Maringá FC sofre empate no fim do Madureira e segue sem vencer na Série D

Na tarde deste sábado (5) o Maringá FC viajou até o Estado do Rio de Janeiro (RJ) para enfrentar a equipe do Madureira no Estádio Conselheiro Galvão, em jogo válido pela 3ª rodada da fase de grupos do Campeonato Brasileiro Série D 2018 e empatou em 1 a 1. E o resultado acabou sendo ruim para as duas equipes, que ainda não venceram na competição. O Maringá que esteve perto de vencer, mas desperdiçou muitas chances no 2º tempo e acabou levando o empate.

Com o resultado, a equipe paranaense fica na 3ª posição, com 2 pontos. Na próxima partida, em jogo válido pela 4ª rodada, querendo buscar sua 1ª vitória na competição, o Maringá recebe o próprio Madureira, no Estádio Willie Davids, às 15h30 de domingo (13), em Maringá (PR).

Maringá joga melhor, pressiona e larga na frente

Com os dois times precisando do resultado para não se complicar na Série D, o jogo começou bem movimentado e com muita velocidade. Nos primeiros minutos de jogo as equipes encontravam muitos espaços, principalmente para os contra-ataques, porém se precipitavam no passe final e não conseguiam criar chances claras de gol. Ambos os times apostavam nas jogadas rápidas pelo lado de campo, porém sempre que chegavam ao fundo acabavam parando nos goleiros. Pelo lado do Madureira, Douglas Lima era o mais acionado no jogo, e pelo lado dos Paranaenses, o lateral Denis Neves aparecia muito bem ofensivamente. 

Aos poucos, os donos da casa iam tomando conta do jogo com mais posse de bola, porém acabavam esbarrando na boa marcação do Maringá, que tentava aproveitar os contra-ataques sempre com muita velocidade e com certos espaços, mas também sem sucesso. Aos 36 minutos a primeira chance real de jogo foi criada pelos visitantes. Em mais uma boa chegada ao ataque, Denis Neves bateu cruzado e parou na defesa, na sobra Paulinho também finalizou e a zaga carioca conseguiu afastar. E a partir daí, o Maringá melhorou e começou a pressionar os mandantes. Aos 39 minutos, Paulinho chegou mais uma vez e bateu cruzado com muito perigo. Logo depois, em mais uma boa chegada, Bruno Batata também parou na zaga, e ainda teve reclamação de pênalti por parte dos Paranaenses. Mas enfim a pressão deu resultado, em bola cruzada na área, a zaga do Madureira vacilou e Bruno Batata subiu livre para abrir o placar e deixar o Maringá ir em vantagem para o intervalo da partida.

Time Paranaense não consegue matar o jogo e sofre castigo no fim

E a segunda etapa começou como terminou a primeira, com o Maringá pressionando muito. Logo no primeiro minuto de jogo, Vitinho e Bruno Batata obrigaram o goleiro Jonathan a fazer duas ótimas defesas. Logo no minuto seguinte, foi a vez de Paulinho fazer o goleiro do time carioca trabalhar. Na resposta do Madureira, aos 5 minutos, Douglas Lima recebeu livre na área e acertou a trave do goleiro Matheus. Assim como no 1º tempo, um jogo muito movimentado e com velocidade, mas desta vez o Madureira tentava aproveitar os contra-ataques e o Maringá conseguia manter mais a posse de bola. Aos 11 minutos, em mais um ótimo ataque do time Paranaense, Juba arriscou de fora da área e o Goleiro Jonathan fez mais uma linda defesa.

Enquanto o Maringá pressionava e ia parando em Jonathan, o time Carioca começava a levar mais perigo nos contra-ataques, e nas bolas paradas. Aos 30 minutos em mais um contra-ataque do Madureira, Rodriguinho saiu na frente a frente com o goleiro Matheus e acabou desperdiçando a chance chutando para fora. Na parte final da partida, com as alterações, o Madureira voltou a pressionar e começava a levar perigo principalmente nas bolas paradas. E aos 39 minutos, Pedrão recebeu lançamento longo, ganhou da marcação e empatou a partida. No fim do jogo, o Madureira ainda tentou pressionar, Douglas Lima e Naninho tiveram a chance de virar o jogo, mas ambos finalizaram mal e não conseguiram evitar o empate entre as equipes.

FICHA TÉCNICA
MADUREIRA-RJ 1X1 MARINGÁ FC

Madureira: Jonathan, Yan Silva, Alex Augusto, Thiago Medeiros e Ramon; Rogerio Xodó; Rezende(Lukinha); Luciano Naninho e Keven(Rodriguinho), Douglas Lima e Welber(Pedrão).
Técnico: Gilberto Coroa

Maringá: Matheus, Danilo, Robinho, Alex Fraga e Denis Neves; Carlão, Serrato, Juba e Vitinho(Lucão(DanDan)); Paulinho(Giba) e Bruno Batata.
Técnico: Fernando Marchiori

Local: Estádio Conselheiro Galvão, no Rio Janeiro (RJ)
Data/Horário: 05/05/2018, às 15h
Árbitro: Enoque Costa Pacheco (AP)
Assistentes: Inácio Barreto da Camara (AP) e Salmon Lopes da Silva (AP)

Público/Renda: 156 Pagantes | 218 Total | R$ 1.810,00

Cartões Amarelos: Pedrão e Yan Silva (Madureira). Danilo, Robinho e Paulinho (Maringá).

Gols: Pedrão aos 39′ 2º do tempo para o Madureira. Bruno Batata aos 44′ do 1º tempo para o Maringá.

Foto: Rodrigo Araújo/Maringá FC Oficial.

Siga em:
Operário enfrenta l
Ainda sem vencer, Ci

Futuro Jornalista, desde pequeno apaixonado por futebol, daqueles que costumam estudar histórias de clubes, competições, seleções, torneios, e tudo que esteja envolvido com futebol. Também costumo acompanhar todos os esportes em geral.

Classifique este artigo