Depois de um bom primeiro tempo, Atlético-PR leva dois e perde no Allianz

O Atlético-PR iniciou a série de jogos fora de casa nesta noite contra o Palmeiras em São Paulo. Após boa sequencia de resultados na Arena, a equipe de Tiago Nunes terá ainda Atlético-MG e Chapecoense antes de voltar a jogar em Curitiba.

Apesar de um bom primeiro tempo, em um descuido da zaga, William fez o gol do Palmeiras e nos minutos finais Moisés ampliou de pênalti.  O Furacão é agora o 10º colocado no Brasileirão e terá mais desfalques na próxima rodada.

Faltou o gol

O Furacão apresentou um bom primeiro tempo no Allianz Parque. O Atlético-PR conseguiu neutralizar as ações do Palmeiras e Santos teve pouco trabalho. A primeira chance no jogo foi com Marcinho, o meia arriscou, a bola desviou e ficou tranquila para Fernando Prass defender. Outra oportunidade do rubro negro abrir o placar foi aos 22 minutos. Bruno Nazário chutou e por pouco não deixou o Atlético-PR na frente.

Nikão também pôde marcar, mas o arremate de primeira do camisa 11,  passou perto do gol de Fernando Prass. O Palmeiras também teve chances mas a cabeçada de Tiago Santos foi pra cima e o chute de Borja foi bem travado pela zaga atleticana. Equilibrado o Furacão fez um bom primeiro tempo, só faltou o gol.

Descuido atleticano

O segundo tempo começou com o Palmeiras pressionando o Atlético-PR. Logo aos dois minutos, Willian recebeu lançamento de Borja, mas Zé Ivaldo na cobertura evitou o arremate palmeirense. Truncado a etapa final foi um bom jogo das duas defesas. Em uma dividida, Bruno Nazário sentiu e Tiago Nunes precisou colocar Guilherme para compor o meio de campo. Amarelado por falta em Dudu, Renan Lodi também foi substituído e o treinador colocou Márcio Azevedo para compor o lado esquerdo da defesa atleticana.

A partida estava equilibrada até que aos 25 minutos Willian aproveitou lançamento, entre Zé Ivaldo e Léo Pereira, e no descuido atleticano, abriu o placar para a equipe da casa. A última mudança do Atlético-PR na partida foi a entrada do atacante Rony no lugar de Jonathan, Marcinho fez a lateral direito durante os vinte minutos finais. No último lance do jogo Willian foi derrubado por Santos dentro da área e na cobrança Moisés ampliou para o Palmeiras.

Apesar de um bom primeiro tempo, o Atlético-PR não conseguiu superar a equipe da casa. Na próxima rodada o Furacão não contará com Renan Lodi e Wellington suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Com a derrota o rubro negro caiu para a 10ª posição na tabela e ainda poderá ser ultrapassado pelo Santos e América-MG. O próximo compromisso da equipe de Tiago Nunes será na segunda contra o Atlético-MG em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X ATLÉTICO-PR

Palmeiras: Fernando Prass ; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luis; Thiago Santos (Bruno Henrique), Felipe Melo e Moisés; Willian, Dudu (Jean) e Borja (Deyverson).
Técnico: Felipão

Atlético-PR: Santos; Jonathan (Rony), Zé Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi (Márcio Azevedo); Wellington, Lucho González e Bruno Nazário; Nikão, Marcinho e Pablo.
Técnico: TIago Nunes

Local: Arena Palmeiras, em São Paulo (SP)
Data/Horário: 05/09/2018 às 21h00
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ)

Público/Renda: 24601 (total)/ R$1.263.083,14
Cartão amarelo: Dudu (Palmeiras) e Fernando Prass; Renan Lodi e Wellington (Atlético-PR)
Gol: Willian aos 25′ e Moisés aos 49′ do 2º tempo para o Palmeiras

Foto: Miguel Locatelli/Atlético Paranaense

Siga em:
Nacional AC e Apucar
Paraná leva o empat

Formado em jornalismo pela Uninter em 2014, com especialização em assessoria e gestão da Comunicação pela Positivo em 2016, repórter do Redação em Campo desde 2017, setorista do Atlético-PR e C.E União.

Classifique este artigo