17 de December de 2017 5:16:57

FC Cascavel arranca empate diante do Maringá na partida de ida da final da Taça FPF

Neste domingo (29) aconteceu o primeiro jogo da final da Taça FPF Sub-23, competição que dá ao campeão uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro de 2018. E na partida de ida disputada no Estádio Olímpico Regional, em Cascavel, empate em 2 a 2 entre FC Cascavel e Maringá.

A equipe maringaense esteve duas vezes a frente no placar, mas a Cobra chegou ao empate aos 35 minutos do segundo tempo, levando a decisão para o próximo domingo, dia 5 de novembro, quando as duas equipes voltam a se enfrentar desta vez no Estádio Willie Davids, em Maringá. Como o gol fora de casa não é critério de desempate, qualquer empate em Maringá leva a disputa para os pênaltis.

Jogo movimentado com o Maringá na frente

A primeira grande chance da partida foi do FC Cascavel. Aos 11 minutos, Elivelton tentou o cruzamento na área numa cobrança de falta pela direita, a bola mudou de direção e o goleiro Júnior, teve que retornar para o gol e se esticar todo e espalmar para cima, salvando a equipe do Maringá. Só que um pouco depois, aos 13, o Maringá abriu o placar no Olímpico Regional. Danilo chutou de fora da área, a bola desviou em Murilo e foi parar nas redes, para a festa dos jogadores do time maringaense.

O FC Cascavel tinha uma arma nas bolas paradas e quase chegou ao empate com Elivelton. O lateral cobrou a falta com a canhota mandando por cima da barreira e a bola acabou passando perto, a esquerda do goleiro Júnior. Mas aos 20, a equipe do oeste do estado deixou tudo igual na bela jogada de Oberdan pela direita, que deu o passe para André e de primeira cruzou na pequena área para Kiko chegar chutando no fundo do gol, era o empate da Cobra dentro da sua casa.

Perigoso, o Maringá voltou ao ataque e teve um pênalti ao seu favor aos 34 minutos. Dandan cruzou na área e Murilo esticou o braço desviando a trajetória da bola, o árbitro Fabio Filipus acabou marcando a penalidade máxima. Alef foi para a cobrança e tentou o canto direito, Lucas fez a defesa, mas no rebote Everton foi mais esperto que todo mundo e mandou para o gol, colocando o time da cidade canção novamente a frente no marcador.

Cobra chega ao empate

Na volta do intervalo, logo aos 2 minutos da etapa complementar, o Maringá quase fez o terceiro na bela cobrança de falta feita por Canário na área, Pedrão testou forte e a bola acabou passando muito perto, a esquerda do goleiro Lucas. Aos 15, novo levantamento para os maringaenses e Canário cobrou novamente na área, Gilberto tentou o cabeceio, mas não alcançou o suficiente para o desvio.

O jogo caiu um pouco de intensidade, com muitas faltas e por conta das paradas para as substituições de jogadores nas duas equipes. O FC Cascavel voltou para o jogo após chegar ao empate aos 33 minutos. Elivelton cobrou a falta na área, o zagueiro do Maringá Pedrão desviou para o próprio gol e o time da casa chegou novamente a igualdade no placar. Aos 37, quase a virada com o zagueiro Murilo, que cabeceou firme após escanteio fazendo a bola passar muito perto da meta.

FICHA TÉCNICA
FC CASCAVEL 2 X 2 MARINGÁ FC

FC Cascavel: Lucas; Gasperin (Vagner), Murilo, Andrade e Elivelton; Tubarão (Pedro Júnior), Índio e Oberdan; André (Bitelo), Kiko e Hyago.
Técnico: Rodrigo Cabral.

Maringá: Júnior; Danilo, Gilberto, Pedrão e Prego (Jardiel); Diogo, Everton (Júnior Alves), Canário, Lucão e Dandan; Alef (Ítalo).
Técnico: Fernando Marchiori.

Local: Estádio Municipal Arnaldo Busato (Olímpico Regional), em Cascavel.
Data/Horário: 29/10/2017, às 11h05.
Árbitro: Fabio Filipus.
Assistentes: Rafael Trombeta e João Fábio Machado Brischiliari.

Público: 3.335 total.
Cartões amarelos: Índio, Elivelton e Andrade (FC Cascavel). Prego e Gilberto (Maringá).
Gols: Kiko aos 20’ do 1º tempo e Pedrão (contra) aos 33’ do 2º tempo para o FC Cascavel.. Danilo aos 13’ e Everton aos 35’ do 1º tempo para o Maringá.

Foto: Maringá FC Oficial.

Siga em:
Atlético-PR e Chape
Na briga pela lidera

<p>Jornalista formado pela na Universidade Tuiuti do Paraná. Começou como estagiário em 2005 no jornal Folha de Guaratuba, onde atuou até 2007. Desde 2012 no Redação em Campo. Em 2013 passou a cobrir o Paraná Clube. Além de ser apaixonado por futebol, também acompanha vôlei, basquete, tênis e automobilismo. Voluntário da FIFA na Copa 2014.</p>

Classifique este artigo