Na velocidade, Atlético-PR derrota o Peñarol-URU e abre vantagem no confronto

O Atlético-PR deu um bom passo na Copa Sul-Americana na noite desta quinta-feira (26), na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), onde derrotou o Peñarol (URU) por 2 a 0. Os gols do Rubro-Negro foram marcados por Marcelo Cirino e Pablo. No próximo domingo (29), o Furacão volta a jogar na Arena da Baixada, pelo Campeonato Brasileiro contra o Vitória, às 16h. O clube uruguaio volta a campo na mesma data, às 15h, contra o River Plate (URU), no Estádio Saroldi, em Montevidéu (URU), pelo Campeonato Uruguaio Clausura. A partida de volta entre as duas equipes será na terça-feira (7), em Montevidéu (URU), no Estádio Campeón Del Siglo. O clube paranaense pode perder até por um gol de diferença que se classifica para a próxima fase da competição.

Furacão desperdiça pênalti, sofre com contra-ataques e vê zagueiro ser expulso no final

Aos 5′, a primeira grande chegada foi da equipe uruguaia, Gonzalo Freitas cobrou falta frontal, no canto direito de Santos, que caiu, tentou segurar, mas a bola saiu pela linha de fundo. Com 8 minutos, Raphael Veiga cobrou escanteio, Paulo André desviou, a bola quicou no gramado e subiu, Bergson dividiu com o goleiro, que afastou a bola. No minuto seguinte, Lucho arriscou de fora da área, a bola bateu na defesa e ficou viva dentro da área, Marcelo Cirino pegou a bola e foi derrubado por Formiliano. Na cobrança do pênalti, Raphael Veiga cobrou no canto esquerdo de Dawson, que espalmou, a bola ainda tocou na trave antes mesmo do arqueiro afastar de dentro da área.

Aos 15′, Renan Lodi cruzou a bola para dentro da área, a defesa afastou para a entrada da área, Paulo André ficou com o rebote e bateu no canto esquerdo de Dawson, que se esticou todo para espalmar a bola pela linha de fundo. Quatro minutos depois, após tabela com Renan Lodi, Bergson bateu a direta da meta. Com 22 minutos, Gabriel Fernández, limpou da marcação e bateu de perna esquerda por cima do gol do Furacão.

Aos 24′, Raphael Veiga cobrou falta para dentro da área, Wanderson ajeitou para a marca do pênalti, onde Bergson dominou e bateu, a bola desviou na marcação e ficou pelo alto com o goleiro Dawson. Com 45 minutos, depois de contra-ataque, Fernández abriu a bola para Hernández, que bateu de primeira e Santos defendeu. Na última jogada da etapa inicial, Wanderson acertou o pé no rosto de Nuñez, recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

Na velocidade, Atlético-PR faz dois gols, perde algumas chances e abre vantagem no confronto

A primeira boa chegada da segunda etapa balançou as redes, aos 14 minutos, o goleiro Santos quebrou a bola para o campo de ataque, Matheu e o goleiro Dawson se atrapalharam e a bola sobrou limpa para Marcelo Cirino, que com o gol aberto bateu para abrir o placar na Arena. Três minutos depois, Gabriel Fernández fez falta matando o contra-ataque Rubro-Negro, recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

Aos 19′, depois de cruzamento, a bola ficou no lado esquerdo para Renan Lodi, que bateu cruzado e a bola passou perto do meta do clube uruguaio. Com 32 minutos, em contra-ataque, Marcelo Cirino foi acionado na velocidade, tentou driblar o goleiro, que fez o desarme no atacante do Furacão.

Aos 35 minutos, em virada de jogo para esquerda para a direita, com vários toques, a bola chegou em Jonathan que invadiu a área livre e cruzou rasteiro onde encontrou Pablo no carrinho dentro da pequena área para ampliar o placar na Arena. Três minutos depois, em troca de passes, Marcelo Cirino arriscou de fora da área, o goleiro Dawson quase entregou, mas jogou para escanteio.

Com 45 minutos, em contra-ataque puxado por Marcelo Cirino, que enfiou a bola para Pablo, cara a cara com Dawson, tentou o chute por cima do arqueiro, mas Dawson desviou a bola. Dois minutos depois, Marcelo Cirino colocou na cabeça de Pablo, que apareceu no segundo pau, cabeceou para baixo, mas Dawson defendeu em cima da linha.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR X PEÑAROL-URU

Atlético-PR: Santos; Jonathan, Paulo André, Wanderson e Renan Lodi; Lucho, Raphael Veiga (Bruno Guimarães) e Rossetto; Marcinho (Léo Pereira), Marcelo Cirino e Bergson (Pablo).
Técnico: Tiago Nunes.

Peñarol-URU: Kevin Dawson; Giovanni González, Fabrício Formiliano, Carlos Matheu e Lucas Hernández; Agustín Canobbio, Gonzalo Freitas (Maxi Rodríguez), Gúzman Pereira (Fabían Estoyanoff) e Rodrigo Rojo (Cristian Rodríguez); Darwin Nuñez e Gabriel Fernández.
Técnico: Diego Lopéz.

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data/ Horário: 26/07/2018, às 19h30
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)
Assistentes: Gabriel Chade (ARG) e Lucas Germanotta (ARG).

Público/ Renda: Não divulgado
Cartão amarelo: Paulo André e Wanderson (Atlético-PR); Gabriel Fernández e Agustín Canobbio (Peñarol-URU)
Cartão vermelho: Wanderson (Atlético-PR); Gabriel Fernández (Peñarol-URU)
Gols: Marcelo Cirino aos 14′ do 2º tempo e Pablo aos 35′ do 2º tempo  (Atlético-PR); (Peñarol).

Foto: Miguel Locatelli/ Atlético-PR Oficial.

Siga em:
Paranaense Sub-19 se
Paraná Clube para n

Jornalista, formado na Unopar em 2015. Nasci e moro em Londrina. Apaixonado por esportes. Gosto de praticar aquele futebolzinho de final de semana. Futebol não é apenas um esporte, mas sim uma forma de viver.

Classifique este artigo