Na pressão, PSTC Procopense empata com Batel em Guarapuava

Batel e PSTC Procopense se enfrentaram na tarde deste domingo (1) em partida válida pela primeira rodada da fase de grupos da Segundona Paranaense. A equipe de Guarapuava ia vencendo o jogo até os 42 minutos do 2º tempo quando o PSTC conquistou o empate. Davidson marcou para time batelino e Matheus Silva deixou tudo igual.

Com o resultado, as equipes ficam no meio da tabela de classificação do Grupo B. No outro jogo da chave, o Operário venceu o Iraty em Irati e é o líder.

Na próxima rodada, o Batel encara o Operário no sábado (7) às 18h30 no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa. Já o PSTC recebe o Iraty no domingo (8), às 18h30 no Estádio Municipal Ubirajara Medeiros, em Cornélio Procópio.

Pressão do PSTC, mas Batel sai na frente

A bola rolou em Guarapuava e as equipes buscaram movimentação. Nos primeiros minutos, o Batel se mostrou mais presente e aos 5 minutos, num vacilo na reposição do PSTC, o time batelino chegou com perigo com Giovanny. Com o passar dos minutos, a equipe visitante passou a ter mais domínio das ações, principalmente no meio de campo e logo, o time procopense passou a ser mais presente no ataque. Aos 11 minutos, Rodrigo lançou para Flávio que finalizou, o goleiro Robson deu rebote, na volta, Diogo tentou de primeira, Dipão tirou e a bola sobrou para Luan que finalizou e acabou mandando para a linha de fundo.

O PSTC insistia e fez boa jogada, toque de Davi para Rodrigo que passou para Flavio, ele ajeitou para Luan que finalizou mal. Neste momento, o Batel não conseguia fazer articulações e as cobranças em bola parada eram as opções. Mas aos 25 minutos, a equipe da casa voltou a se organizar e conseguiu troca de passes, Ricardinho tentou finalizar de direita na entrada da grande área, o chute saiu fraco, saindo à direita do goleiro Jefferson.

Depois de um período de domínio dos visitantes, o Batel voltou a equilibrar a partida e construir oportunidades de gol. Aos 40 minutos, Davidson avançou e passou pelos marcadores, no arremate para o gol, melhor para o arqueiro Jefferson que evitou o que seria o gol do Batel.

Já nos instantes finais, o Batel se arriscava ao ataque e o árbitro sinalizou falta. Cobrança de falta para o time batelino. Bola alçada na área, Davidson subiu de cabeça e mandou para as redes aos 43 minutos. 1 a 0 Batel. O PSTC ainda fez uma pressão em busca do empate, mas a vitória parcial ficou com o time de Guarapuava.

PSTC pressiona e deixa tudo igual

As equipes voltaram a campo e o Batel fez uma alteração, saindo Matheus do Ó para a entrada de Álvaro. O PSTC voltou dos vestiários sem alterações. E a bola rolou e logo aos 3 minutos, Diogo ficou livre e arriscou para o gol, mas apesar de uma iniciativa do PSTC, quem quase marcou foi o Batel que teve duas boas oportunidades, e o jogo seguia bem disputado na segunda etapa.

Aos 20′, Davidson dominou, ele avançou e finalizou de direita, desta vez, boa defesa do goleiro Jefferson. O PSTC não se entregava e seguia em busca do empate, porém, aos 25 minutos, contra -ataque para o Batel, mas o árbitro parou a jogada porque Giovanny estava impedido.

Aos 32 minutos, o PSTC seguia para a pressão e chegava com perigo nas jogadas de bola parada. Aos poucos, apostando no toque de bola, a equipe procopense ia ocupando os espaços e também tinha oportunidades. Aos 37 minutos, depois de troca de passes entrem Jardiel e Jonathan, Diogo ficou em boa condição para o empate, mas Dipão afastou para escanteio.

Aos 40 minutos, falta para o Batel. Marcelinho Araxá foi para a cobrança, mas a bola bateu na barreira e foi para a linha de fundo. Na cobrança de escanteio, o time de Guarapuava não conseguiu aproveitar. Apesar de uma boa apresentação da equipe de Guarapuava, o velho ditado ‘quem não faz toma’, se fez valer. Na cobrança de lateral, Jardiel mandou a bola para área, a bola voltou para ele, ele chutou alto para área e Matheus Silva de cabeça empatou aos 42 minutos. 1 a 1.

FICHA TÉCNICA
A.A BATEL 1 X 1 PSTC PROCOPENSE

Batel: Robson; Josimar, Dipão, Gustavo e Matheus do Ó (Álvaro); Anderson, Giovanny, Jonathan e Ricardinho; Davidson (Rafinha) e Cristian (Marcelinho Araxá).
Técnico: Marcelo do Ó.

PSTC: Jefferson; Romário, Mateus, Douglas e Jardiel; Davi (Alex), Luan (Matheus Silva) e Diogo; Rodrigo (Jonathan), Lucas e Flavio.
Técnico: Reginaldo Vital

Local: Estádio Waldomiro Gelinski, em Guarapuava (PR)
Data/Horário: 01/04/2018, às 15h30
Árbitro: Osvaldo Massafera Jr.
Assistentes: Giovani Marcos Matielo e Elson Suhre

Público/Renda: 705 pagantes/ 805 total/ R$ 11.830,00
Cartões Amarelos: Dipão, Álvaro (Batel). Lucas, Mateus (PSTC).
Gols: Davidson aos 43′ do 1º tempo para o Batel. Matheus Silva aos 42′ do 2º tempo para o PSTC Procopense.

Foto: AA Batel Oficial

Siga em:
Operário bate Iraty
Rolândia EC abre se

CEO & Founder do Redação em Campo. Jornalista pela Universidade Tuiuti do Paraná (UTP), especialista em Marketing pela PUC-PR e Internet Journalism (London School of Journalism). Mestranda em Comunicação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Atualmente, professora nos cursos de Comunicação da Universidade Tuiuti do Paraná. Curitibana, rock n' roll, viciada em futebol de segunda divisão, fã de tecnologia e do Millonarios FC.

Classifique este artigo