Com todos jogadores à disposição, FC Cascavel enfrenta o Maringá

Após a classificação para a semifinal da Taça Barcímio Sicupira do Campeonato paranaense, o FC Cascavel tem seu último confronto contra o Maringá, fora de casa, pela 6ª e última rodada da primeira fase. A partida será no domingo (10), às 17h, no Estádio Regional Willie Davids.

Para essa partida, o técnico Paulo Foiani poderá contar com jogadores que estavam no Departamento Médico, dentre eles Tocantins e Ricardo Lobo, ambos artilheiros do FCC até agora na competição com dois gols cada. Além do goleiro Fernando que vem sendo titular e um dos líderes da equipe.

Com mais jogadores a disposição, o treinador está otimista para a partida. “Os jogadores que estavam no departamento médico já trabalharam com bola nesta semana. Foi o caso de Rodolfo, Ricardo Lobo, Tocantis, Raí, Fernando… Até amanhã devo ter todos à disposição. E aí é selecionar 23 deles para viajar, e eu tenho certeza que os 23 estarão com foco para pontuar fora de casa. Nesse momento, em busca do nosso objetivo, é muito importante pontuar”, comenta Paulo Foiani.

Além da volta de jogadores que estavam no departamento médico, o FC Cascavel anunciou a contratação do meia-atacante Wellington Costa, conhecido como Foguete, de 23 anos, e poderá contar com o jogador para a partida contra o Maringá.

FICHA TÉCNICA
MARINGÁ X FC CASCAVEL

Maringá FC: Victor Golas; Duda, Alex Fraga, Marcelo Xavier e Júnior Prego; Jean Neves, Willian Machado (William Leandro) e Geovane Magno; Welton Paraguá, Everton e Tiago Orobó.
Técnico: Antônio Picoli

FC Cascavel: Fernando; Everton, Ítallo, Hitalo Rogério e William Simões; Duda, Tocantins, Bartholo e Oberdan; Mateuzinho e Ricardo Lobo.
Técnico: Paulo Foiani.

Local: Estádio Regional Willie Davids, em Maringá.
Data/ Horário: 10/02/2019, às 17h.
Árbitro: Osvaldo Massafera Jr.
Assistentes: Andrey Luiz de Freitas e Bruno Fernando Aparecido.

Foto: FC Cascavel Oficial

Siga em:
Precisando vencer Ca
Como presente, Toled

Estudante de jornalismo. Apaixonado pelo futebol e ainda mais pelo jornalismo esportivo.

Classifique este artigo