Coritiba não joga bem e perde para o Goiás na Copa do Brasil

Goiás e Coritiba se enfrentaram nesta quarta-feira (28) no Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO) pela terceira fase da Copa do Brasil, quem levou a melhor foi o Goiás. A equipe da casa venceu por 1 a 0 com de Jefferson aos 8 minutos do segundo.

Agora, os times se enfrentam no jogo de volta que acontece na quarta-feira (14) às 19h30 no Estádio Couto Pereira, em Curitiba-PR. Lembrando que nesta fase não existe o gol qualificado marcado fora de casa, então, o Coxa precisa vencer por dois gols de diferença para avançar de fase. Em caso de vitória por um gol de diferença do Coritiba a decisão vai para os pênaltis.

Goiás superior e poucas chances

Sem a regra do gol qualificado, a equipe da casa tomou a iniciativa, logo aos 55 segundos tentativa de cruzamento de Léo Senna, o goleiro Wilson precisou se recuperar e tirar com um tapa. O Goiás finalizou pela primeira vez aos 3 minutos, na saída de bola o goleiro Wilson entregou para Carlos Eduardo que invadiu a área mas teve o chute travado. O Coxa chegou aos 5 minutos, lançamento na esquerda para Guilherme Parede que deu belo corte em Caíque Sá, mas bateu a esquerda do gol.

O Coritiba marcava muito recuado e quem criava as oportunidades e mantinha a posse de bola era o Goiás, mas sem nenhuma bola muito perigosa. Aos 24 melhor chance do Coritiba, Guilherme Parede recebeu lançamento na esquerda e rolou para Júlio Rusch que bateu mas a bola foi defendida. Aos 34 confusão na área do Coritiba, Lucão fez de bicicleta mas a arbitragem assinalou impedimento. O Goiás estava sempre rondando a área do Coritiba. Já o Coxa dificultava a infiltração, se postava atrás e dava oportunidades para o Goiás criar suas chances.

Goiás sai em vantagem e segue superior

No segundo tempo o Goiás voltou com o mesmo ímpeto ofensivo, estava sempre rondando a área do Coritiba. Aos 6 minutos primeira finalização do Coritiba, de muito longe Simião mandou para o gol e Marcelo Rangel defendeu tranquilamente em dois tempos. Aos 8 minutos da segunda etapa Jefferson entrou tranquilamente pelo lado direito na área do Coritiba e abriu o placar para o Esmeraldino 1 a 0.

A melhor chance do Coritiba veio aos 17 com Guilherme Parede, Iago fez grande jogada individual superando Eduardo Brock na velocidade, cruzou para Parede livre de marcação que bateu para fora. O Coxa quase empatou de cabeça com Romércio, mas a bola foi para fora. O Goiás chegava, muitos chutes de média distância, o goleiro Wilson fez grande defesa em chute a queima-roupa aos 30 do segundo tempo após falha de Benítez. O Goiás segurou o ritmo mas ainda assim tinha chances. O Coxa não conseguia chegar e não assustou o goleiro Marcelo Rangel.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS 1X0 CORITIBA

Goiás: Marcelo Rangel, Caique Sá (Pedro Bambu), Marcelo Duarte, Eduardo Brock e Jefferson; Léo Senna (Elyeser), Madison e Giovanni; Carlos Eduardo, Lucão e Maranhão (Felipe Garcia).
Técnico: 
Hélio dos Anjos.

Coritiba: Wilson, Benítez, Thalisson Kelven, Romércio e Léo Andrade; João Paulo (Simião), Júlio Rusch e Thiago Lopes (Pablo); Iago, Guilherme Parede e Alecsandro (Evandro).
Técnico: Sandro Forner.

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO.
Data/Horário: 28/02/2018, às 19h30
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Flavio Gomes Barroca  Vinicius Melo de Lima (RN)

Público/Renda: 15.267 pagantes | 17.556 total |R$ 145.760,00
Cartões amarelos: 
David Duarte, Madison e Giovanni (Goiás) Léo Andrade, Simião e Rusch (Coritiba)
Gol: Jefferson aos 8′ do 2º tempo para o Goiás

Foto: Coritiba Oficial

Siga em:
Empate frustra plano
Cianorte enfrenta In

Estudante de Jornalismo. Amante do esporte, principalmente do futebol, nacional e internacional. Torcedor do Barcelona, Borussia Dortmund, Chelsea e Milan. Futebol é mais do que apenas um esporte!

Classifique este artigo