Maringá FC se recupera de início ruim na Taça Dionísio Filho e aumenta expectativa para Taça Caio Júnior

Com duas vitórias, dois empates, duas derrotas e o total de oito pontos somados na Taça Dionísio Filho do Campeonato Paranaense, o Maringá FC terminou a primeira fase na quinta colocação do Grupo A e em sexto na classificação geral. Dentro do planejamento do clube, o time fez uma boa primeira fase, apesar de não ter conseguido avançar para as semifinais.

Bruno Batata é um dos artilheiros da competição com três gols. Foto: Rodrigo Araújo/Maringá FC Oficial.

O começo do ano não foi dos melhores para o treinador Fernando Marchiori. O time sofreu baixas antes e durante o Estadual, sendo a mais notória, a lesão no joelho do jovem promissor Júnior Prego, afastado dos gramados por sete meses no mínimo. Apesar de todas as adversidades, Marchiori montou um time competitivo para seguir em busca do maior objetivo do MFC, a permanência na elite. “Hoje conseguimos uma vitória muito importante na base da superação e diante de muitas dificuldades. São pontos que nos ajuda a permanecer na Série A e brigar por uma Série D ou até mesmo Copa do Brasil”, disse ele após a vitória sobre o CE União. O destaque do time no primeiro turno, foi o atacante Bruno Batata, artilheiro da competição com três gols.

De olho no segundo turno do Paranaense, o Tricolor maringaense realizará um jogo-treino na tarde desta quarta-feira (21), contra a Portuguesa Londrinense, no Centro de Treinamento do clube. A intenção é dar ritmo de jogo e observar os atletas que não aturam nos jogos anteriores. No dia 4 de março, o Maringá enfrenta o Coritiba, no Couto Pereira, pela primeira rodada da Taça Caio Júnior, o segundo turno do Campeonato Paranaense.

Série D

Na terça-feira (20), a CBF divulgou os grupos do Campeonato Brasileiro da Série D 2018. O MFC estará no Grupo A14, com Linense-SP, Madureira-RJ e Caldense-MG. A estreia acontecerá no Estádio Regional Willie Davids, contra a Caldense, no dia 21 ou 22 de abril.

Com o intuito de buscar o acesso na Série C de 2019, o time entrará forte na competição. “Caímos em um grupo muito forte, mas independente dos adversários, vamos buscar o acesso, temos um time com qualidade, traremos reforços e vamos sim lutar para conquistar o acesso para a Série C”, disse Marchiori. Segundo o diretor de futebol Paulo Regini, o MFC vai em busca de bons reforços para a disputa da Série D.

Foto: Rodrigo Araújo/Maringá FC Oficial.

Siga em:
Atuação impecável
Paranavaí perde pri

Maringaense, estudante de jornalismo. Apaixonado por futebol e esportes americanos. Além de escrever, faço locução para rádio. Vencedor não é aquele que vence, mas sim aquele que nunca para de lutar.

Classifique este artigo