Coxa não segura pressão e é derrotado pelo Fortaleza

O Coritiba foi à capital do Ceará para enfrentar o Fortaleza no Castelão. Na última rodada do primeiro turno da Série B o Coxa enfrentou o líder da competição. Com mudanças nas duas laterais Eduardo Baptista colocou em campo Rodrigo Ramos e Chiquinho. Do lado da equipe cearense o destaque do time de Rogério Ceni está no ataque. Ederson fez seu segundo jogo com a camisa do Leão.

Na busca de sua segunda vitória fora de casa o Coritiba foi muito pressionado durante o primeiro e boa parte do segundo tempo e saiu derrotado pelo placar de 2 a 1. O gol coxa branca foi de Romércio. Tinga e Marcinho marcaram para o Fortaleza.

Coxa pressionado

Com uma formação mais defensiva o Coritiba sofreu uma leve pressão da equipe da casa nos primeiros minutos de jogo. A primeira chance do Fortaleza foi com Marcinho pela esquerda. O ponta driblou a marcação alviverde e chutou colocado, obrigando Wilson a fazer uma importante defesa. Aos longos dos quinze minutos iniciais o Coxa não conseguiu chegar ao gol de Marcelo Boeck.

A equipe da casa continuava pressionando o alviverde. Ederson recebeu bom lançamento dentro da área e no desvio, Wilson fez a defesa. E no erro de Yan Sasse, Marcinho iniciou contra ataque e tocou para Marlon, o meia encontra Ederson que, cara a cara com o goleiro coxa branca, chutou para fora.

Os quinze minutos finais do primeiro tempo foi igual a todo o resto. Pressão do Fortaleza, e ineficiência do ataque alviverde. E a última boa chance de abir o placar no Castelão foi com Nenê Bonilia, o volante arrematou de longe e a bola passou ao lado do gol de Wilson. Graças a falta de pontaria da equipe da casa o Coxa foi para o intervalo com o empate no placar.

Mais pressão

A etapa final começou com novo erro da zaga do Coritiba, mas Wilson atento se antecipou para evitar a chegada de Ederson. A pressão do Fortaleza deu resultado, aos oito minutos, na cobrança de falta ensaiada e no cruzamento de Ederson, Tinga cabeceou e Wilson defendeu, mas o próprio aproveitou rebote do goleiro coxa branca para abir o placar na Arena Castelão.

Para deixar seu meio campo mais leve, Eduardo Baptista sacou Julio Rusch e promoveu a estreia de Thiago Lopes nesta Série B. O meia voltou a atuar com a camisa alviverde, o atleta se machucou final do paranaense, e não atuava desde então.

O Coxa saiu para buscar o empate e na velocidade Marcinho puxou contra ataque e partiu para cima da defesa alviverde e ao entrar na área tirou a bola do alcance de Wilson e ampliou o placar para o Fortaleza. Aos 39 minutos, Romércio aproveitou cobrança de falta feita por Jean Carlos, e por trás da zaga mandou para o fundo da rede, diminuindo o placar.

Na próxima rodada receberá o Sampaio Correa no Couto Pereira. Já o time comandado por Rogério Ceni confirmou a liderança no campeonato e no próximo sábado enfrentará o Guarani em Campinas.

 

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA 2X1 CORITIBA

Fortaleza : Marcelo Boeck; Tinga, Diego Jussani, Roger Carvalho e Adalberto (Leonan); Felipe (Derley), Marlon e Nenê Bonilha; Marcinho, Ederson e Dodô (Wallace).
Técnico: Rogério Ceni

Coritiba: Wilson; Rodrigo Ramos, Romércio, Rafael Lima e Chiquinho; Vitor Carvalho (Jean Carlos), Julio Rusch (Thiago Lopes), Uillian Correia e Yan Sasse (William Mateus); Guilherme Parede e Jonatas Belusso.
Técnico: Eduardo Baptista

Local: Arena Castelão, em Fortaleza.
Data/Horário: 04/08/2018, às 16h30
Árbitro:  Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel da Silva Henrique Andrade (DF) e Ciro Chaban Junqueira (DF)

Público/Renda: Não informado
Cartão amarelo: Rafael Lima e Rodrigo Ramos (Coritiba)
Gols: Tinga aos 8′ e Marcinho aos 23′ do 2º tempo para o Fortaleza; Romércio aos 39′ do 2º tempo para o Coritiba

Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza EC

Siga em:
Após derrota, Sérg
Fora de casa, Atlét

Formado em jornalismo pela Uninter em 2014, com especialização em assessoria e gestão da Comunicação pela Positivo em 2016, repórter do Redação em Campo desde 2017, setorista do Atlético-PR e C.E União.

Classifique este artigo