Maringá FC confirma o primeiro reforço para 2019

Na manhã desta quarta-feira (24), a diretoria do Maringá Futebol Clube confirmou em seu site oficial o primeiro reforço para a temporada de 2019. Trata-se do zagueiro Alex Fraga (32 anos), que renovou contrato com o MFC por mais um ano. Um dos destaques do time na temporada, o “beque” marcou seis gols, sendo cinco no Campeonato Paranaense e um no Brasileirão da Série D. Além disso, vestiu o Manto Maringaense em todas as partidas de 2018, somando um total de 1884 minutos em campo.

O zagueiro revelou estar contente com a permanência no time e salientou que o objetivo para a próxima temporada é realizar um ano melhor do que 2018. “Estou feliz que deu certo a renovação, porque era uma vontade minha e também do clube. Tive um bom ano em 2018, mas espero que 2019 seja ainda melhor para mim e principalmente para o Maringá. Aqui me sinto em casa, é um clube que me acolheu e que tem uma torcida que sempre me apoiou”, disse.

Apelidado pela torcida como “Xerife Tricolor”, Alex Fraga além de demonstrar segurança na defesa, ajudou no ataque, sendo um dos artilheiros do time. “Os gols foram consequências de um bom trabalho e muito treinamento, mas não estava acostumado a marcar tantos assim, não sabia nem comemorar”, revelou.

Segundo ele, o mais importante é ter consistência na defesa, mas espera balançar as redes novamente em 2019.
O jogador que chegou ao Maringá em dezembro de 2017, renovou o contrato até o fim do Brasileirão da Série D de 2019. Com isso, o elenco do Tricolor conta com cinco jogadores até o momento:

Lateral-Esquerdo: Júnior Prego
Zagueiro: Alex Fraga
Atacantes: Everton, Dandan e Chimbinha

As negociações seguem a todo vapor e segundo o diretor de futebol, Paulo Regini, a partir da próxima semana novos jogadores devem ser anunciados, incluindo atletas da base promovidos para o time principal. A pré-temporada está marcada para iniciar no dia 03 de dezembro, no Centro de Treinamento do Tricolor Maringaense.

Diretoria do Maringá pediu mudança na tabela de jogos. Foto: Divulgação

Arbitral do Campeonato Paranaense 2019

O Maringá FC participou na manhã da terça-feira (23), do arbitral do Campeonato Paranaense 2019, realizado pela Federação Paranaense de Futebol. O clube foi representado pelo presidente João Regini, o diretor de futebol Paulo Regini e o supervisor Haroldo Ferreira.

Com o mesmo formato do campeonato disputado esse ano, o Tricolor fará parte do Grupo A, ao lado de Atlético Paranaense, Foz do Iguaçu, Londrina, e Operário. No Grupo B, estarão Coritiba, Paraná Clube, Cianorte, FC Cascavel, Cascavel CR e Rio Branco.

Na primeira taça (1º turno), intitulada como Barcímio Sicupira, ídolo do Furacão, o Grupo A enfrentará o Grupo B. Já na segunda taça (2º turno), que recebe o nome do ídolo do Coxa, Dirceu Krüger, os times se enfrentam dentro de cada grupo. Na reunião, um dos pedidos dos diretores do MFC, foi a mudança na tabela de jogos, que será divulgada no dia 20 de novembro. “A tabela de jogos foi cruel com o Maringá esse ano. Não tivemos um jogo em casa contra as grandes equipes do Estado, além de duas partidas seguidas fora de casa no início da competição”, falou o presidente João Regini.

Nas primeiras rodadas do Paranaense de 2018, o MFC perdeu para o Atlético PR, jogando na Arena da Baixada e para o rival Londrina, no Estádio do Café.

O presidente concluiu dizendo que o clube está ganhando moral com o decorrer do tempo dentro da FPF. “O arbitral foi bom e o Maringá Futebol Clube já possui uma história no futebol paranaense. Ano a ano estamos sendo respeitados pelos clubes e pela própria Federação, pelo trabalho que estamos realizando dentro e fora de campo. Esperamos que eles (Federação) analisem a tabela do último campeonato para ter uma melhor elaboração para a do ano que vem.”
No acordo das cotas de TV, Coritiba, Paraná Clube e Londrina receberão os maiores valores. O Maringá FC receberá R$ 375 mil, da RPC, dona dos direitos de transmissão do Estadual.

O início do Campeonato Paranaense está marcado para o dia 20 de janeiro, com a final para o dia 3 de abril de 2019.

Torcedor que quiser pode ajudar na escolha do nome do mascote. Foto: Divulgação

Mascote

O Maringá Futebol Clube, representado pelo seu novo mascote, o “Cachorro”, assinou uma parceria com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Bem Estar Animal, para combater os maus-tratos. O acordo visa a criação de um plano de políticas públicas para conscientizar a população sobre os cuidados com os animais.

O MFC fica responsável pelo auxílio no controle da natalidade, por meio da castração e a fiscalização na aplicação de infrações para quem descumprir a lei nº 10.467/2017. O clube pretende também apoiar outros movimentos relacionados ao cuidado animal.

O diretor de marketing, João Vitor Mazzer, revelou que o objetivo é tornar o mascote uma referência, através das ações sociais realizadas junto com a Prefeitura e ONGs.

Para o torcedor que quiser ajudar na escolha do nome do mascote, a votação está disponível no site https://pt.surveymonkey.com/r/mascotemaringafc, até o dia 12 de novembro. As opções são Cachorrão, Valente, Dogão ou Prensado.

Foto: Rodrigo Araújo/Maringá FC Oficial

Siga em:
A primeira fase dos
Craques do Instagram

Maringaense, estudante de jornalismo. Apaixonado por futebol e esportes americanos. Além de escrever, faço locução para rádio. Vencedor não é aquele que vence, mas sim aquele que nunca para de lutar.

Classifique este artigo