19 de September de 2017 5:15:08

Operário tem atuação impecável, aplica goleada sobre o Globo-RN e coloca a mão na taça da Série D

O futebol é sempre imprevisível, mas parece questão de tempo para o Operário Ferroviário conquistar seu primeiro título nacional. Neste domingo (3), o Fantasma teve atuação belíssima em Ceará-Mirim (RN), contra o Globo-RN, e colocou a mão na taça da Série D do Campeonato Brasileiro. A vitória por 5 a 0 veio com gols de Tiago Lima (contra), Lucas Batatinha, Quirino, Jean Carlo e Dione.

No jogo de volta, que acontece no próximo domingo (10), as arquibancadas do Estádio Germano Krüger devem ficar pequenas. A expectativa é de casa cheia para a final. A avenida, então, nem se fala. A festa deverá ser grande, mas o Operário ainda tem uma semana de trabalho na Quarta Divisão Nacional.

 

Operário constrói grande resultado na primeira etapa

A semana do Operário mostrou a expectativa em cima da primeira partida da final. Nas entrevistas com os integrantes da equipe, as respostas sempre se referiam à uma construção de resultado para dar tranquilidade para o jogo de volta. Em campo, os atletas mostraram que o discurso era verdadeiro.

O Fantasma começou indo para cima do Globo, mas as chances demoraram a aparecer. O primeiro lance de perigo do Alvinegro foi apenas aos 22 minutos de jogo. Robinho cobrou falta na área e, na disputa de bola, Tiago Lima desviou contra a própria meta e colocou o Fantasma na frente.

Cinco minutos mais tarde, o placar que já era bom para o Operário ficou ainda melhor. Após grande trama do ataque do Alvinegro, Jean Carlo finalizou, Dasaev fez grande defesa e na sobra, Robinho foi derrubado por João Vitor na área. O árbitro marcou a penalidade para o Fantasma. Na cobrança, Lucas Batatinha chutou forte para ampliar o placar.

O time da casa tentou responder aos 35 minutos. Renatinho Carioca cobrou falta e obrigou Simão a fazer grande defesa. No rebote, Reinaldo chutou e o goleiro do Alvinegro deu novo rebote. Gláucio, na pequena área, chutou para fora e desperdiçou grande oportunidade para o Globo. Após isso, os atletas do Globo foram barrados pela forte marcação do Operário. O Fantasma parecia contente com o resultado parcial: procurou não arriscar mais para evitar contra-ataques do adversário, e foi para o intervalo carregando uma boa vantagem.

 

Show do Fantasma

O Operário não recuou na segunda etapa. Logo aos 3 minutos, Robinho arriscou de fora da área, mas Dasaev se esticou todo e fez uma ótima defesa. Contudo, não demorou para o Alvinegro balançar as redes novamente. Aos 8 minutos, Lucas Batatinha faz passe rasteiro para o meio da área. Quirino, bem colocado, tem apenas o trabalho de empurrar a bola para o gol.

As melhores chances do Globo vinham nas bolas parada. Aos 14 minutos, Renatinho Carioca cobrou falta com perigo, mas Simão fez um milagre e evitou o gol. Aos 19, o desespero do Globo aumentou. Lucas Batatinha ganhou da defesa na corrida e cruzou na medida para Jean Carlo anotar seu gol.

O trabalho não parou por aí. Aos 31, Quirino aproveita falha da zaga do Globo para servir Peixoto na área. Sem goleiro, o lateral do Fantasma finaliza para fora e perde grande oportunidade. Sete minutos mais tarde, foi a vez de Dione deixar seu gol. Após cruzamento de Chicão, o meia-atacante do Alvinegro desviou para o gol, marcou o quinto do Operário e fechou o placar.

 

FICHA TÉCNICA
GLOBO (RN) 0 X 5 OPERÁRIO 

Globo: Dasaev; Ângelo, Jamerson (Geovane), Gravatá e Renatinho Carioca; Reinaldo, Erick, João Vitor (André) e Tiago Lima; Gláucio e Denis (Eduardo).
Técnico: Luizinho Lopes.

Operário: Simão; Danilo Baia, Sosa, Alisson e Peixoto; Chicão, Serginho Paulista (Willian Daltro), Jean Carlo e Robinho (Dione); Quirino e Lucas Batatinha (Daisson).
Técnico: Gerson Gusmão.

Local: Estádio Manoel Barretto (Barrettão), em Ceará-Mirim (RN)
Data/Horário: 03/09/2017, às 17h.
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Michael Correia (RJ)

Público/Renda: 2181 pagantes|R$ 34950,00.
Cartões Amarelos:
João Vitor, Ângelo e Tiago Lima (Globo). Chicão e Alisson (Operário). 
Gols: Tiago Lima, contra, aos 22′ e Lucas Batatinha aos 27′ do 1º tempo, Quirino, aos 8′, Jean Carlo aos 19′ e Dione, aos 38′ do 2º tempo para o Operário.

Foto: Bianca Machado/Operário Ferroviário Oficial

Siga em:
Londrina gigante! Tu
FC Cascavel é o ún

Estudante de Engenharia, fanático por futebol. Encontro nos textos uma forma de desenvolver novas aptidões e acompanhar de perto os bastidores do futebol.

Classifique este artigo