Com tempo, Sérgio Soares começa organizar o Londrina e recebe reforço

Após chegar e ter apenas dois dias de trabalho para sua primeira partida e depois quatro dias para o confronto diante do Vila Nova, em Goiânia, o técnico do Londrina, Sérgio Soares teve tempo para trabalhar no Tubarão, além de contar com atletas voltando de suspensão em posições com poucas opções e agora ganhou um novo reforço para o sistema defensivo.

Com pelo menos cinco dias de trabalho, o treinador Alviceleste começa a implementar o seu estilo de jogo de uma equipe mais ofensiva, mesmo não contando com um meio-campo de ofício, já demonstrou isso na última partida quando entrou com quatro atacantes em campo. Para a próxima partida, terá a volta do volante João Paulo e do meio-campo Dudu.

De outra forma, o técnico do Londrina já ganhou três reforços desde a sua chegada, os atacantes Jô e Paulinho Moccelin, o último entrou contra o Vila Nova e fez o gol de empate da partida e nesta segunda-feira (9), o lateral-esquerdo Victor Luiz, que vem do Cruzeiro. Na posição, Sérgio Soares tem a disposição Roberto, que sempre foi titular desde que chegou e sentiu uma lesão no último jogo e Fernando Júnior, que fez sua estreia na última quinta-feira (5).

Victor Luiz chega para brigar pela posição na lateral-esquerda

O atleta de 20 anos, chega ao Tubarão para ter mais oportunidades em uma equipe profissional, principalmente disputando uma Série B. “Sem dúvidas para minha carreira, a vinda para cá vai agregar bastante, isso vai ser muito importante para mim, surgiu que lá no Cruzeiro, com um grupo grande, eu estava sem espaço e com a carência que o Londrina estava na posição, existiu a conversa dos dois clubes, o técnico Sérgio Soares pegou informações com o técnico Mano Menezes [do Cruzeiro] e seu auxiliar Sidnei, acabou dando certo minha vinda para cá e estou muito feliz”, comentou o jogador.

O lateral-esquerdo Victor Luiz foi apresentado no Londrina, vindo do Cruzeiro. Foto: Gustavo Oliveira/ Londrina EC Oficial.

Victor Luiz já conhecia o Londrina e se lembrou de um jogo do ano passado, contra o Cruzeiro, pela Copa da Primeira Liga, onde pôde ver a força do clube e de sua torcida. “Aquele jogo foi inesquecível, foi definido nos últimos minutos, onde mudou a história, foi para os pênaltis e naquele jogo foi onde eu consegui sentir a força do Londrina e da sua torcida, então aquele jogo foi sem dúvidas que mais marcou”, relembrou o lateral que ficou no banco de reservas naquele jogo.

O atleta se definiu como forte na marcação e defensivamente, mas com velocidade para fazer ultrapassagens surpreendendo o adversário quando apoia o ataque. Com bastante destaque na posição nos últimos anos, quando revelou Wendell, do Bayer Leverkusen (ALE) e nas duas últimas temporadas contou com garotos da base do Fluminense, Léo em 2016 e Ayrton Lucas em 2017, o novo reforço do Tubarão espera ter o mesmo sucesso dos companheiros de posição. “Eu soube de jogadores na mesma situação que a minha e que vieram para cá e se deram bem, o meu objetivo é esse, é vir para cá e jogar, dar o meu melhor aqui”, enfatizou o atleta.

Com a lesão de Roberto na última partida, Fernando Júnior e Victor Luiz brigam pela vaga. Se aparecer no BID da CBF até na quarta-feira (11), Victor pode estrear pelo Tubarão, contra o Avaí, nesta quinta-feira (12), às 18h, no Estádio do Café, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Foto: Gustavo Oliveira/ Londrina EC Oficial.

Siga em:
Coritiba sofre gols
Organize um site com

Jornalista, formado na Unopar em 2015. Nasci e moro em Londrina. Apaixonado por esportes. Gosto de praticar aquele futebolzinho de final de semana. Futebol não é apenas um esporte, mas sim uma forma de viver.

Classifique este artigo