24 de February de 2018 9:50:37

“Faltou competência e tranquilidade para matar o jogo”, afirma Marchiori, técnico do Maringá FC

Jogando para mais de mil pessoas no Estádio Regional Willie Davids, o Maringá FC empatou em 1 a 1 com o Rio Branco, resultado que eliminou as chances do time de avançar para as semi-finais da Taça Dionísio Filho do Campeonato Paranaense.  No Grupo A, o Foz do Iguaçu lidera com 11 pontos, em segundo, o Cianorte com nove, Coritiba em terceiro, com oito, FC Cascavel em quarto, com sete, Maringá em quinto e Paraná em sexto, somam cinco pontos.

Após o término da partida, os jogadores lamentaram o empate em casa, tendo em vista que o time teve mais posse de bole e criou várias oportunidades de gol. Para o técnico Fernando Marchiori, faltou o time acertar nas finalizações para sair de campo com a vitória. “Não fizemos um primeiro tempo como queríamos, mesmo criando algumas oportunidades, nossa intensidade não foi o que gostaríamos. Eles jogaram por uma bola e conseguiram o gol. No segundo tempo já tivemos várias chances que foram desperdiçadas, pelo menos umas quatro. Infelizmente quando estamos tendo as chances, não estamos matando e isso está fazendo falta”, disse ele em entrevista coletiva.

Próxima rodada

O Maringá cumpre tabela na última rodada do primeiro turno do Paranaense. Jogando no WD, o time recebe o União de Beltrão, quarta-feira (14), ás 21h45. Para esse jogo, a diretoria realizará uma promoção nos ingressos. Todos os setores do estádio estarão com os valores de R$ 24,00 inteira e R$ 12,00 meia.

Foto: Rodrigo Araújo/Maringá FC Oficial.

Siga em:
Após vitória, Sand
Com empate na estrei

Maringaense, estudante de jornalismo. Apaixonado por futebol e esportes americanos. Além de escrever, faço locução para rádio. Vencedor não é aquele que vence, mas sim aquele que nunca para de lutar.

Classifique este artigo