placar igual.

Depois de um período sem finalizações, o time da casa voltou a levar perigo em falha da defesa do Coxa. Após um recuo curto e um corte errado de Wilson, Rafinha roubou a bola, driblou o goleiro e finalizou na trave. A festa precisou esperar até os 51 minutos, quando Pedrinho serviu Schumacher na frente e o centroavante do Fantasma encobriu Wilson para dar vantagem parcial ao time ponta-grossense no intervalo.

Coritiba volta melhor e busca o empate

A conversa no vestiário dos visitantes parece ter sido proveitosa. O Coxa voltou melhor para a segunda etapa e conseguiu imprimir o mesmo ritmo de jogo do início da partida. Para cumprir com o objetivo do gol, faltava acertar apenas alguns detalhes na finalização.

O poderio do Coritiba no início do segundo tempo se resumiu à bola parada. Aos 3 minutos, em cobrança de falta, João Vitor bateu forte, mas acabou mandando à esquerda de Simão. Cinco minutos mais tarde, uma outra cobrança de falta acabou nas redes. Após cruzamento de Giovanni, a bola passou por todo o bolo de jogadores na área, tocou na trave e sobrou para Sabino apenas empurrar para o gol.

O Coxa seguiu no ataque durante todo o restante na partida, mas era contido pela marcação do Alvinegro. As melhores chances dos visitantes foram aos 13 minutos, quando Rodrigão recebeu na área e acertou o lado de fora da rede e aos 23, quando Alan Costa mandou sobra de escanteio por cima da meta.

Apesar disso, os times não apresentaram uma estratégia consistente no restante da segunda etapa. O empate foi um resultado justo, e coincidentemente premiou ambas as equipes com o segundo lugar de seus respectivos grupos.

FICHA TÉCNICA
OPERÁRIO 2 X 2 CORITIBA

Operário: Simão; Danilo Baia, Sosa, Alisson e Allan Vieira (Peixoto); Chicão, Índio, Dione e Pedrinho (Lucas Batatinha); Rafinha (Xuxa) e Schumacher.
Técnico: Gerson Gusmão

Coritiba: Wilson; Sávio (Geovane), Alan Costa, Sabino e Fabiano; Vitor Carvalho, João Vitor, Giovanni (Juan Alano) e Kady (Nathan); Iago Dias e Rodrigão.
Técnico: Argel Fucks

Local: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR)
Data/Horário: 10/02/2019, às 17h
Árbitro: Adriano Milczvski
Assistentes: Luciano Roggenbaum e Rafael Trombeta

Público/Renda: 5.534 pagantes | 5.964 total | R$ 155.010,00
Cartões Amarelos: Dione, Rafinha, Chicão, Alisson e Sosa (Operário). Alan Costa, Fabiano e Giovanni (Coritiba).
Gols: Chicão, aos 35′ e Schumacher, aos 51′ do 1º tempo para o Operário. Rodrigão, aos 9′ do 1º tempo e Sabino, aos 8′ do 2º tempo para o Coritiba.

Foto: José Tramontin/Operário Ferroviário Oficial

Siga em:
Athletico vence o Ci
Paraná Clube não s

Estudante de Engenharia, fanático por futebol. Encontro nos textos uma forma de desenvolver novas aptidões e acompanhar de perto os bastidores do futebol.

Classifique este artigo