16 de December de 2017 8:02:37

Com recorde de público do ano no Couto, Paraná arranca empate diante do Boa Esporte

Em sua despedida do Brasileiro da Série B, o Paraná Clube recebeu o Boa Esporte-MG, num jogo que contou com recorde de público no Couto Pereira neste ano: 37.714 torcedores. O duelo era festivo, mas nem por isso o Tricolor queria sair derrotado e com gols de Robson, aos 47 minutos do 2º tempo, empatou o confronto em 1 a 1. O tento do time de Vargínia foi marcado por Rodolfo.

Com o resultado, o Paraná Clube encerra sua participação na 4ª posição, com 64 pontos ganhos.

Partida em clima de festa

O início de jogo foi com pouca intensidade, já que, Paraná e Boa não tinham grande pretensões neste jogo. O Tricolor queria dar a vitória a sua torcida para coroar o Acesso, enquanto que o time de Vargínia buscava manter-se entre os 10 primeiros do campeonato. Porém, com 15 minutos apenas duas chegadas, sendo uma para cada equipe.

Passados 25 minutos, o duelo era bem morno, sendo que a festa e clima quente nas arquibancadas, com a festa do torcida Paranista que coloria o Couto Pereira com as colores do tricolor. A primeira oportunidade real de gol veio apenas aos 35 minutos com Radamés em cobrança de falta, no qual obrigou o goleiro Marcos a defender em dois tempos.

O Paraná não criava muito, mas a torcida presente vibrava quando o goleiro do tricolor realizava defesas, mesmo que fosse sem perigo a sua meta. Aos 43 minutos, Thaciano recebeu o cruzamento da direita e emendou um belo voleio, só que longe do gol. Sem muitas emoções o resultado ficou em 0 a 0.

Paraná marca nos acréscimos e arranja empate

Como foi na primeira etapa, o segundo tempo teve nos seus primeiros minutos, muita movimentação, mas pouca criatividade entre Paraná e Boa Esporte. Com 15 minutos o duelo pouco mudou mesmo com a alteração do treinador Matheus Costa que pôs mais um jogador ofensivo para buscar a vitória.

Porém, aos 18 minutos o Tricolor finalmente chegou com perigo em dois momentos. Alemão toca para Robson para Vilela que chuta na defesa, o bola volta para Renatinho que corta seu marcador e bate, mas novamente na defesa. Dois minutos depois, Brock arriscou do meio da rua obrigado o goleiro Fabrício a se esticar todo para defender. Com 30 minutos, a partida novamente caiu de ritmo e os times pouco produziram.

Aos 34 minutos, o time de Vargínia ainda não havia chego, mas quando teve a chance não desperdiçou. Rodolfo recebe pela ponta, avança e chute de longe, a bola passa por Marcos e morre nas redes, fazendo 1 a 0 no Couto. Mesmo após o tento, torcida do Tricolor e time não desanimaram e fora ao ataque na busca do empate. Aos 37 minutos, o zagueiro Brock quase iguala o marcador de cabeça, mas a bola passou por cima. Nos minutos finais, o Paraná tentou e foi premiado no último lance, quando Robson recebeu e finalizou para o fundo das redes, empatando a partida e dando números finais ao duelo em 1 a 1.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ CLUBE 1 X 1 BOA ESPORTE-MG

Paraná: Marcos; Cristovam, Iago Maidana, Eduardo Brock e Rayan; Leandro Vilela, Gabriel Dias (Vitor Feijão), Renatinho (Minho) e Zezinho; Robson e Alemão (Felipe Alves).
Técnico: Matheus Costa.

Boa Esporte: Fabrício; Geandro, Caíque, Julio santos e Elivelton Lima; Radamés (Wesley), Lucas Hulk, Thaciano (Ruan), Alyson e Reis; Rodolfo.
Técnico: Sidney Moraes.

Local: Estádio Major Antonio Couto Pereira, em Curitiba (PR).
Data/Horário: 25/11/2017, às 17h30.
Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO).
Assistentes: Fabio Pereira (TO) e Cipriano da Silva Sousa (TO).

Público/Renda: 36.791 pagantes/ 37.714 total.
Cartões Amarelos: Robson e Igor (Paraná). Lucas Hulk, Julio Santos e Geandro (Boa Esporte).
Gols: Robson aos 47’ do 2º tempo pelo Paraná. Rodolfo aos 34’ do 2º tempo pelo Boa Esporte-MG.

 

Foto: Twitter oficial do Paraná Clube

Siga em:
Com gol de Germano,
Independente vence R

<p>Comunicação e Marketing. Apaixonado por futebol, xícaras e camisas de clubes. Em busca dos sonhos e objetivos que a vida proporciona.</p>

Classifique este artigo