17 de December de 2017 5:43:58

Com Sidcley artilheiro Atlético-PR termina Brasileirão em 11º

Não foi o Campeonato Brasileiro que o torcedor esperava do Atlético-PR nesta temporada. Empolgada com a presença na Libertadores, manutenção de Paulo Autuori, contratações com expressão no futebol internacional e um dos maiores investimentos dos últimos anos o Furacão deixou a desejar com a 11ª posição na Série A de 2017.

Campanha

Porém, os  planos do Rubro-negro não seguiram de acordo. Ao fim da fase de grupos da Libertadores, Autuori surpreendeu ao comunicar a mudança de suas funções no clube. Deixaria de ser o treinador para exercer a atividade de manager, no seu lugar Eduardo Batista comandaria o futebol atleticano. Porém após a derrota no primeiro jogo das oitavas de final e do empate contra Chapecoense fora de casa, Batista foi demitido, foram dez jogos pelo Brasileiro com quatro vitórias, três empates e três derrotas.

A espera por um novo treinador durou duas rodadas, enquanto isso Kelly, ex-jogador e membro da comissão técnica permanente do Atlético-PR foi técnico interino, sob seu comando, uma derrota para o Cruzeiro e um empate na Arena Corinthians. Para o substituir Batista, o até então desconhecido Fabiano Soares foi o escolhido para dar sequencia a temporada.

Fabiano não conseguiu reverter o placar adverso contra o Santos e caiu nas oitavas da Libertadores, jogadores que não deram muito certo no Furacão tiveram seus contratos rescindidos ou pediram para sair, como Luis Henrique, Grafite e Carlos Alberto. A missão de Fabiano Soares era de levar o Atlético-PR ao G6 e disputar novamente a competição internacional, porém sem conseguir repetir as escalações, e uma campanha de apenas 48% o Rubro-negro terminou na 11ª colocação e terá de se contentar com a Sul-Americana no ano que vem. Nesta semana ja foi anunciado que Paulo Autuori e Fabiano Soares não permanecerão em 2018.

Mas a torcida atleticana tem motivos para comemorar, Jonathan, Thiago Heleno foram alguns dos jogadores que fizeram um excelente campeonato, destaque para Sidcley, que atuou tanto na lateral esquerda, antes da chegada de Fabrício, como nas pontas, o jogador de 24 anos também foi quem mais balançou as redes para o Furacão no Brasileirão. Confira abaixo a lista completa dos atletas que mais jogaram e os artilheiros do Atlético-PR nesta Série A do Campeonato Brasileiro.

Quem mais jogou

1) Sidcley – 35 jogos
2) Weverton – 34 jogos
3) Matheus Rossetto – 31 jogos
4) Nikão – 29 jogos
5) Jonathan – 29 jogos
6) Thiago Heleno – 28 jogos
7) Lucho González – 26 jogos
8) Douglas Coutinho – 25 jogos
9) Wanderson – 25 jogos
10) Guilherme, Pablo e Paulo André – 21 jogos

Artilheiros

6 gols – Sidcley
5 gols – Guilherme e Ribamar
4 gols – Thiago Heleno
3 gols – Douglas Coutinho e Felipe Gedoz
2 gols – Ederson, Eduardo Henrique, Jonathan, Lucho González, Nikão e Wanderson
1 gol – Fabrício, Marcão, Matheus Rossetto, Otávio e Pablo
Gols contra para o Atlético-PR: Capa (Avaí) e Éder (Bahia)

Foto: Miguel Locatelli/ Atlético Paranaense.

 

Siga em:
Atlético-PR é Camp
CBF divulga calendá

<p>Jornalista, aficionado por esportes, encontrei na profissão um meio de estar mais próximo deste universo.</p>

Classifique este artigo