15 de December de 2017 2:20:36

Coritiba empata com Atlético-PR e conquista o Campeonato Paranaense pela 38ª vez

O Coritiba fez grande vantagem no jogo de ida da final do Campeonato Paranaense de 2017, e neste domingo (7) precisou de um empate sem gols com o rival Atlético-PR no Estádio Couto Pereira, resultado que confirmou o 38º título estadual do time Coxa-Branca. A taça não ficava no Alto da Glória desde 2013, jejum encerrado pela equipe comandada por Pachequinho e liderada dentro de campo pelo atacante Kleber, artilheiro da competição com 11 gols.

O Atlético não conseguiu reverter o placar desfavorável, e o sonho do bicampeonato não foi realizado. Agora, o Furacão já pensa nas oitavas de final da Copa do Brasil, encara o Santa Cruz na próxima quarta-feira (10), no Arruda. Já o Coritiba volta a campo na segunda-feira (15), pela primeira rodada do Brasileirão contra o Atlético-GO.

Coxa controla, Atlético nervoso em campo

Com o Couto Pereira lotado em uma tarde de sol em Curitiba, Coritiba e Atlético iniciaram a partida em ritmos diferentes. Apoiado pela maioria da torcida, o Coxa começou com mais posse de bola e presença ofensiva, enquanto que o Furacão demonstrava nervosismo em campo e errava muitos passes. Logo aos 6′, o técnico Pachequinho teve que fazer a primeira mudança, Iago se lesionou após se esticar para alcançar bola, no seu lugar entrou o atacante Neto Berola.

As principais chances no primeiro tempo foram do Coritiba, aos 11′ Anderson recebeu pela direita e cruzou rasteiro para Kleber, o atacante chutou por cima do gol. As jogadas do Alviverde sempre passavam por Anderson, que organizava as ações ofensivas da equipe. Aos 29′, Anderson tocou para Henrique Almeida, que lançou Kleber, o atacante chutou de primeira, mas Weverton defendeu com tranquilidade.

O Atlético ameaçava a meta de Wilson nas jogadas de bola parada, Grafite tentou duas vezes, porém em ambas cabeceou pra fora. Já aos 45′, Matheus Rossetto cobrou falta de longa distância, Wilson estava adiantado e quase é surpreendido, o goleiro se recuperou no lance e conseguiu espalmar.

Coxa segura Furacão e é campeão paranaense

Para segunda etapa os dois times voltaram sem alterações, mas com o Atlético mais presente no campo de ataque, enquanto que o Coxa tentava valorizar a posse de bola, porém era o Furacão quem ditava o ritmo da partida. E, com 3′, Crysan recebeu de João Pedro e tentou chutar colocado, a bola passou perto do gol. Buscando o primeiro gol, o Atlético quase comemorou com Marcão, mas Wilson salvou com o pé.

Com o time tendo dificuldades para ficar com a bola, a torcida do Coritiba soltou os primeiros gritos de “É campeão” aos 17′. Em um jogo de muitas faltas, a qualidade técnica dos times não era vista em campo, em compensação alguns princípios de confusão entre os jogadores começaram a acontecer na etapa final.

Em um dos poucos ataques do Coxa, Henrique Almeida ganhou da marcação e chutou rasteiro de fora da área, a bola saiu ao lado do gol. Se o Coritiba não criava muito, o Atlético também não ameaçava a meta de Wilson, embora ficasse a maior parte do tempo com a bola. Na bola parada, Rossetto voltou a assustar Wilson, que espalmou mais uma cobrança de falta.

Já na reta final do jogo, Anderson recebeu de Henrique Almeida e teve a melhor oportunidade da partida, dentro da área e livre de marcação, o meia chutou e Weverton fez grande defesa. O Coritiba começou a encontrar espaços nos contra-ataques, Weverton fez boas defesas e manteve a igualdade no placar, porém, com o resultado o Coritiba chegou ao 38º título paranaense.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 0X0 ATLÉTICO-PR

Coritiba: Wilson; Rodrigo Ramos (Walisson Maia), Werley, Juninho e William Matheus; Alan Santos, Matheus Galdezani e Anderson; Iago (Neto Berola, Jonas)), Henrique Almeida e Kleber.
Técnico: Pachequinho.

Atlético-PR: Weverton; Gustavo Cascardo, Wanderson, Marcão e Sidcley; Otávio, Matheus Rosseto e Lucho González (Eduardo da Silva) e João Pedro (Yago); Crysan e Grafite.
Técnico: Paulo Autuori.

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR).
Data/Horário: 07/05/17, às 16h00.
Árbitro: Adriano Milczvski.
Assistentes: Bruno Boschilia e Ivan Carlos Bohn.

Público/Renda: 32.869 pagantes | 36.457 total | R$ 1.459.410,00
Cartões amarelos: William Matheus (Coritiba); Crysan, Otávio (Atlético-PR)

Foto: Fabia Ioscote/Redação em Campo.

Siga em:
Cascavel CR vence An
Maringá sai atrás,

<p>Formado em Jornalismo e Letras, estou no Redação em Campo desde 2013 e atualmente exerço a função de Coordenador de Jornalismo. Também sou professor de Língua Portuguesa.</p>

Classifique este artigo