21 de August de 2017 11:42:28

“Estarei pronto para ajudar sempre que necessário independente da situação do jogo” declara Daniel após estreia pelo Coritiba

O meia Daniel finalmente estreou com a camisa do Coritiba nesta temporada. Foi na derrota da equipe para o Londrina por 1 a 0, no Estádio do Café, pela última rodada do Campeonato Paranaense. Em entrevista ao Redação em Campo, o atleta comentou sobre a oportunidade de entrar no time, sua parte física e técnica, bem como o relacionamento com o treinador Pachequinho e demais jogadores.

Apesar de atuar apenas os últimos minutos, entrando aos 38 do segundo tempo, não incomodou Daniel que se diz satisfeito pela estreia. “Feliz por ter estreado, apesar do resultado. Foi uma estreia difícil por estarmos com um jogador a menos, num campo pesado, mas agradeço a oportunidade. Estarei pronto para ajudar sempre que necessário independente da situação do jogo. Espero sim ter uma sequencia porque sei que posso ajudar e quanto mais ritmo de jogo tiver, mais vou estar condicionado para poder fazer a diferença”.

O jogador de 23 anos, que chegou ao Alto da Glória em fevereiro havia sido relacionado apenas duas vezes, antes da sua estreia frente ao LEC, porém isto não tirava o sono de Daniel. “O fato de eu ter estrado antes pelo Coritiba não me incomodava. Claro que queria estar sempre ajudando dentro de campo, mas ainda não estava no meu melhor. Então realmente, o melhor para mim seria me preparar mais”. Para Pachequinho, o meia do Verdão se encontrava fora da forma ideal e precisava melhorar sua parte física e técnica, pois estava há algum tempo sem jogar. Hoje o atleta se considera muito bem fisicamente. “Realizei um trabalho físico forte de preparação física no Coritiba e hoje me sinto 100% fisicamente e tecnicamente para jogar. Considero-me pronto e estava louco para estrear e ajudar a equipe”.

Atleta esperar ajudar ainda mais o elenco Alviverde. Foto: Coritiba Oficial

Daniel que chegou há pouco tempo no Alviverde esta se adaptando a maneira de trabalho do técnico interino Pacheco e o relacionamento com o professor e o elenco tem sido agradável nestes mais de um mês no clube. “Fui bem recebido pelo grupo e a cada dia me sinto mais à vontade. Pachequinho também tem me ajudado bastante. Procuro sempre ouvi-lo pra evoluir e poder ajudar”. Ajuda e evolução: estas serão umas das principais características que o Coritiba irá precisar nesta próxima fase de competição, e o meia espera ajudar a equipe nos seus principais atributos, que são a objetividade e os chutes a gol. “Minha principal característica é a objetividade. Busco sempre jogadas que possam resultar em gol. Tanto indo para cima, quanto com chutes de longa distância ou assistências”.

Daniel que teve boas passagens pelo Botafogo e São Paulo, espera também ter uma bela apresentação pelo Coritiba e avisa ao torcedor Coxa-branca que se depender dele, empenho é o que não irá faltar. “A torcida pode esperar muita entrega e comprometimento. Vou entrar para ajudar meus companheiros e o time, e mostrar meu melhor sempre, buscando gols e vitórias”.

O Coritiba de Daniel tem compromisso pelo Estadual neste domingo (2), em Cascavel diante da Serpente, em partida de ida válida pelas quartas de final do Campeonato Paranaense.

Siga em:
Grêmio Maringá ven
Jota fica em quarto

Comunicação e Marketing. Apaixonado por futebol, xícaras e camisas de clubes. Em busca dos sonhos e objetivos que a vida proporciona.

Classifique este artigo