Coritiba sofre gols no início dos dois tempos e é derrotado pelo Guarani fora de casa

Nesta segunda-feira (9), o Coritiba não foi bem em partida disputada pela Série B do Campeonato Brasileiro. Jogando contra o Guarani, o Coxa começou mal os dois tempos e não demorou para sofrer gols. O primeiro foi logo aos 3 minutos, em cobrança de falta de Pará. O artilheiro Guilherme Parede até chegou ao empate aos 43. Mas não foi suficiente. Na segunda etapa, os donos da casa marcaram aos 2 minutos com Bruno Mendes e seguraram o resultado de 2 a 1 durante o restante do jogo.

O resultado derruba o Coxa para a quinta colocação da Série B. Contudo, outros nove jogos fecham a rodada, e o time pode perder ainda mais posições. Na próxima rodada, o Coritiba retorna ao Couto Pereira para enfrentar o São Bento (SP). A partida está marcada para o sábado (21), às 16h30.

Guarani abre o placar no início, mas Coxa chega ao empate no fim

O Coritiba não teve tempo nem para respirar no início de jogo. O Guarani foi eficiente, buscou o jogo e encontrou o gol. Aos 3 minutos, Bruno Mendes foi derrubado na meia-lua e o árbitro viu falta. O lateral Pará cobrou com maestria, tirando de Wilson, e colocou o time da casa na frente.

O Bugre continuou no ataque após ter marcado o gol. Aos 14 minutos, Bruno Mendes saiu livre na cara do gol, dividiu com Wilson e foi derrubado. Os mandantes reclamaram bastante de pênalti, mas o auxiliar assinalou impedimento e todo o lance foi invalidado.

O Coxa só respondeu na metade da primeira etapa. Aos 23 minutos, Simião arriscou o chute de longe, mas Edson Silva desviou e mandou a bola para escanteio. A cobrança não deu certo para os visitantes, e o Guarani puxou contra-ataque perigoso. Após cruzamento, Denner finalizou duas vezes, mas parou em duas grandes defesas de Wilson e não conseguiu ampliar.

Aos 31, Willian Oliveira aproveitou cruzamento para cabecear no ângulo de Wilson. O goleiro, porém, foi rápido e fez um milagre para salvar o Coritiba. A resposta veio aos 34 minutos, quando Simião tabelou com Alisson Farias, recebeu cruzamento na área e cabeceou no canto. Desta vez, porém, Oliveira fez seu nome e mandou para escanteio.

A bola aérea do Coxa estava calibrada, e esse foi o retrato do empate. Aos 43 minutos, Simião cruzou para o centro da área e encontrou Guilherme Parede livre. O artilheiro cabeceou no alto, com força, e deu o empate ao Coritiba no intervalo.

Guarani marca novamente no início e segura o resultado

O Coritiba apresentou o mesmo problema da primeira etapa. O time começou tímido, dando espaço para o adversário, e logo foi punido. Aos 2 minutos, Pará cobrou escanteio na primeira trave e Bruno Mendes, de cabeça, colocou o Guarani na frente.

Cinco minutos depois, Denner deu novo susto no time Coxa-branca. O meia recebeu bom passe de Matheus Oliveira e bateu de primeira, no canto. Wilson fez ótima defesa e evitou um desastre ainda maior. O Coritiba só respondeu aos 16 minutos. Guilherme Parede roubou bola no ataque e chutou de longe, surpreendendo Oliveira. O goleiro se recuperou na jogada, operou o milagre e salvou o Guarani de um novo empate.

O Bugre voltou ao ataque aos 25 minutos. Éverton Alemão cobrou falta da intermediária com violência, mas Wilson foi rápido na intervenção e salvou os visitantes. O jogo ficou morno até os minutos finais. Contudo, aos 38 minutos, Uillian Correia incendiou as ações novamente. O meia pegou sobra no ataque e chutou de esquerda. Oliveira não acompanhou o lance, mas Pará foi providencial no corte e não permitiu o empate.

O Coxa ficou mais com a bola no restante da partida e até chegou a ensaiar uma pressão. Porém, as investidas foram em grande maioria desorganizadas, e a manutenção da posse de bola não foi suficiente para assegurar o empate.

FICHA TÉCNICA
GUARANI-SP 2 X 1 CORITIBA

Guarani: Oliveira; Kevin, Everton Alemão, Edson Silva e Pará; Willian Oliveira, Ricardinho, Denner (Rondinelly) e Rafael Longuine; Bruno Mendes (Poveda) e Matheus Oliveira (Caíque).
Técnico: Umberto Louzer.

Coritiba: Wilson; Vinícius Kiss (Pablo), Thalisson Kelven, Alex Alves e William Matheus; Alisson Farias, Simião (Jonatas Belusso), Vitor Carvalho (Yan Sasse) e Uillian Correia; Guilherme Parede e Bruno Moraes.
Técnico: Eduardo Baptista.

Local: Estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP).
Data/Horário: 09/07/2018, às 18h.
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS).
Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS).

Público/Renda: 4567 pagantes | R$ 58753,00.
Cartões Amarelos:
Poveda (Guarani). Guilherme Parede, Alex Alves e William Matheus (Coritiba). 
Gols:
Pará, aos 3′ do 1º tempo e Bruno Mendes, aos 2′ do 2º tempo para o Guarani. Guilherme Parede, aos 43′ do 1º tempo para o Coritiba.

Foto: Coritiba Foot Ball Club

Siga em:
Em jogo dos extremos
Com tempo, Sérgio S

Estudante de Engenharia, fanático por futebol. Encontro nos textos uma forma de desenvolver novas aptidões e acompanhar de perto os bastidores do futebol.

Classifique este artigo