18 de November de 2017 9:41:34

Na busca pelo G6, Furacão se prepara para o 374º Atletiba

O Atlético-PR teve o segundo tropeço seguido na Série A do Campeonato Brasileiro, na 22ª rodada o Furacão visitou a equipe do Flamengo, no Luso Brasileiro e foi derrotado por 2 a 0. Os gols da equipe carioca foram marcados por Willian Arão e Diego. Com o revés no Rio de Janeiro, o rubro-negro paranaense caiu para a oitava posição na tabela.

O jogo contra o Flamengo foi no dia 27/08 o técnico Fabiano Soares está tendo um longo período de preparação para a próxima rodada do campeonato e o adversário, é o rival Coritiba. Esta será a 374ª vez que as equipes se enfrentarão. Os 13 dias sem partidas deu oportunidade para o departamento médico recuperar todos os jogadores e o treinador pode contar com força máxima para esta importante partida.

Jonathan deve voltar à lateral-direita, Thiago Heleno voltou a treinar normalmente e também retorna ao time titular. O meia Lucho Gonzalez está disponível para Fabiano Soares, porém a concorrência no setor do meio de campo é maior, o que deve deixar o argentino no banco de reservas.

O trabalho segue no CT do Caju durante todo o feriado. Seis treinamentos nesta semana encerrarão os preparativos para o duelo. Dois deles, nas manhãs de quarta-feira (6) e quinta-feira (7), estão previstos para o palco da partida. Depois dos trabalhos da manhã de sábado (9), os últimos antes do Atletiba, os jogadores relacionados iniciam período de concentração, no CAT Alfredo Gottardi.

Com a derrota, o Atlético-PR manteve os 30 pontos na competição e caiu mais uma posição na tabela, ocupando a 8ª colocação. O Atletiba deve ser encarado pelo Furacão como uma boa oportunidade de voltar as vitórias que fizeram o time alavancar na tabela. Com um ponto separando do 6º colocado, o Cruzeiro, os três pontos no Atletiba podem recolocar o Rubro-negro na zona de classificação para a Libertadores.

Foto: Marco Oliveira/Atlético Paranaense Oficial.

Siga em:
Sem Lisca, Tricolor
Coritiba vence Atlé

Jornalista, aficionado por esportes, encontrei na profissão um meio de estar mais próximo deste universo.

Classifique este artigo