17 de December de 2017 5:49:33

Coritiba perde de virada para o São Paulo e chega na última rodada na “porta” da ZR

O que parecia um jogo para se livrar do rebaixamento, virou drama para o Coritiba. O time saiu na frente com Wilson contra o São Paulo, mas levou a virada no Couto Pereira e caiu para 16ª posição do Campeonato Brasileiro. Com 43 pontos, o Coxa tem um ponto de vantagem para zona de rebaixamento, que tem o Sport e o Avaí com 42 pontos.

Na próxima e última rodada, o Coritiba enfrenta a Chapecoense na Arena da Condá, em Chapecó, às 17h de domingo (3), e precisa de uma vitória para não depender de outros resultados. Já o São Paulo se despede da temporada em casa, no Morumbi, contra o Bahia no mesmo dia e horário.

Wilson deixa o Coxa em vantagem

Com bom presença de público no Couto Pereira, o Coritiba viu o São Paulo mais perigoso nos primeiros minutos de bola rolando. Com a estratégia de explorar os contra-ataques, o Coxa deu a bola ao time paulista, que criou as duas primeiras chances de gol. Aos 4′ o goleiro Wilson saiu jogando errado e Brenner dominou e chutou por cima do gol. Já aos 14′ Edimar tentou de fora da área e Wilson defendeu.

A primeira chegada com perigo do Coritiba foi aos 18′ após boa troca de passes, Tiago Real chutou forte na rede, porém pelo lado de fora. Já no minuto seguinte o São Paulo teve grande chance, Shaylon chutou, a bola desviou na marcação e sobrou livre para Brenner, que próxima a pequena área chutou e viu Wilson praticar excelente defesa.

Aos poucos o Coritiba conseguiu melhorar na partida. Aos 29′, na principal jogada, a bola parada, Carleto cobrou escanteio e Alan Santos subiu mais alto, mas viu o goleiro Sidão espalmar. Já aos 39′ polêmica, em bola na área do São Paulo, a bola toca na mão de Tiago Real, porém o árbitro assistente marca pênalti, atendido por Daronco. Três minutos depois Wilson foi para cobrança, chutou forte e fez a festa da torcida. Nos minutos finais Alan Santos sentiu uma lesão e deu lugar a Edinho. Já aos 47′ Yan Sasse quase ampliou, chutou rasteiro e Sidão defendeu com o pé.

São Paulo vira na bola parada

Para a segunda etapa o Coxa voltou com mais cautela, interceptava os lances e não sofria riscos na sua área, porém pouco chegava ao ataque. O Coritiba chegou na bola parada, Carleto cobrou falta de longe e Sidão espalmou. O São Paulo foi aumentando a presença ofensiva, aos 21′ acertou a trave com Shalyon, que chutou e a bola desviou na marcação.

Se a bola parada é o forte do Coritiba, o São Paulo usou dela para virar o jogo em quatro minutos. Aos 22′, em cobrança de escanteio, Éder Militão cabeceou para deixar tudo igual. Já aos 26′ Shaylon cobrou falta na área, Matheus Galdezani tentou afastar, mas cabeceou para o gol, a virada do time paulista.

Nos minutos finais o nervosismo tomou conta do Coxa, que não conseguiu criar chances para empatar e com os resultados da rodada chega na última rodada com chances de rebaixamento.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 1X2 SÃO PAULO

Coritiba: Wilson; Dodô, Cléber Reis, Werley e Carleto; Jonas, Alan Santos (Edinho, Iago Dias), Tiago Real e Yan Sasse (Matheus Galdezani); Rildo e Henrique Almeida.
Técnico: Marcelo Oliveira

São Paulo: Sidão; Éder Militão, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Jucilei, Araruna (Thomaz), Marcos Guilherme, Shaylon e Cueva; Brenner (Junior Tavares).
Técnico: Dorival Júnior.

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba.
Data/Horário: 26/11/2017, às 17h.
Árbitro: Anderson Daronco (FIFA-RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Júnior (RS)

Público/Renda: 38.059 total | R$788.588,00
Cartões amarelos: Cleber Reis, Dodô, Werley (Coritiba); Marcos Guilherme,  (São Paulo)
Gols: Wilson aos 42′ do 1º tempo para o Coritiba. Éder Militão aos 22′ e Matheus Galdezani, contra, aos 26′ do 2º tempo para o São Paulo

Foto: Coritiba Oficial.

Siga em:
Independente vence R
Fabrício perde pên

<p>Formado em Jornalismo e Letras, estou no Redação em Campo desde 2013 e atualmente exerço a função de Coordenador de Jornalismo. Também sou professor de Língua Portuguesa.</p>

Classifique este artigo