24 de June de 2017 5:30:46

“Espero em breve já começarmos a conversar sobre renovação”, revela Wilson ao Redação em Campo

Uma das referências no elenco do Coritiba é o goleiro Wilson, que está no clube desde julho de 2015 e já criou uma forte identidade com a torcida. Realizando a pré-temporada em Foz do Iguaçu, o arqueiro conversou com a equipe do Redação em Campo, onde fez um balanço do último ano, o carinho da torcida e falou também sobre uma renovação de contrato, além de uma especulação que surgiu sobre uma possível ida à Chapecoense.

O contrato de Wilson com o Coxa vai até o final de 2017, e o goleiro revelou que tem a vontade em renovar com o clube. “Meu desejo é permanecer no Coritiba por muito tempo. Minha família está muito adaptada a cidade e espero em breve já começarmos a conversar sobre renovação de contrato”.

Em 2016 o Coxa não conseguiu títulos, o time perdeu a final do Campeonato Paranaense para o Atlético-PR, no Brasileirão brigou até o final contra o rebaixamento, foi eliminado na Primeira Liga e Copa do Brasil, e na Sul-Americana chegou até as quartas de final. Para Wilson, o vice no Estadual interferiu no resto da temporada da equipe. “Não foi um ano como a gente esperava. Apesar de termos feito uma boa campanha na Sul-Americana, deixamos escapar o título estadual e poderíamos ter feito uma campanha melhor no Brasileiro”.

Wilson marcou um gol pelo Coritiba no Estadual de 2016. Foto: Coritiba Oficial.

O goleiro também balançou as redes no ataque. Durante o Campeonato Paranaense, o Coritiba perdia em casa para o Rio Branco por 3 a 2, e já nos acréscimos Wilson foi para o ataque em uma cobrança de escanteio, e marcou o gol que selou o empate em 3 a 3. A torcida já tinha um grande carinho pelo arqueiro, e a partir daquele momento virou um dos ídolos do time, além de ser escolhido pelos torcedores dois seguidos como o melhor jogador do Alviverde, ganhando o prêmio Coxa Doido, realizado pelo clube. “Acredito que cada jogador tem o seu papel dentro de um elenco. Eu estou indo para a minha terceira temporada no Coxa e estou muito feliz aqui. Desde a minha chegada, a torcida me tratou com muito carinho e respeito”.

Para essa temporada, a diretoria do Coritiba manteve o técnico Paulo Cesar Carpegiani, fator que Wilson considerou positivo. “A continuidade do trabalho é sempre importante. Carpegiani é um grande treinador. Acredito que a grande vantagem é o conhecimento que ele já possui do clube e do elenco”.

Com a montagem do novo elenco da Chapecoense após a tragédia na Colômbia, o nome de Wilson foi especulado no time catarinense. O goleiro destacou o bom trabalho realizado em Chapecó, mas ressaltou que o foco está no Verdão paranaense. “A Chapecoense é um clube que vem realizando um excelente trabalho dentro e fora de campo. Seria um prazer vestir a camisa da Chapecoense, ainda mais após tudo que aconteceu no final do ano passado, mas meu foco é no Coritiba onde tenho contrato e estou muito feliz”.

A estreia do Wilson e do Coritiba em 2017 será no dia 29 de janeiro, pelo Campeonato Paranaense. O Coxa abre a competição contra o Cianorte, no Estádio Albino Turbay.

Siga em:
Com homenagem a Dani
Londrina e Paraná C

Formado em Jornalismo e Letras, estou no Redação em Campo desde 2013 e atualmente exerço a função de Coordenador de Jornalismo. Também sou professor de Língua Portuguesa.

Classifique este artigo