Na pressão, PSTC Procopense empata com Batel em Guarapuava

Batel e PSTC Procopense se enfrentaram na tarde deste domingo (1) em partida válida pela primeira rodada da fase de grupos da Segundona Paranaense. A equipe de Guarapuava ia vencendo o jogo até os 42 minutos do 2º tempo quando o PSTC conquistou o empate. Davidson marcou para time batelino e Matheus Silva deixou tudo igual.

Com o resultado, as equipes ficam no meio da tabela de classificação do Grupo B. No outro jogo da chave, o Operário venceu o Iraty em Irati e é o líder.

Na próxima rodada, o Batel encara o Operário no sábado (7) às 18h30 no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa. Já o PSTC recebe o Iraty no domingo (8), às 18h30 no Estádio Municipal Ubirajara Medeiros, em Cornélio Procópio.

Pressão do PSTC, mas Batel sai na frente

A bola rolou em Guarapuava e as equipes buscaram movimentação. Nos primeiros minutos, o Batel se mostrou mais presente e aos 5 minutos, num vacilo na reposição do PSTC, o time batelino chegou com perigo com Giovanny. Com o passar dos minutos, a equipe visitante passou a ter mais domínio das ações, principalmente no meio de campo e logo, o time procopense passou a ser mais presente no ataque. Aos 11 minutos, Rodrigo lançou para Flávio que finalizou, o goleiro Robson deu rebote, na volta, Diogo tentou de primeira, Dipão tirou e a bola sobrou para Luan que finalizou e acabou mandando para a linha de fundo.

O PSTC insistia e fez boa jogada, toque de Davi para Rodrigo que passou para Flavio, ele ajeitou para Luan que finalizou mal. Neste momento, o Batel não conseguia fazer articulações e as cobranças em bola parada eram as opções. Mas aos 25 minutos, a equipe da casa voltou a se organizar e conseguiu troca de passes, Ricardinho tentou finalizar de direita na entrada da grande área, o chute saiu fraco, saindo à direita do goleiro Jefferson.

Depois de um período de domínio dos visitantes, o Batel voltou a equilibrar a partida e construir oportunidades de gol. Aos 40 minutos, Davidson avançou e passou pelos marcadores, no arremate para o gol, melhor para o arqueiro Jefferson que evitou o que seria o gol do Batel.

Já nos instantes finais, o Batel se arriscava ao ataque e o árbitro sinalizou falta. Cobrança de falta para o time batelino. Bola alçada na área, Davidson subiu de cabeça e mandou para as redes aos 43 minutos. 1 a 0 Batel. O PSTC ainda fez uma pressão em busca do empate, mas a vitória parcial ficou com o time de Guarapuava.

PSTC pressiona e deixa tudo igual

As equipes voltaram a campo e o Batel fez uma alteração, saindo Matheus do Ó para a entrada de Álvaro. O PSTC voltou dos vestiários sem alterações. E a bola rolou e logo aos 3 minutos, Diogo ficou livre e arriscou para o gol, mas apesar de uma iniciativa do PSTC, quem quase marcou foi o Batel que teve duas boas oportunidades, e o jogo seguia bem disputado na segunda etapa.

Aos 20′, Davidson dominou, ele avançou e finalizou de direita, desta vez, boa defesa do goleiro Jefferson. O PSTC não se entregava e seguia em busca do empate, porém, aos 25 minutos, contra -ataque para o Batel, mas o árbitro parou a jogada porque Giovanny estava impedido.

Aos 32 minutos, o PSTC seguia para a pressão e chegava com perigo nas jogadas de bola parada. Aos poucos, apostando no toque de bola, a equipe procopense ia ocupando os espaços e também tinha oportunidades. Aos 37 minutos, depois de troca de passes entrem Jardiel e Jonathan, Diogo ficou em boa condição para o empate, mas Dipão afastou para escanteio.

Aos 40 minutos, falta para o Batel. Marcelinho Araxá foi para a cobrança, mas a bola bateu na barreira e foi para a linha de fundo. Na cobrança de escanteio, o time de Guarapuava não conseguiu aproveitar. Apesar de uma boa apresentação da equipe de Guarapuava, o velho ditado ‘quem não faz toma’, se fez valer. Na cobrança de lateral, Jardiel mandou a bola para área, a bola voltou para ele, ele chutou alto para área e Matheus Silva de cabeça empatou aos 42 minutos. 1 a 1.

FICHA TÉCNICA
A.A BATEL 1 X 1 PSTC PROCOPENSE

Batel: Robson; Josimar, Dipão, Gustavo e Matheus do Ó (Álvaro); Anderson, Giovanny, Jonathan e Ricardinho; Davidson (Rafinha) e Cristian (Marcelinho Araxá).
Técnico: Marcelo do Ó.

PSTC: Jefferson; Romário, Mateus, Douglas e Jardiel; Davi (Alex), Luan (Matheus Silva) e Diogo; Rodrigo (Jonathan), Lucas e Flavio.
Técnico: Reginaldo Vital

Local: Estádio Waldomiro Gelinski, em Guarapuava (PR)
Data/Horário: 01/04/2018, às 15h30
Árbitro: Osvaldo Massafera Jr.
Assistentes: Giovani Marcos Matielo e Elson Suhre

Público/Renda: 705 pagantes/ 805 total/ R$ 11.830,00
Cartões Amarelos: Dipão, Álvaro (Batel). Lucas, Mateus (PSTC).
Gols: Davidson aos 43′ do 1º tempo para o Batel. Matheus Silva aos 42′ do 2º tempo para o PSTC Procopense.

Foto: AA Batel Oficial

Siga em:
Operário bate Iraty
Rolândia EC abre se

CEO & Founder do Redação em Campo. Jornalista pela Universidade Tuiuti do Paraná (UTP), especialista em Marketing e Jornalismo de Internet. Mestranda em Comunicação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Curitibana, rock n' roll, viciada em futebol de segunda divisão, fã de tecnologia e do Millonarios FC.

Classifique este artigo