18 de October de 2017 3:05:28

Operário é derrotado pelo Rio Branco e último classificado na Taça FPF será definido no domingo

A decisão da última vaga para a segunda fase da Taça FPF ficou para a última rodada. Nesta quarta-feira (20), o Operário Ferroviário precisava de um simples empate contra o Rio Branco para conquistar a vaga. Não deu. O Fantasma não fez uma boa apresentação e acabou derrotado pelo Leão da Estradinha, que dominou a partida e criou as melhores chances. No fim, o placar de 1 a 0 ficou barato para o Alvinegro.

Agora, o Operário continua precisando de um empate para se classificar. A partida derradeira é contra o Andraus, no próximo domingo (24). O outro clube candidato à vaga é a Portuguesa Londrinense, que precisa vencer o Paranavaí fora de casa e torcer por uma derrota do Fantasma.

Resumo da partida

O primeiro tempo foi dominado pelo Rio Branco. Aos 5 minutos, Matheus Rodrigues escapou pela direita e chutou cruzado, mas Matheus fez boa defesa. Cinco minutos depois, o atacante novamente apareceu bem: ele completou cruzamento na área e mandou a bola por cima do gol. Aos 32 minutos, a melhor chance do jogo saiu dos pés de Giva, que substituiu Kauan. Ele recebeu cruzamento de Matheus Rodrigues na pequena área e escorou, mas chegou um pouco atrasado no lance e mandou para fora. O Fantasma tinha dificuldades para encaixar o jogo, e acabou não dando trabalho para o goleiro Eder na primeira etapa.

O Alvinegro voltou melhor para a segunda etapa. O Rio Branco acabou se fechando na defesa e apostou nos contra-ataques. Deu certo. Aos 8 minutos, Giva puxou contra-ataque pela esquerda, conduziu a bola até a linha de fundo e cruzou rasteiro. Paulinho, na pequena área, teve apenas o trabalho de finalizar no canto para abrir o placar.

A situação ficou ainda mais difícil para o Operário dois minutos depois. Bruno impediu a jogada de Paulinho com falta e levou o segundo amarelo. Sem opções no banco, o técnico Joel Preisner precisou fazer várias improvisações. Com isso, o Fantasma perdeu grande parte de seu poder ofensivo. A equipe da casa até ensaiou uma pressão no fim da partida, mas não conseguiu chegar ao empate.

Opinião dos atletas

A fase do Operário na Taça FPF não é das melhores. O time venceu apenas duas partidas na competição. Mesmo sem depender de uma vaga na Série D, a torcida do Alvinegro esperava apresentações melhores. Os atletas reconhecem isso e ressaltam que estão trabalhando em prol da melhoria no torneio. “Conversamos sobre isso [a fase ruim] diariamente. Todo mundo está insatisfeito com os empates e muito mais com as derrotas. Buscamos o padrão do profissional com o professor Joel. Estamos com muitas dificuldades de nos adaptarmos. Estamos tomando muitos gols que não se deve tomar. Um time como o Operário não pode aceitar jamais perder jogos em casa e muito menos ficar em oitavo”, disse o goleiro Matheus.

Foto: Bianca Machado/Operário Ferroviário Oficial

Siga em:
Coritiba avança às
Com mudanças, Londr

Estudante de Engenharia, fanático por futebol. Encontro nos textos uma forma de desenvolver novas aptidões e acompanhar de perto os bastidores do futebol.

Classifique este artigo