Iguaçu, de União da Vitória e mais dois clubes se filiam a Federação Paranaense de Futebol

A Federação Paranaense de Futebol (FPF) homologou neste mês de dezembro a filiação de três clubes para a participação em competições de base e profissional. O destaque fica por conta da Associação Atlética Iguaçu, de União da Vitória, que não participa de uma competição oficial desde 2009.

No último dia 10 de dezembro, na sede da Federação Paranaense de Futebol (FPF), o presidente da entidade, Hélio Cury homologou a filiação de três equipes paranaenses para que em 2019 disputem os campeonatos de base e profissional. De União da Vitória, a Associação Atlética Iguaçu; de Marmeleiros, sudoeste do Estado, o Azuriz Futebol de Alta Performance Ltda.; e de Araucária, região metropolitana da capital, o Araucária Esporte Clube.

Associação Atlética Iguaçu

Fundada em 1971, o clube de União da Vitória não disputa uma competição oficial desde a elite do Paranaense de 2009, quando foi rebaixado e por vários problemas, ficou afastado por nove anos, até conseguir novamente o direito de disputar competições. 

Além de todos os trabalhos feitos nos últimos anos pela diretoria da Pantera do Vale, foram promoções, contribuição de torcedores e outros tipos de apoio, para que o clube pudesse estar em dia com a FPF. “Teve um grupo formado, os ‘Amigos do Iguaçu’, como o clube estava cheio de ações, não teria como arrecadar dinheiro nenhum, o grupo começou um projeto como se fosse um sócio-torcedor, onde resgatamos o clube”, destacou Rodrigo Bostelmann, um dos diretores do A. A. Iguaçu.

“Tínhamos o valor para o pagamento da CBF, mas nos últimos dias surgiu uma promissória que tivemos que pagar, agora correr atrás do valor que falta”, afirmou o presidente do A. A. Iguaçu, José Luiz Ruski. 

Fora de campo, outras ações também já estão sendo feitas há algum tempo, como a reforma das secretárias do clube, onde quando a nova diretoria assumiu em agosto de 2017, o Iguaçu não tinha nenhum móvel, tudo foi adquirido após este período.

Essa era a sede da secretaria do clube quando a atual diretoria assumiu. Foto: A. A. Iguaçu Oficial

Com menos de um ano e meio, toda a sede foi restaurada e está pintada nas cores do clube. Foto: A. A. Iguaçu Oficial.

As reformas também estão acontecendo no Estádio Antiocho Pereira, casa da Pantera do Vale. “A Federação Paranaense antes de filiar o clube, fez uma vistoria no estádio, o local ainda está em um canteiro de obras, mas a FPF aprovou o estádio, pois a obra já está em estágio avançado”, enfatizou Bostelmann, que os custos da reforma ficaram em torno de R$ 1,3 milhões e a previsão de entrega é para os primeiros meses de 2019.

Com toda a cobertura já trocada e várias reformas acontecendo no Estádio Antiocho Pereira. Foto: Rodrigo Bostelmann.

Além das arquibancadas, cabines de imprensa, banheiros e vestiários estão sendo totalmente reformados. Foto: Rodrigo Bostelmann.

Azuriz Futebol de Alta Performance Ltda.

Da cidade de Marmeleiro, de aproximadamente 13 mil habitantes, sudoeste do Paraná, vizinha a Francisco Beltrão, surge o Azuriz Futebol de Alta Performance Ltda. um clube-empresa que busca espaço principalmente nas categorias de base. 

O objetivo inicial é disputar as competições de base nas categorias sub-13, sub-15 e sub-17, para revelar jogadores no âmbito nacional e internacional. Além de ter um projeto para o CT do clube, que inicialmente terá a entrega oficial para abril de 2019, sendo um dos top 10 do Brasil. 

Projeto do CT do Azuriz Futebol de Alta Performance Ltda., da cidade de Marmeleiro (PR), que deve ser entregue em abril de 2019 e segundo dirigentes, estar entre os top 10 do Brasil. Foto: Divulgação/ Azuriz Oficial.

Araucária Esporte Clube

Da região metropolitana de Curitiba, surge o Araucária Esporte Clube, que já alguns anos busca a homologação, que saiu agora em 2018. Nos últimos dias, o clube já iniciou a capitação de atletas para as categorias sub-15 e sub-17, já que para disputar uma competição profissional, o AEC precisa disputar ao menos um categoria de base.

O Araucária EC está fazendo as avaliações no Estádio Municipal Emílio Gunha (CSU), onde a equipe também deve mandar suas partidas oficiais. A homologação foi muito comemorada entre os dirigentes do clube.

Foto: A. A. Iguaçu Oficial.

Siga em:
Torcedores Órfãos:
Foz Cataratas e Athl

Jornalista, formado na Unopar em 2015. Nasci e moro em Londrina. Apaixonado por esportes. Gosto de praticar aquele futebolzinho de final de semana. Futebol não é apenas um esporte, mas sim uma forma de viver.

Classifique este artigo