Maringá FC divulga planejamento para o restante da temporada

O Maringá Futebol Clube anunciou em uma coletiva de imprensa, realizada no Centro de Treinamento do clube, o planejamento para o restante de 2018 e o início de 2019. O diretor de futebol, Paulo Regini e o diretor administrativo financeiro, Clério Júnior, participaram da entrevista.

Inicialmente, a coletiva foi marcada por elogios pelas campanhas realizadas desde o início da nova gestão (final de 2016). Neste período foram dois títulos, a Segunda Divisão do Campeonato Paranaense e a Taça FPF Sub-23, ambos em 2017. Neste ano, o Tricolor terminou na quarta posição do Estadual e foi eliminado na segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D.

Segundo Clério Júnior, o time estava preparado caso não obtivesse êxito na conquista da vaga para a Série C. “Trabalhamos com planejamento em todas as possibilidades, tanto com o acesso, que era nosso objetivo, quanto com uma desclassificação antecipada. A rescisão dos contratos dos atletas, quitação das dívidas e manter o clube em atividade fora de campo nesse período, já estavam previsto, mesmo se chegássemos à final, que seria no dia 6 de agosto”, revelou.

Permanecem no MFC, os jogadores João Pedro, Luan, Júnior Prego, Dandan, Chimbinha, Borges, Everton e Lélo. Sem jogos oficiais até o fim do ano, o restante dos atletas foram liberados do clube.

O diretor Paulo Regini falou sobre o assunto. “Infelizmente o calendário não nos deixa manter contratos com todos os atletas que temos interesse para o ano que vêm. De qualquer forma, no período em que iniciarmos as contratações, os contatos serão refeitos. Tenho certeza que se a inscrição para a Série C não acabasse hoje, vários jogadores seriam contratados por outras equipes para essa temporada por causa do bom trabalho que fizeram aqui”, explicou.

O treinador Fernando Marchiori passando instruções no treino. Foto: Rodrigo Araújo/Maringá FC Oficial

Em contrapartida, o Tricolor negocia a permanência da comissão técnica para dar continuidade ao trabalho. “Queremos contar com o Fernando para o ano que vem, já estamos em negociação e nos próximos dias teremos a definição”, disse Paulo Regini.

A ideia inicial é de que a pré-temporada para 2019 comece em novembro, com o elenco fechado.

Durante a coletiva, foi colocado em pauta a quitação da dívida das gestões anteriores e a criação de uma empresa privada para administrar o MFC. Essa empresa será uma S.A, detentora do direito de explorar a marca Maringá Futebol Clube. Ela será formada pelos atuais investidores com possibilidades de entradas de novos investidores.

Para finalizar a entrevista, o diretor financeiro revelou que o Maringá planeja criar ações fora de campo. “Estamos com um cronograma de atividades durante esse período sem competição profissional, como a realização de vários workshops de diversos assuntos voltados ao esporte, a campanha do novo mascote, do novo uniforme e ações sociais com a comunidade. Tudo isso também pensando nas entregas comerciais aos nossos patrocinadores, que possuem contratos anuais com o clube”, afirmou Clério Júnior.

As categorias de base do Tricolor Maringaense continuam a todo vapor. As atividades dentro de campo, ficam por conta dos times sub-15, sub-17 e sub-19, que estão disputando o Campeonato Paranaense.

Números do Maringá 2017/2018          

Temporada2018
Jogos20
Vitórias7
Empates6
Derrotas7

 

Temporada2017/2018
Jogos52
Vitórias27
Empates13
Derrotas12

O treinador Fernando Marchiori tem o aproveitamento de 64% em um total de 61 jogos comandando o Maringá FC, desde a sua primeira passagem, em 2015.

Campeonato Paranaense Sub-15, Sub-17 e Sub-19

Jogadores do Sub-15 comemorando o gol. Foto: Fernando Teramatsu

O Tricolor Maringaense Sub-15 venceu o CE União por 2 a 0, com gols de Calebe Siqueira e Emanuel. O Sub-17 goleou o Campo Mourão por 4 a 0, com três gols de Felipe Becegato e um de Leonardo Previato. Já o Sub-19 foi derrotado por 1 a 0 pelo REC de Rolândia.

Pelo Sub-15, o Maringá lidera o Grupo A com nove pontos em três jogos. No Sub-17, o time ocupa a terceira colocação do Grupo A com seis pontos em três jogos. E no Sub-19, a segunda colocação do Grupo B, com 10 pontos.

O ex-jogador e diretor do Sub-15 e Sub-17, Alex Santos. Foto: Facebook/Maringá FC

Analisando as equipes Sub-15 e Sub-17, o diretor e ex-jogador Alex Santos, revelou que os times estão tendo uma excelente performance dentro da competição. “Esse é nosso primeiro ano disputando um Paranaense e estamos muito bem, ainda mais levando em conta que jogamos contra times que já disputam essa competição há anos. Sem dúvida é só o começo e aqui já estamos realizando o sonho de muitas crianças”, disse.

Para o diretor Nascimento, do Sub-19, está faltando o time repetir o bom futebol apresentado no início do campeonato. “Esse talvez foi nossa pior partida na competição e isso é normal acontecer, vai ter um dia que não estaremos em um bom dia. Mas estamos fazendo uma excelente campanha, em segundo lugar do grupo e temos um time de muita qualidade, tenho certeza que logo teremos atletas do sub-19 jogando no profissional do Maringá”, afirmou.

No próximo sábado (23), o Sub-15 enfrenta o Foz do Iguaçu e o Sub-17 o Arapongas, ambos os jogos fora de casa. O Sub-19 recebe a Portuguesa Londrinense, no CT do Maringá.

Foto principal: Rodrigo Araújo/Maringá FC Oficial

Siga em:
Futebol das Estrelas
Após 10 anos, João

Maringaense, estudante de jornalismo. Apaixonado por futebol e esportes americanos. Além de escrever, faço locução para rádio. Vencedor não é aquele que vence, mas sim aquele que nunca para de lutar.

Classifique este artigo