Dagoberto mostra que tem estrela e Marquinhos variações táticas na equipe do Londrina

Depois de duas estreias com derrotas em 2016 e 2017, o Londrina estreou com vitória sobre o Boa Esporte, no último domingo (14), no Estádio do Café, pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O gol do jogo foi marcado por Dagoberto, que entrou um minuto antes de balançar as redes adversárias. A partida também mostrou o acervo tático que o técnico Marquinhos Santos está trabalhando no Tubarão, com mudanças de variações táticas durante os 90 minutos.

Sobre a vitória e o início da Série B com três pontos, o treinador Alviceleste comentou que esse já foi o primeiro objetivo alcançado. “Nosso primeiro objetivo foi alcançado, que era vencermos na estreia, algo que nos dois últimos anos, em 2016 e 2017, o Londrina não alcançou e foi justamente esses pontos que possam ter feito falta na reta final ou que fizesse que o Londrina não subisse para a Série A do Campeonato Brasileiro”, relembrou do retrospecto das duas últimas estreias na Série B.

Conhecendo o estilo de jogo do adversário, o técnico Marquinhos Santos armou algumas “quebras de sistema” para tentar tirar o Boa Esporte da zona de conforto e foi assim que saiu o gol do Tubarão e algumas outras jogadas. “É uma quebra de sistema que já estamos trabalhando e está bem definido, desde a minha chegada, é claro que com o passar das rodadas, as outras equipes vão analisar e vão observar, mas já temos trabalhando dentro dessa semana outra quebra de sistema bem importante, usamos no decorrer do segundo tempo e não dá para entregar as armas aqui também, se não os adversários acabam adquirindo todo nosso acervo tático”, afirmou o comandante do Londrina.

“Um dia intenso”, foi como Dagoberto definiu a sua estreia com a camisa do Londrina. Em cerca de 16 minutos que ficou em campo, fez um gol, criou três jogadas e acabou saindo com uma forte cãimbra na coxa esquerda. “Foi um dia muito intenso para mim hoje, estreamos, uma estreia é sempre difícil, nos últimos dois anos o Londrina não tinha começado com êxito e estou muito feliz”, afirmou o autor do gol que deu a vitória ao Tubarão.

Questionado por tudo que aconteceu durante os 16 minutos que ficou em campo, Dagoberto brincou e falou sobre as dores que tiraram ele de campo. “Então os 90 minutos vai ter história demais o dia que eu jogar [risos]. Olha, foi o que falei, foi muito intenso, creio que a inatividade ajudou isso, são coisas que acontece e creio que não foi lesão, eu me conheço, tomara Deus que não tenha sido nada, foi apenas uma cãimbra muito forte que estiquei muito a perna, mas faz parte do processo, aos poucos vou readquirindo isso, estou me sentindo muito bem, estou treinando muito bem e foi um dia muito gostoso”, finalizou o camisa 21 do Tubarão.

Na próxima rodada, o Londrina tem uma longa viagem pela frente, irá até Belém (PA), enfrentar o Paysandu, no Estádio da Curuzu, na próxima sexta-feira (20), às 21h30. Com uma logística complicada, o Tubarão deve chegar na cidade paraense na quarta-feira (18), para poder recuperar os atletas da desgastante viagem.

Foto: Gustavo Oliveira/ Londrina EC Oficial.

Siga em:
De virada, Atlético
Coritiba anuncia Edu

Jornalista, formado na Unopar em 2015. Nasci e moro em Londrina. Apaixonado por esportes. Gosto de praticar aquele futebolzinho de final de semana. Futebol não é apenas um esporte, mas sim uma forma de viver.

Classifique este artigo