Já classificado, Nacional AC quer manter o foco na Terceirona

Após a última rodada e a vitória dentro de casa sobre o Arapongas EC, o Nacional AC de Rolândia garantiu a classificação as semifinais da Terceirona do Paranaense com duas rodadas de antecedência. O foco agora é brigar pelas primeiras colocações, tendo uma partida dentro de casa e outra fora ainda por disputar nesta primeira fase.

Mesmo tendo já garantido a classificação, o técnico Índio Ferreira não quer saber de tranquilidade com isso e sempre cobra a concentração do elenco. “Uma tranquilidade não, mas uma certa confiança para o próximo compromisso isso sim, essa competição tu nunca fica tranquilo, sempre se tem uma surpresa desagradável, por isso, eu sempre converso com o grupo de atletas, que o nível de concentração tem que ser sempre”, afirmou o comandante do NAC.

O clube de Rolândia vinha de uma primeira derrota na Terceirona, diante do Grêmio Maringá e voltou a vencer no último compromisso, dentro de casa contra o Arapongas EC. O treinador Índio falou que tiveram uma semana preocupante, mas que no final resultou em vitória. “Nós tivemos uma semana bastante preocupante pelo fato do time ter sido derrotado pelo Grêmio Maringá, o grupo não aceitou aquela derrota, então eu procurei trabalhar muito a parte psicológica dos atletas, pois eles queriam muito que chegasse logo o jogo contra o Arapongas EC e era muito nítido a ansiedade que eles estavam no dia-a-dia e nos treinamentos. Mas como eu sabia que essa ansiedade tinha dois lados, um era entrar querendo resolver e ser surpreendido e o outro era jogar com inteligência e ter controle das ações do adversário e graças a Deus eles foram perfeitos”, declarou o comandante do Nacional AC.

O próximo confronto do NAC será novamente diante do torcedor, no Estádio Érich George, em Rolândia, no domingo (14), às 15h30, contra o Verê FC. O adversário ainda está com chances de classificação, então Fereira prega respeito ao clube do sudoeste paranaense. “Verê FC tem chances de classificação, então será um jogo muito difícil mais uma vez”, enfatizou o técnico. Índio disse que pode mexer na equipe para este confronto, pois tem um grande elenco com comprometimento, a mudança pode ser na maneira de atuar ou com peças sendo trocadas.

O Nacional AC já está classificado as semifinais da Terceirona. Foto: Nacional AC Oficial.

 

Nos últimos dias saiu muitas informações sobre uma possível desistência do Arapongas EC na competição e que isso pode afetar diretamente na classificação final do clube de Rolândia, pois segundo o regulamento da Terceirona, em caso de desistência, todos os pontos ganhos contra o time que saiu da competição são retirados. No caso do NAC, que venceu na última rodada o clube Alviverde, perderia três pontos na classificação final. Índio disse que a diretoria está atenta ao que acontece nos bastidores, mas que os atletas não têm que se preocupar com isso. “Eu acredito que pelo fato do Arapongas folgar essa rodada, muitas coisas estão se resolvendo nos bastidores, até porque o nosso jogo tem importância direto dentro da tabela. Mas eu já passei para os nossos atletas, que não temos nada com o problemas dos outros e sim, com os nossos”, disse o treinador.

Com a classificação garantida as semifinais, o clube busca ficar entre os dois primeiros para fazer a decisão do acesso e de uma vaga na final diante dos seus torcedores. O comandante do Nacional AC disse que para ele jogar dentro ou fora de casa nessas situações não tem muita importância e destacou fatos sobre sua carreira. “Não tenho problemas nenhum em jogar fora ou em casa em uma final, o importante é que a gente cheque com força, inteligência e muita competência pra decidir e conquistar. Na minha época de atleta, disputei oito títulos e os mais importantes deles, foram fora de casa na segunda partida. É bom decidir em casa com o apoio do teu torcedor”, finalizou Índio Ferreira.

Foto: Nacional AC Oficial.

 

Siga em:
Penúltima rodada do
Toledo vence Imperia

Jornalista, formado na Unopar em 2015. Nasci e moro em Londrina. Apaixonado por esportes. Gosto de praticar aquele futebolzinho de final de semana. Futebol não é apenas um esporte, mas sim uma forma de viver.

Classifique este artigo