25 de February de 2018 1:11:22

No sufoco, Paraná empata com URT no apagar das luzes e está na segunda fase da Copa do Brasil

Foi emoção do início ao fim o jogo que classificou nesta noite (1) o Paraná Clube para a segunda fase da Copa do Brasil. Jogando no Estádio Zama Maciel, em Patos de Minas (MG), o Tricolor sofreu o gol do URT-MG logo no início e aí tentou de todas as formas buscar o empate para seguir adiante na competição. O gol salvador veio aos 45 minutos no belo chute de fora da área de Alemão, que garantiu o time paranista na fase seguinte do torneio para enfrentar o Sampaio Corrêa-MA.

Equipe mineira abre o placar logo no início

Com 4 minutos de partida, o URT saiu para o jogo e no seu primeiro chute ao gol abriu o placar no Estádio Zama Maciel. Ewerton Maradona pegou a sobra e do meio da rua soltou o tiro para acertar o ângulo esquerdo do goleiro Thiago Rodrigues, tirando o zero do marcador logo no início. O Tricolor foi em busca do empate e teve uma bela chance de deixar tudo igual aos 22 num lance de bola parada. João Paulo cobrou a falta, mas bateu fraco facilitando a defensiva mineira, que acabou tirando e afastando o perigo.

Também numa cobrança de falta aos 30 minutos, Ewerton Maradona mandou direto tentando surpreender Thiago Rodrigues, para a sorte do arqueiro paranista a bola acabou acertando as redes do lado de fora, quase o segundo do URT. Aos 41, numa boa chegada do Paraná, Zé Carlos desperdiçou a melhor chance do primeiro tempo. O atacante recebeu de Felipe Augusto e na entrada da área bateu de primeira e isolou por cima da meta. No minuto seguinte, aos 42, Zezinho arriscou de longe e também mandou sobre o travessão.

Alemão marca um golaço aos 45 da etapa final

Na volta para a etapa complementar, o URT desperdiçou uma ótima oportunidade de marcar seu segundo gol. Aos 2 minutos, Carlinhos cruzou na área e Felipe Alves cabeceou sozinho sem marcação, e para alívio da zaga paranista, a bola passou a esquerda se perdendo pela linha de fundo. O Paraná ficou no quase duas vezes aos 8 e 9 minutos. Primeiro Zezinho desarmou no meio e soltou a bomba de fora da área, o goleiro Carlão saltou no ângulo esquerdo e espalmou para escanteio. E após o corner, Alemão tentou próximo a pequena área empurrar para as redes, mas mandou para fora.

O URT respondeu no contra-ataque puxado por Bruninho, que viu Ewerton Maradona entrando na área e o meia tentou mandar colocado por cima de Thiago Rodrigues e quase fez o seu segundo no jogo, e do time mineiro aos 13 minutos. O jogo ficou mais aberto com as duas equipes criando boas jogadas, mas sem êxito.

No apagas das luzes, aos 45 minutos, de tanto insistir, o Paraná chegou ao empate. Alemão aproveitou a sobra de fora da área após escanteio e mandou o canudo, a bola bateu na trave e nas costas do goleiro antes de entrar, marcando o gol salvador que garantiu o Tricolor na segunda fase da Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA
URT-MG 1 X 1 PARANÁ CLUBE

URT: Carlão; Carlinhos, Rodolfo, Victor Sallinas e Ewerton Maradona (Dão); Douglas Maia, Jô, Bruninho (Thiago Pereira) e Eduardo Ramos (Diogo Orlando); Raphael Macena e Felipe Alves.
Técnico: Rodrigo Santana.

Paraná: Thiago Rodrigues; Alemão, Neris, Charles e Mansur; Leandro Vilela (Gabriel Pires), Wesley Dias (Vitor Feijão), Zezinho e João Paulo (Lucas Fernandes); Felipe Augusto e Zé Carlos.
Técnico: Wagner Lopes.

Local: Estádio Zama Maciel, em Patos de Minas (MG).
Data/Horário: 01/02/2018, às 19h15.
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO).
Assistentes: Marcio Soares Maciel (GO) e Edson Antônio de Sousa (GO).

Público/Renda: não divulgados.
Cartões amarelos: Bruninho e Douglas Maia (URT-MG). Leandro Vilela (Paraná).
Gols: Ewerton Maradona aos 4’ do 1º tempo para o URT-MG. Alemão aos 45’ do 2º tempo para o Paraná.

Siga em:
Para Ricardinho, Lon
Lucho voltou, Atlét

Jornalista formado pela na Universidade Tuiuti do Paraná. Começou como estagiário em 2005 no jornal Folha de Guaratuba, onde atuou até 2007. Desde 2012 no Redação em Campo. Em 2013 passou a cobrir o Paraná Clube. Além de ser apaixonado por futebol, também acompanha vôlei, basquete, tênis e automobilismo. Voluntário da FIFA na Copa 2014.

Classifique este artigo