Mais um ano que se foi

O ano de 2018 vai chegando ao fim e como sempre esse é um período de avaliação e reflexões. Pensando no nosso futebol paranaense neste ano que passou, com certeza, tem muita coisa na memória do torcedor.

Podemos dizer que esse foi o ano dos extremos? Altos e baixos? Ou de muitas conquistas? Alguns podem concordar, outros não. Porém, o intuito aqui neste momento não é apontar caminhos e nem fórmula de sucesso, mas sim, repassar brevemente o que passamos ao longo desse ano.

Portanto, não podemos deixar de lembrar de grandes feitos do futebol paranaense em 2018. O Atlético-PR, ou melhor, Athletico Paranaense conquistou a América do Sul, título que elevou o nível clube, resultado de um trabalho e planejamento que não acontece da noite para o dia, isso não é novidade, todo mundo sabe. 

A quem também não devemos deixar passar a memória é o Operário Ferroviário. Campeão Brasileiro da Série C, o Fantasma é só orgulho para seu torcedor. No próximo ano terá o desafio de uma Série B, junto com Londrina, Coritiba e Paraná Clube. Ah, e lembrando que na Série B 2018, o artilheiro foi o atacante Dagoberto, do Londrina, com 17 gols.

Tivemos ainda pela Copa do Brasil, o Cianorte, que foi até a terceira fase sendo eliminado pelo Internacional-RS. Já o Maringá FC avançou pela primeira vez para a segunda fase do Brasileirão da Série D. Quem conhece de perto a realidade dos clubes, em especial, do interior, de menor aporte, sabe que o que parece pouco, é uma grande conquista rumo ao fortalecimento do futebol do Estado.

Por isso, outras conquistas em nível estadual também devem ser lembradas. O Nacional de Rolândia, campeão da Terceirona e o Apucarana Sports, vice campeão, mostraram que é possível fazer um trabalho com dignidade, levar a torcida para o estádio, mesmo quando a competição beira o nível amador. 

Na Segundona Paranaense, o Operário Ferroviário, campeão, sobrou na competição. Porém, o trabalho dos demais clubes também foi destaque.

É claro que, o ano não foi bom para todos os torcedores. Em especial, Coritiba e Paraná Clube precisam fazer valer o amor incondicional de suas respectivas torcidas. E outros clubes no interior, como o Arapongas EC, também deixaram a desejar com sua torcida. É aprender com 2018. A gente torce por vocês!

Por fim, mas não menos importante, alguns retornos confirmados como a Associação Atlética Iguaçu, uma possibilidade do JMalucelli voltar as atividades, novos clubes se filiando

Não tivemos Taça FPF, o que é uma pena. Essa competição dava um bom fôlego e alento para muitos torcedores que querem mais futebol, além do Campeonato Paranaense.

Da nossa parte, também entendemos que deixamos a desejar. São oito anos acompanhando o futebol paranaense, sempre com muita dificuldade, sem apoio, fazendo isso aqui, simplesmente porque a gente gosta. E queremos mais! Então, por favor, futebol paranaense seja em 2019 motivo de muita paixão!

Equipe Redação em Campo

Siga em:
Torcedores órfãos:
Boas Festas!!

O Redação em Campo é um portal de notícias voltado aos assuntos do futebol paranaense. É produzido por jornalistas, estudantes e profissionais da área de comunicação. Porque o Futebol Paranaense é a nossa paixão!

Classifique este artigo