17 de December de 2017 5:48:57

Fabrício perde pênalti e Atlético-PR é derrotado pelo Avaí em Florianópolis

O Atlético-PR foi a Florianópolis enfrentar o Avaí pela penúltima partida da temporada, precisando da vitória o Furacão entrou em campo na  37ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro buscando uma vitória para ainda sonhar em participar da Libertadores do ano que vem. De última hora Fabiano Soares teve uma baixa no elenco, Guilherme foi vetado pelo departamento médico e nem foi para o banco de reservas, para o seu lugar o treinador atleticano apostou em Rossetto para articular as jogas. Outra aposta do treinador foi a manutenção de Douglas Coutinho centralizado e colocando Pablo e Lucas Fernandes pelas pontas, completando o quarteto ofensivo.

As mudanças no comando de ataque do Atlético-PR não deram resultados e com o gol marcado por Maicon no primeiro tempo, o Furacão foi derrotado pelo Avaí, e não tem mais chances de chegar ao G7, e praticamente dá adeus à Libertadores.

Ataque inofensivo

Com as duas equipes precisando da vitória Atlético-PR e Avaí começaram  partida postados na defesa e buscando contra ataques. A primeira chegada foi do time da casa, Judson recebeu na entrada da área e chutou por cima do gol de Weverton. O Avaí chegou novamente com perigo com Maurinho que obrigou W12 fazer uma bela defesa salvando o Furacão.

O Atlético-PR perdeu Lucho González aos 13 minutos da etapa inicial, o argentino sentiu lesão e deixou o campo, Fabiano Soares colocou o também volante Eduardo Henrique no jogo e logo dois minutos depois o Avaí, que levava mais perigo, abriu o placar com o experiente Maicon, o lateral direito catarinense que recebeu passe de Pedro Castro  e mandou com efeito para as redes do goleiro Weverton. O Furacão só foi obrigar o goleiro Douglas a trabalhar aos 20 minutos com uma cabeçada de Eduardo Henrique, após cruzamento de Coutinho.

O setor ofensivo do Furacão não funcionou na primeira etapa da partida, os jogadores atleticanos não conseguiram articular suas jogadas e só chegavam ao gol do goleiro catarinense com bolas aéreas, ou chutes de fora da área. Após o gol do Avaí, foram vistos muitos passes errados e faltas, porém pouco futebol.

Mais um pênalti perdido

Atrás no placar, o Atlético-PR voltou para o segundo tempo com Sidcley no lugar de Pavez, com a entrada do camisa 8, Eduardo Henrique voltou a jogar como primeiro volante, Rosseto na ligação, Pablo como falso camisa 10 e Sidcley na ponta esquerda. A mudança surtiu efeito e o Furacão na raça, mais que na técnica,  buscava seu gol de empate.

O Furacão teve sua melhor chance para empatar a partida nos pés do lateral Fabrício em cobrança de pênalti, porém o camisa 87, isolou a bola. No lance da penalidade Sidcley sofreu falta de Alemão, o zagueiro sofreu a pior e até mesmo a ambulância entrou no gramado para atendimento do catarinense.

Na tentativa de empatar a partida Fabiano Soares colocou Felipe Gedoz no lugar do Lucar Fernandes, mas foi o Avaí que quase ampliou o placar, aos 29 cobrança de escanteio e Alemão cabeceia forte obrigando Weverton a fazer uma bela defesa. Em resposta o Atlético-PR também chegou em jogada de bola parada, mas Judson tira em cima da linha.

Com a derrota o Atlético-PR continua com 48 pontos mas caiu para 12ª posição na tabela. Com os resultados da rodada, o Furacão não consegue mais chegar ao G7, e vê o G9 muito distante. Na última rodada o rubro negro precisará vencer o Palmeiras na Arena e ainda contar com resultados favoráveis no complemento desta e da próxima rodada.

FICHA TÉCNICA
AVAÍ 1X0 ATLÉTICO-PR

Avaí: Douglas, Maicon, Alemão, Betão e João Paulo; Judson, Pedro Castro, Maurinho (Leandro Silva), Marquinho (Romulo) e Luanzinho; Lourenço (Simião).
Técnico: Claudinei Oliveira.

Atlético-PR: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Fabrício; Pavez (Sidcley) e Lucho González (Eduaro Henrique); Pablo, Matheus Rossetto e Lucas Fernandes (Felipe Gedoz); Douglas Coutinho.
Técnico: Fabiano Soares.

Local: Ressacada, em Florianópolis (SC).
Data/Horário: 26/11/2017, às 17h00.
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA – GO).
Assistentes: Bruno Raphael Pires (FIFA – GO) e Leone Carvalho Rocha (GO).

Público|Renda: 13.394 total | R$ 227.020,00
Cartão amarelos: Betão, Judson e Pedro Castro (Avaí); Jonathan (Atlético-PR)
Gols: Maicon aos 15′ do 1º tempo para o Avaí.

Foto: Arquivo/ Atlético Paranaense Oficial.

Siga em:
Coritiba perde de vi
Operário antecipa p

<p>Jornalista, aficionado por esportes, encontrei na profissão um meio de estar mais próximo deste universo.</p>

Classifique este artigo