Nacional AC estreia com vitória e terá o apoio da torcida na próxima partida

O Nacional AC de Rolândia voltou ao futebol profissional após dois anos em grande estilo, venceu o Colorado por 3 a 0, no Estádio Albino Turbay, em Cianorte (PR) e estreou com o pé direito na Terceirona do Campeonato Paranaense de 2018. Os gols do NAC foram marcados por Matheus Paraná, Diego Ceará e Alex. O técnico do clube de Rolândia, Índio Ferreira também fez sua estreia pelo clube e valorizou o resultado de vitória.

Fazendo a primeira partida com o Nacional AC, Índio gostou do resultado da equipe mesmo com situações emocionais com a estreia na Terceirona. “Estreia sempre é marcada pela ansiedade, nervosismo e muita tensão, mesmo que os atletas sejam experientes, o lado emocional pesa muito, mas nós soubemos aproveitar as chances criadas”, declarou o treinador do NAC.

O técnico Índio Ferreira estreou com o pé direito no comando do Nacional AC. Foto: Nacional AC Oficial.

Após o amistoso diante do GERA de Apucarana, na pré-temporada, o treinador do NAC salientou que alguns atletas não tiveram comportamentos que ele entendia como corretos taticamente, apesar do tempo até a estreia e após a partida, Ferreira disse que ainda tem atletas precisando melhorar e evoluir, algo que vai acontecer com o passar das rodadas. Mesmo com um placar de 3 a 0, Índio deixou claro que a partida não foi fácil e que a liderança é merecida pelo trabalho feito. “Temos que valorizar o resultado, muitos podem até achar que foi um jogo fácil pelo placar de 3 a 0, mas a proposta do adversário nos dificultou muito, eles jogaram fechadinhos, explorando sempre os contra-ataques. A dificuldade foi tanta que o primeiro tempo foi 1 a 0 e só conseguimos fazer mais 2 gols após os 40 minutos do segundo tempo, então o mérito todo vão para os atletas. Foi muito difícil jogar contra o Colorado”, afirmou Índio Ferreira.

O técnico do Nacional AC acredita que ainda é cedo para destacar alguma equipe dentro da Terceirona e acredita que só será possível fazer isso após a 4ª rodada. “Competição muito difícil, os times estão praticamente todos no mesmo nível. É óbvio que teremos mais uma posição ideal de produtividade após a 4ª rodada, aí tu já pode sentir quais os times que estão no rumo certo da classificação”, enfatizou o treinador.

Matheus Paraná comemora o seu gol e o primeiro do NAC contra o Colorado AC. Foto: Nacional AC Oficial.

Na próxima rodada, o Nacional AC irá reencontrar com seu torcedor após dois anos afastados do futebol profissional. No domingo (2), às 15h30, no Estádio Erich George, recebe o Cambé AC, pela 2ª rodada da Terceirona. Para este confronto, Índio acredita que os atletas não terão mais o peso da estreia e vai buscar melhorar as jogadas em velocidade da equipe. “Agora não temos mais o peso da estreia, ansiedade também já não vai mais ser um obstáculo, mas precisamos melhorar no quesito velocidade, ainda estamos em evolução, é início de campeonato, mas acho que o nosso time ainda pecou muito nas jogadas rápidas, nessa transição defesa/ meio-campo ainda estamos demorando muito para decidirmos o momento certo do passe. O adversário será tão difícil, quanto o Colorado, eles conseguiram somar um ponto e dentro de uma competição curta, somar pontoa é importante. Não terá jogo fácil nessa competição”, finalizou Índio Ferreira.

Para o confronto diante do Cambé AC, o treinador espera poder contar com mais quatro atletas que ainda não apareceram no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF. O zagueiro Renan, o meio-campo Abner e os atacantes Jô Paraíba e Wagner. Segundo o treinador, esses quatro jogadores são muito importantes para o time.

FICHA TÉCNICA
COLORADO AC X NACIONAL AC

Colorado AC: João; João Vitor, Pablo, Vinícios e Kauê; Marcos Henrique, Lucas Gomes, Lucas e Yorrannis; Lucas da Silva e Leandro.
Técnico: José Renato.

Nacional AC: Nilton; Rhuan, Carlão, Vinícius e Peo; Mychell, Josemar (Lucas Matheus), Carlinhos e Alex; Adaílton Bravo (Diego Ceará) e Matheus Paraná (Valber).
Técnico: Índio Ferreira.

Local: Estádio Albino Turbay, em Cianorte (PR)
Data/ Horário: 26/08/2018, às 15h30
Árbitro: André Ricardo Martins
Assistentes: Alessandro Michel de Oliveira Domiciano e Iremar de Oliveira Girotto.

Público/ Renda: 15 pagantes/ R$ 135,00.
Cartão amarelo: Josemar (Nacional AC)
Gols: Matheus Paraná aos 19′ do 1º tempo, Diego Ceará aos 41′ do 2º tempo e Alex aos 43′ do 2º tempo (Nacional AC).

Foto: Nacional AC Oficial.

Siga em:
Evolution Cup 2K18:
Em jogo atrasado, Fu

Jornalista, formado na Unopar em 2015. Nasci e moro em Londrina. Apaixonado por esportes. Gosto de praticar aquele futebolzinho de final de semana. Futebol não é apenas um esporte, mas sim uma forma de viver.

Classifique este artigo