21 de January de 2018 12:05:17

Nos pênaltis, Biaggi defende uma e Londrina elimina o Capivariano-SP na Copinha

Foi com muita emoção, nas cobranças de pênaltis e o Londrina eliminou o Capivariano, da Copa São Paulo de Futebol Júnior, na Arena Capivari, em Capivari (SP), na noite desta quinta-feira (11). No tempo normal, empate por 2 a 2 e nas cobranças de pênaltis, 4 a 3 para o Tubarãozinho. Anderson e Miullen marcaram para o Alviceleste em cobranças de pênaltis. Hugo Parron e Jeferson fizeram para o clube da casa. Agora na terceira fase, o clube paranaense vai voltar a enfrentar o Desportivo Brasil (SP), time que venceu na fase de grupos por 2 a 0.

Primeira etapa muito equilibrada e placar igual

O primeiro tempo começou a todo vapor, logo no primeiro minuto, o Capivariano chegou com um chute de longe de Hugo, a bola bateu no travessão de Biaggi e na sobra, Hugo sem goleiro, tirou do zagueiro e bateu para fora. Sete minutos depois, Biaggi cobrou falta para o campo de ataque, ninguém tocou nela e Miullen dominou dentro da área, ele tentou o giro, mas foi agarrado e o árbitro apontou para a marca da cal. Anderson foi para a cobrança, deslocou o arqueiro adversário e colocou no canto esquerdo de Marcos.

O jogo ficou bastante brigado, principalmente no meio-campo e o Tubarãozinho começou a cometer algumas faltas. Com 23 minutos, após disputa perto da área, Hugo Perron empatou a partida para o clube paulista. Dois minutos depois, insatisfeito com o meio-campo do Londrina, o técnico Alemão fez três alterações na equipe. Aos 37′, de muito longe, Alysson arriscou e a bola beijou o travessão do Capivariano.

Novamente Londrina fica na frente, mas leva o empate e a decisão vai para os pênaltis

A partida continuou muito equilibrada na segunda etapa, aos 18 minutos, Luquinha acionou em velocidade o atacante Miullen, que deixou o marcador para trás, invadiu a área e foi derrubado, novo pênalti para o Londrina. No minuto seguinte, o próprio Miullen foi para a bola, bateu bem no canto direito do goleiro Marcos, que chegou a tocar na bola, mas sem força para tirar o gol, 2 a 1 para o Tubarãozinho.

Buscando o empate, o time da casa se lançou ao ataque e fez algumas mudanças para buscar este gol e ele saiu ao 38 minutos, Hugo Perron cobrou falta da ponta esquerda do ataque, Jeferson se antecipou a defesa do Londrina e cabeceou tirando completamente de Biaggi, empatando a partida e levando para os pênaltis.

Biaggi vê uma bola por cima de seu gol e defende um pênalti, classificando o Londrina

Nas penalidades, o Londrina começou batendo com Anderson, que novamente bateu muito bem. Pelo Capivariano, De Luca igualou o placar. Matheuzinho com um chute forte colocou o Tubarãozinho na frente. Alejandro deixou tudo igual na Arena Capivari. Matheus Bianchi chutando no meio do gol, fez 3 a 2. Hugo pegou em baixo da bola e isolou, deixando o Alviceleste na frente. O capitão Felipe aumentou para o clube paranaense. Igor Oya diminuiu o placar. Higor bateu mal no centro da meta e o goleiro Marcos defendeu. Na última cobrança, Hugo Perron foi devagar para a bola e bateu no meio do gol, Biaggi não se mexeu e garantiu a classificação do Tubarãozinho, vencendo por 4 a 3 nos pênaltis.

FICHA TÉCNICA
LONDRINA X CAPIVARIANO

Londrina: Biaggi; Matheuzinho, Igor Mendes, Casagrande (Zé Pedro) e Felipe; Felipe Mori (Alysson), Pedro Cacho (Higor), Luquinha (Matheus Bianchi) e Anderson; Uelber (Juan) e Miullen.
Técnico: Alemão

Capivariano: Marcos; Lucas, Paulo Pimentel, Gabriel e Jeferson; Adriel (De Luca), Bruno e Luis Otávio (Igor Oya); Felipe (Hugo), Alejandro e Hugo Parron.
Técnico: Hebercinho.

Local: Arena Capivari, em Capivari (SP)
Data/ Horário: 11/01/2018
Árbitro: André Luiz Ribeiro Cozzi (SP)
Assistentes: Haislan Alves de Morais (SP) e Adriano Stange (SP)

Cartão amarelo: Felipe Mori, Pedro Cacho e Alysson (Londrina); Adriel e Paulo Pimentel (Capivariano)
Gols: Anderson aos 11′ do 1º tempo e Miullen aos 19′ do 2º tempo (Londrina); Hugo Perron aos 23′ do 1º tempo e Jeferson aos 38′ do 2º tempo (Capivariano).

Foto: Gustavo Oliveira/ Londrina EC Oficial

Siga em:
Atlético-PR busca e
Maringá FC contrata

Jornalista, formado na Unopar em 2015. Nasci e moro em Londrina. Apaixonado por esportes. Gosto de praticar aquele futebolzinho de final de semana. Futebol não é apenas um esporte, mas sim uma forma de viver.

Classifique este artigo