17 de October de 2017 12:20:59

Coritiba supera início de ano ruim para voltar a ser Campeão Estadual pela 38ª vez

O Coritiba sagrou-se Campeão Paranaense de 2017, após empatar por 0 a 0 diante do Atlético-PR no Couto Pereira no último domingo (7) e conseguir a sua 38ª conquista do Estadual, diante de um Couto Pereira lotado de torcedores alviverdes. Depois de bater na trave em dois anos consecutivos, o Verdão finalmente pode erguer a taça no Alto da Glória.

Entretanto a caminhada até o título Estadual não foi fácil, no qual o clube passou por muitas dificuldades. Ainda sob o comando do treinador Paulo César Carpegiani, o Coxa teve tropeços no início do ano, conquistando apenas dois pontos em três partidas, o que deixou o torcedor com uma pulga atrás da orelha. Porém a paciência do clube + torcida veio após a eliminação do Verdão diante do Asa-AL por 2 a 0 em pleno Couto Pereira, o que culminou na demissão de Carpegiani. Assim Pachequinho teve a missão de assumir interinamente o Coritiba

A promessa

Em meio ao clima turbulento que vivia o Coxa, veio o Atletiba ainda na primeira fase da competição, e frente aos reservas do Atlético-PR o Alviverde foi derrotado por 2 a 0. No vestiário após o revés, jogadores, chateados com a situação e o rendimento do time fizeram uma promessa ao presidente Rogério Bacellar dizendo que iriam conquistar o título do Estadual. A partir daquele momento, o Coritiba cresceu na competição, terminando o turno na segunda colocação.

A caminhada rumo ao título

Treinador interino conquistou seu primeiro título como técnico. Foto: Site Oficial Coritiba F.C.

Com um plano tático bem planejado pelo treinador interino Pacheco, o Coxa fez boas apresentações diante do Cascavel, despachando a equipe do interior com goleadas, num agregado de 9 a 0. Na semifinal veio a surpresa da competição: o Cianorte, páreo duro para Pachequinho e seus comandados. Entretanto o time vez prevalecer o fator casa, derrotando o Leão do Vale e indo para mais uma final, a terceira seguida no paranaense. Na finalíssima o rival e algoz Atlético-PR, clube que fio campeão no ano anterior justamente em cima do Alviverde. Mas desta vez, o Coritiba mostrou toda a sua força, principalmente com o trio de meias Alan Santos, Galdezani e Anderson, chamados de ‘trivote’, que aniquilaram o CAP na primeira partida da finalíssima com um sonoro 3 a 0 em plena Arena da Baixada. Outro ponto forte, foi o atacante Kleber, que, com gols decisivos, terminou artilheiro do Estadual com 11 gols. Assim, na partida decisiva, o Coritiba soube administrar o resultado e levantar a sua 38ª taça. Com isso, o Coxa encerrou a competição com 17 jogos, com 10 vitórias, dois empates e quatro derrotas, sendo 29 gols marcados e apenas 10 sofridos.

O que esperar no Brasileirão

Após a conquista do titulo, o Coritiba planeja voos mais altos no Campeonato Brasileiro. O elenco aguarda pelos reforços já anunciados pelo clube, caso do meia Tomas e do atacante Getterson, ambos do JMalucelli, que devem ser apresentados ainda nesta semana. Já o lateral Léo, ex-Atlético-PR e o atacante Alecsandro até então no Palmeiras, seguem em negociação e podem ser os novos reforços do Alviverde.

A torcida espera que o clube brigue ao menos por uma vaga à Libertadores do ano que vem, diferentemente do que vem ocorrendo nos últimos anos, onde o time luta apenas para não cair.

Siga em:
Maringá sai atrás,
Priorizando Libertad

Comunicação e Marketing. Apaixonado por futebol, xícaras e camisas de clubes. Em busca dos sonhos e objetivos que a vida proporciona.

Classifique este artigo